Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Cirurgia para pedra nos rins: como é feita e riscos

A cirurgia para pedra nos rins é utilizada apenas quando os cálculos renais têm mais de 6 mm ou quando a ingestão de medicamentos não é suficiente para os eliminar na urina.

Normalmente, a recuperação da cirurgia para pedra nos rins dura até 3 dias, sendo mais demorada nos casos de pedras com mais de 2 cm, quando é necessário fazer um corte para chegar ao rim, podendo demorar até 1 semana para o paciente poder voltar a trabalhar, por exemplo. Saiba os cuidados que se deve ter em: Cuidados gerais depois de qualquer cirurgia.

Após a cirurgia para pedra nos rins, o paciente deve manter uma dieta saudável e ingerir, pelo menos, 1 litro de água por dia para evitar o surgimento de novas pedras nos rins. Saiba mais sobre como deve ser a dieta em: Alimentação para pedra nos rins.

Preço da cirurgia para pedra nos rins

O preço da cirurgia para pedra nos rins varia de acordo com o tipo de cirurgia utilizado, mas, normalmente, é de cerca de 2 mil reais. A cirurgia pode ser feita através do SUS nos casos mais graves, porém a maior parte dos planos de saúde incluem este tipo de tratamento.

Tipos de cirurgia para pedra nos rins

O tipo da cirurgia para pedra nos rins depende do tamanho do cálculo renal, mas os tratamentos mais utilizados incluem:

1. Cirurgia a laser para pedra nos rins

Cirurgia para pedra nos rins: como é feita e riscos

A cirurgia a laser para pedra nos rins, também conhecida como ureteroscopia, é utilizada para eliminar pedras com menos de 15 mm através da introdução de um pequeno tubo desde a uretra até ao rim do paciente, onde, após encontrar a pedra, é utilizado um laser para quebrar o cálculo renal em pequenos pedaços que podem ser eliminados na urina.

Recuperação da cirurgia: durante a cirurgia a laser para pedra nos rins é utilizada anestesia geral e, por isso, é necessário ficar internado, pelo menos, 1 dia até recuperar dos efeitos da anestesia. Este tipo de cirurgia não deixa qualquer tipo de marca e permite que o paciente possa voltar às suas atividades normais em menos de 1 semana após a cirurgia.

2. Cirurgia para pedra nos rins com ondas de choque

Cirurgia para pedra nos rins: como é feita e riscos

A cirurgia para pedra nos rins com ondas de choque, também chamada de Nefrolitotripsia extracorpórea, é usada no caso de cálculos renais com tamanho entre 6 e 15 mm. Ela é feita com um aparelho que produz ondas de choque focadas apenas sobre a pedra para a quebrar em pequenos pedaços que podem ser eliminados na urina.

Recuperação da cirurgia: geralmente, a cirurgia para pedra nos rins com ondas de choque é feita não necessita de anestesia e, por isso, o paciente pode voltar a casa no mesmo dia. No entanto, é recomendado que fique de repouso em casa durante 3 dias até eliminar todos os pedaços de pedra pela urina.

3. Cirurgia para pedra nos rins com vídeo

Cirurgia para pedra nos rins: como é feita e riscos

A cirurgia para pedra nos rins com vídeo, conhecida cientificamente como Nefrolitotripsia percutânea, é usada nos casos de pedra nos rins com mais de 15 mm. Ela é feita através de um pequeno corte na região lombar, no qual é inserido uma agulha até ao rim para permitir a entrada de um aparelho especial, chamado de nefroscópio, que remove o cálculo renal.

Recuperação da cirurgia: normalmente, este tipo de cirurgia é feito com anestesia geral e, por isso, o paciente volta a casa 1 a 2 dias apos a cirurgia. Durante a recuperação em casa, que demora cerca de 1 semana, é recomendado evitar atividades de impacto, como correr ou levantar objetos pesados, e fazer o tratamento do corte da cirurgia a cada 3 dias ou de acordo com as recomendações do médico.

Riscos da cirurgia para pedra nos rins

Os principais riscos da cirurgia para pedra nos rins incluem lesão no rim e infecções. Assim, durante a primeira semana após a cirurgia é importante estar atento a alguns sintomas como:

  • Cólicas renais;
  • Sangramento na urina;
  • Febre acima de 38ºC;
  • Dor intensa;
  • Dificuldade para urinar.

Quando o paciente apresenta estes sintomas deve ir imediatamente ao pronto-socorro para fazer exames de diagnóstico, como ultrassonografia ou tomografia computadorizada, e iniciar o tratamento adequado, evitando agravamento da situação.

Saiba como identificar os sinais de pedra nos rins em: Sintomas de pedras nos rins.

Mais sobre este assunto:
Carregando
...