Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Tratamento para infecção pulmonar

O tratamento para uma infecção no pulmão varia de acordo com o microorganismo que está causando essa infecção. Assim, se estiver sendo causada por um vírus, a infecção é tratada com um antiviral, já se for provocada por bactérias, é utilizado um antibiótico.

Normalmente, o tratamento é mais rápido no caso de bactérias, pois existem muitos antibióticos para os diferentes tipos de bactérias, enquanto apenas existem antivirais para alguns tipos de vírus e, por isso, o vírus precisa ser eliminado pelo organismo.

Tratamento para infecção pulmonar

Os antibióticos que mais frequentemente são receitados pelo penumologista incluem:

  • Amoxicilina e ácido clavulânico;
  • Claritromicina;
  • Azitromicina;
  • Cefuroxima;
  • Ciprofloxacina.

Além disso, podem existir ainda infecções pulmonares causadas por fungos e, nesses casos, o médico pode aconselhar o uso de um anti-fúngico em comprimidos, como o Itraconazol ou o Fluconazol, por exemplo. As infecções fúngicas do pulmão normalmente são mais comuns em pessoas com o sistema imune enfraquecido e, por isso, podem demorar mais tempo para curar.

O internamento geralmente só é necessário no caso de uma infecção muito avançada em que os medicamentos precisam ser administrados diretamente na veia para obter um efeito mais rápido. Estes casos são mais frequentes em idosos ou crianças, pois têm um sistema imune mais frágil.

Veja os sintomas da pneumonia provocada por vírus e da pneumonia causada por bactérias.

Quando iniciar o tratamento

O tratamento é mais eficaz quando o pneumologista identifica a causa da infecção e, por isso, podem ser pedidos vários exames como hemograma, raio X ou exame do escarro antes de se iniciar o tratamento. Porém, alguns médicos também podem indicar o uso de um antibiótico mesmo antes dos resultados dos exames, já que a infecção com bactérias é a mais comum.

Após os resultados, caso seja descoberto que a infecção no pulmão está sendo causada por um vírus ou por um fungo, o antibiótico pode ser interrompido e é iniciado um novo tratamento, com um remédio mais adequado para eliminar o microorganismo responsável.

Como acelerar a recuperação

Os remédios para a infecção pulmonar são muito importantes para ajudar na cura, no entanto, existem alguns cuidados que ajudam a fortalecer o organismo e acelerar a recuperação, como:

  • Beber 2 litros de água por dia, para manter o corpo bem hidratado e ajudar na eliminação de secreções pulmonares;
  • Evitar sair de casa durante o tratamento, para evitar alterações bruscas da temperatura;
  • Não usar remédios para a tosse, sem indicação do médico, pois impedem a saída das secreções;
  • Pingar gotas de soro fisiológico nas narinas para ajudar a eliminar as secreções e facilitar a respiração;
  • Dormir com um travesseiro alto para facilitar o sono e evitar que o nariz fique entupido.

É ainda aconselhado utilizar uma máscara e não tossir ou espirrar perto de outras pessoas, especialmente no caso de uma infecção causada por vírus, para evitar a transmissão da doença.

A alimentação também pode ajudar muito na recuperação, por isso veja as dicas da nossa nutricionista para saber o que comer durante o tratamento:

Estes cuidados são ainda mais importantes nos casos de infecção pulmonar por vírus, pois como não existem antivirais para todos estes tipos de microorganismos, é preciso ajudar a fortalecer o sistema imune para que seja capaz de os eliminar mais rápido. Veja mais opções naturais para fortalecer o sistema imune.

Possíveis complicações

Quando a infecção pulmonar não é devidamente tratada ela pode evoluir para um pneumotórax, abscesso, insuficiência respiratória e até sepse, com risco de morte.

Sinais de melhora

Os sinais de melhora normalmente surgem até 3 dias após início do tratamento e incluem redução da febre, diminuição da tosse e redução da quantidade de secreções.

Sinais de piora

Já os sinais de piora normalmente surgem quando o tratamento não está sendo eficaz ou quando não é iniciado rapidamente, e incluem aumento da febre, dificuldade para respirar e tosse com catarro com presença de sangue, por exemplo.

Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...