Como é feito o tratamento para cisto no ovário

O tratamento para cisto no ovário deve ser recomendado pelo ginecologista de acordo com o tamanho do cisto, forma, característica, sintomas e idade da mulher, podendo ser indicado o uso de anticoncepcional ou realização de cirurgia.

Na maioria dos casos, o cisto no ovário desaparece por si só, não necessitando de tratamento e, por isso, o médico pode aconselhar apenas uma vigilância regular dos ovários, através de ultrassom e exame de sangue, para avaliar a evolução do cisto.

Veja quais os principais sintomas de cisto no ovário.

Como é feito o tratamento para cisto no ovário

1. Anticoncepcional

O uso de anticoncepcionais é indicado pelo médico quando o cisto provoca o aparecimento de sintomas como dor abdominal intensa e dor durante a ovulação. Assim, ao se utilizar a pílula a ovulação é interrompida, havendo alívio dos sintomas. 

Além disso, o uso de anticoncepcional pode prevenir o surgimento de novos cistos, além de diminuir o risco de câncer no ovário, principalmente em mulheres pós-menopausa.

2. Cirurgia

A cirurgia é indicada quando o cisto no ovário é grande, os sintomas são frequentes ou quando são identificados nos exames sinais suspeitos de malignidade. Os dois principais tipos de cirurgia para cisto no ovário são:

  • Laparoscopia: é o principal tratamento para cisto no ovário, pois envolve apenas a remoção do cisto, provocando o mínimo de dano ao ovário, e, por isso, é indicado para mulheres que desejam engravidar;
  • Laparotomia: é utilizada em casos de cisto no ovário com grande tamanho, sendo feito um corte na barriga que permite que o cirurgião observe todo o ovário e retire o tecido necessário.

Durante a cirurgia para cisto no ovário, pode ser necessário fazer retirada do ovário afetado e da trompa, principalmente em caso de cisto maligno. Nestes casos, embora exista risco de infertilidade, também existe um elevado número de mulheres que continuam podendo engravidar, uma vez que o outro ovário continua a funcionar normalmente, produzindo óvulos.

As cirurgias para cisto no ovário são feitas sob anestesia geral, sendo que a mulher pode regressar a casa no dia seguinte à laparoscopia, ou até 5 dias no caso da laparotomia. Normalmente, a recuperação da cirurgia dói mais na laparotomia do que na laparoscopia, mas a dor pode ser controlada com o uso de remédios analgésicos.

3. Tratamento natural

O tratamento natural tem como objetivo ajudar a aliviar o desconforto que possa estar sendo provocado pelo cisto, devendo ser feito de acordo com a orientação do médico e não substituindo o uso da pílula, caso esta seja indicada. 

Um ótimo tratamento natural para cisto no ovário é o chá de Maca, porque ajuda a regular os níveis hormonais, evitando o excesso de estrogênio, que é o principal responsável pelo surgimento de cistos no ovário. Para fazer este tratamento natural deve-se dissolver 1 colher (de chá) de pó de Maca numa xícara de água e beber 3 vezes por dia. No entanto, este chá não deve substituir o tratamento indicado pelo médico.

Confira outro remédio caseiro que ajuda a aliviar os sintomas de cisto no ovário.

Esta informação foi útil?
Atualizado por Manuel Reis, Enfermeiro em Junho de 2021. Revisão médica por Drª. Sheila Sedicias, Ginecologista em Fevereiro de 2016.
Mais sobre este assunto: