Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Tratamento para escaras na pele

O tratamento para escara ou úlcera de decúbito, como é conhecida cientificamente, pode ser feito com laser, açúcar, pomada de papaína, fisioterapia ou óleo dersani, por exemplo, dependendo da profundidade da escara.

Estes tratamentos podem ser utilizados em separado ou juntos, dependendo das características da ferida e, por isso, a escara deve ser sempre avaliada por um médico ou enfermeiro.

Tratamento para escaras na pele

Porém, independentemente do tratamento, os princípios gerais para o tratamento de escaras incluem:

  1. Remover o tecido morto;
  2. Limpar a ferida com soro fisiológico;
  3. Aplicar o produto para facilitar a cicatrização;
  4. Colocar um curativo.

Além disso, a fisioterapia também pode ser associada para diminuir a pressão e melhorar a circulação sanguínea no local, podendo ser indicada na maioria dos casos.

No caso das escaras mais superficiais, de grau 1, elas podem-se curar apenas com o alívio da pressão no local, virando o paciente acamado de 3 em 3 horas. Saiba mais em: Como virar uma pessoa acamada.

Tratamento de escara com laser

O tratamento para escara com laser consiste no uso de um aparelho de laser, de baixa intensidade, para melhorar a circulação sanguínea do local e acelerar a cicatrização da escara. A aplicação do laser deve ser feita numa clínica especializada por um enfermeiro ou fisioterapeuta.

Pomadas para tratamento de escaras

O tratamento para escara com pomada pode ajudar a cicatrizar a escara mais rapidamente. Um bom remédio é o óleo Dersani, que pode ser comprado em qualquer farmácia. Basta aplicar o óleo nas regiões com escaras superficias e nas regiões mais propensas ao seu desenvolvimento. Existem ainda outras pomadas, como a papaína, que podem ser utilizadas, mas que devem ser prescritas pelo médico.

Depois da colocação da pomada na ferida deve também ser aplicado um creme hidratante na pele ao redor para impedir o aumento da escara.

Veja como usar o chá de carobinha como tratamento natural para escaras.

Tratamento para escaras na pele

Como tratar uma escara infectada

O tratamento de uma escara infectada deve ser sempre orientado por um dermatologista, uma vez que é preciso identificar o microorganismo que está infectando os tecidos para escolher o melhor produto a ser aplicado no curativo.

O açúcar refinado e as pomadas com prata podem ser algumas das opções para curar a escara infectada, pois possuem ação antibiótica que elimina os micro-organismos, facilitando a cicatrização. Normalmente, neste tipo de escara, o curativo deve ser trocado todos os dias para facilitar a cicatrização.

Sinais de melhora

Nota-se que a escara está fechando e cicatrizando corretamente quando, ao redor da ferida, vão surgindo pequenos grânulos de tecido vermelho, parecidos com uma amora. Esta é uma condição normal, pois a ferida fecha-se de fora para dentro.

Sinais de piora

Os sinais de piora surgem quando a escara não está sendo tratada ou quando o produto utilizado para sua cicatrização não está tendo o efeito desejado. Nesses casos, os primeiros sinais incluem aumento da vermelhidão em volta da escara e aparecimento de tecido amarelado ou marrom no interior da ferida. Depois disso, podem surgir mais sinais de infecção como pús ou cheiro fétido, por exemplo.

Mais sobre este assunto:
Carregando
...