Trombose hemorroidária: o que é, sintomas, causas e tratamento

​A trombose hemorroidária acontece principalmente quando se tem uma hemorroida interna ou externa que se rompe ou fica comprimida pelo ânus, fazendo com que o sangue fique acumulado no ânus formando um coágulo, o que causa inchaço e intensa dor na região anal.

Geralmente, a trombose hemorroidária é mais frequente em pessoas que têm prisão de ventre ou durante a gravidez, mas também pode surgir devido a outras situações que aumentem a pressão abdominal, como esforços exagerados na academia, por exemplo.

O tratamento da trombose hemorroidária é feito de acordo com a sua causa e gravidade, podendo ser indicada cirurgia ou uso de remédios de acordo com a orientação do proctologista.

Trombose hemorroidária: o que é, sintomas, causas e tratamento

Principais sintomas

Os sintomas da trombose hemorroidária são semelhantes aos da hemorroida, podendo ser percebido:

  • Dor intensa na região anal;
  • Sangramento, especialmente ao evacuar ou fazer força;
  • Inchaço ou nódulo no local.

No entanto, nesses casos é possível verificar que a nodulação tornou-se arroxeada ou preta, sendo indicativo de trombose, devendo a pessoa consultar um proctologista o mais rápido possível.

O diagnóstico da trombose hemorroidária é feito por meio da observação dos sintomas pelo médico proctologista, sendo avaliadas as características das hemorroidas externas e sinais de trombose.

Possíveis causas

A trombose hemorroidária acontece como consequência de uma hemorroida externa, que pode surgir devido a prisão de ventre, esforço para evacuar, má higiene anal ou gravidez, por exemplo, que também são fatores de risco para desenvolver trombose.

Como é feito o tratamento

O tratamento para trombose hemorroidária deve ser feito de acordo com a recomendação do proctologista e normalmente é recomendado o uso de remédios para dor, pomadas anestésicas, além de banhos de assento e mudanças na alimentação, como aumento de ingestão de fibras, por exemplo, para manter o hábito intestinal regular.

A seguir, indicamos as principais formas de tratamento:

1. Tomar remédios ou aplicar pomadas

Para tratar a trombose hemorroidária o médico pode recomendar:

  • Remédios analgésicos, como Paracetamol, ou anti-inflamatórios, como Ibuprofeno, para aliviar a dor;
  • Pomadas para hemorróidas, como Proctyl, por exemplo, que ajudam no alivio da dor local e redução de outra sintomas;
  • Laxantes, como Almeida Prado 46 ou Lactopurga, que ajudam a amolecer as fezes, facilitando a sua saída;
  • Suplementos com fibras, que ajudam na formação do bolo fecal e reduz risco de sangramento.

Além disso, o médico pode recomendar o uso de medicações como a diosmina associada a hesperidina, como Diosmin, Perivasc ou Daflon, que ajudam a melhorar o fluxo sanguíneo nas veias da região anal, e reduzem sintomas como coceira e sangramentos em hemorroidas.

2. Colocação de elástico na hemorroida

Em alguns casos, pode-se recomendar a colocação de um elástico na hemorroida, muito utilizado no caso de trombose hemorroidária externa para diminuir a circulação de sangue e provocar a queda da hemorroida em 7 a 10 dias.

3. Injeção de líquido na hemorroida

A aplicação de uma injeção de liquido esclerosante é realizado pelo médico e faz com que a hemorroida fique dura e morra, caindo ao fim de cerca de 7 dias. Este tratamento pode ser usado no tratamento da trombose hemorroidária interna ou externa.

4. Cirurgia para remover hemorroidas

Nos casos mais graves, em que há trombose com necrose,.a cirurgia para trombose hemorroidária pode ser recomendada, e consiste na retirada da hemorroida com bisturi, sendo que o paciente precisa ficar internado.

Opção de tratamento natural 

O tratamento natural para trombose hemorroidária pode ser feito com o banho de assento de hamamélis, cipreste ou alfazema, por exemplo, no entanto não ajuda a tratar de vez a trombose, sendo apenas uma boa forma de aliviar as dores. Assim, sempre que existir suspeita de trombose na hemorroida, é muito importante ir no médico para avaliar a necessidade de fazer tratamento com as outras opções. Veja como fazer este banho de assento para hemorroidas.

Para completar o tratamento, é também importante adotar alguns cuidados como beber cerca de 2 litros de água por dia e fazer exercício físico regular, para melhorar o funcionamento do intestino e reduzir a pressão sobre a hemorroida.

Veja outros remédios caseiros para hemorroidas que ajudam a complementar o tratamento.

Esta informação foi útil?

Bibliografia

  • PHILLIPS, R.K.S; CLARK, S. Cirurgia Colorretal. 5 ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2017. 231-236.
  • UFRGS. Telecondutas: Hemorróidas. 2018. Disponível em: <https://www.ufrgs.br/telessauders/documentos/telecondutas/tc_hemorroidas.pdf>. Acesso em 15 Abr 2020
  • V. FERNANDES; A. GOMES CAMACHO. Doença hemorroidária. REVISTA PORTUGUESA DE COLOPROCTOLOGIA. pp. 36-43, Agosto 2009. Disponível em: https://www.spcoloprocto.org/uploads/rpcol_maio_agosto_2009__pags_36_a_43.pdf
  • PHILLIPS, R.K.S; CLARK, S. Cirurgia Colorretal. 5 ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2017. 231-236.
  • UFRGS. Telecondutas: Hemorróidas. 2018. Disponível em: <https://www.ufrgs.br/telessauders/documentos/telecondutas/tc_hemorroidas.pdf>. Acesso em 15 Abr 2020
  • V. FERNANDES; A. GOMES CAMACHO. Doença hemorroidária. REVISTA PORTUGUESA DE COLOPROCTOLOGIA. pp. 36-43, Agosto 2009. Disponível em: https://www.spcoloprocto.org/uploads/rpcol_maio_agosto_2009__pags_36_a_43.pdf
Mais sobre este assunto: