Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Como é feito o tratamento para cisto no ovário

O tratamento para cisto no ovário deve ser recomendado pelo ginecologista de acordo com o tamanho do cisto, forma, característica, sintomas e idade da mulher, podendo ser indicado o uso de anticoncepcional ou realização de cirurgia.

Na maioria dos casos, o cisto no ovário desaparece por si só, não necessitando de tratamento e, por isso, o médico pode aconselhar apenas uma vigilância regular dos ovários, através de ultrassom e exame de sangue, para avaliar a evolução do cisto.

Veja quais os principais sintomas de cisto no ovário.

Como é feito o tratamento para cisto no ovário

1. Anticoncepcional

O uso de anticoncepcionais é indicado pelo médico quando o cisto provoca o aparecimento de sintomas como dor abdominal intensa e dor durante a ovulação. Assim, ao se utilizar a pílula a ovulação é interrompida, havendo alívio dos sintomas. 

Além disso, o uso de anticoncepcional pode prevenir o surgimento de novos cistos, além de diminuir o risco de câncer no ovário, principalmente em mulheres pós-menopausa.

2. Cirurgia

A cirurgia é indicada quando o cisto no ovário é grande, os sintomas são frequentes ou quando são identificados nos exames sinais suspeitos de malignidade. Os dois principais tipos de cirurgia para cisto no ovário são:

  • Laparoscopia: é o principal tratamento para cisto no ovário, pois envolve apenas a remoção do cisto, provocando o mínimo de dano ao ovário, e, por isso, é indicado para mulheres que desejam engravidar;
  • Laparotomia: é utilizada em casos de cisto no ovário com grande tamanho, sendo feito um corte na barriga que permite que o cirurgião observe todo o ovário e retire o tecido necessário.

Durante a cirurgia para cisto no ovário, pode ser necessário fazer retirada do ovário afetado e da trompa, principalmente em caso de cisto maligno. Nestes casos, embora exista risco de infertilidade, também existe um elevado número de mulheres que continuam podendo engravidar, uma vez que o outro ovário continua a funcionar normalmente, produzindo óvulos.

As cirurgias para cisto no ovário são feitas sob anestesia geral, sendo que a mulher pode regressar a casa no dia seguinte à laparoscopia, ou até 5 dias no caso da laparotomia. Normalmente, a recuperação da cirurgia dói mais na laparotomia do que na laparoscopia, mas a dor pode ser controlada com o uso de remédios analgésicos.

3. Tratamento natural

O tratamento natural tem como objetivo ajudar a aliviar o desconforto que possa estar sendo provocado pelo cisto, devendo ser feito de acordo com a orientação do médico e não substituindo o uso da pílula, caso esta seja indicada. 

Um ótimo tratamento natural para cisto no ovário é o chá de Maca, porque ajuda a regular os níveis hormonais, evitando o excesso de estrogênio, que é o principal responsável pelo surgimento de cistos no ovário. Para fazer este tratamento natural deve-se dissolver 1 colher (de chá) de pó de Maca numa xícara de água e beber 3 vezes por dia. No entanto, este chá não deve substituir o tratamento indicado pelo médico.

Confira outro remédio caseiro que ajuda a aliviar os sintomas de cisto no ovário.

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem