Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Sintomas e Tratamento para Candidíase embaixo da Mama

A candidíase mamária acontece especialmente durante a amamentação, mas também pode acontecer quando a mulher possui glicose alta e alterações na tireoide e os fungos presentes naturalmente na pele se multiplicam de forma desordenada causando a infecção.

Nesse caso a região afetada é embaixo das mamas, que acontece principalmente quando as mamas são muito grandes e não sustentam seu peso, formando uma dobra de pele que fica naturalmente mais quente e úmida, formando um cenário muito favorável ao crescimento e desenvolvimento de fungos.

Esse tipo de candidíase na mama também é chamado de intertrigo candidiásico e geralmente ocorre em pessoas obesas ou muito acima do peso. 

Candidíase embaixo da mama
Candidíase embaixo da mama

Sintomas de candidíase na mama

A candidíase embaixo da mama se manifesta através de sintomas como:

  • Coceira e vermelhidão embaixo da mama;
  • Descamação da pele;
  • Pode haver mau cheiro;
  • A região pode ficar coberta de um líquido esbranquiçado;
  • Podem surgir fissuras na pele. 

As mulheres que possuem alterações na tireoide como hipoparatireoidismo, hipoadrenal, vaginite, que tem a glicemia mais elevada, e que tenham usado ultimamente antibióticos ou pomadas à base de corticoides são as que tem maiores riscos de desenvolver candidíase.

O diagnóstico é feito pelo médico clínico geral ou dermatologista ao observar os sintomas que a mulher apresenta, nem sempre é preciso realizar exames para confirmar a presença da Cândida Albicans, ficando restrito aos casos onde o tratamento habitual não foi suficiente para curar.

Qual o tratamento indicado 

O médico pode indicar a toma de comprimidos antifúngicos como Fluconazol e pomadas para aplicar diretamente na região afetada à base de imidazol que deve ser aplicada 1 a 2 vezes aod dia, por até 4 semanas. Além disso é recomendado manter a região sempre seca, podendo ser útil aplicar talco mentolado, por exemplo. Não se deve aplicar amido de milho porque isso favorece o desenvolvimento dos fungos, agravando a situação.

Pode ser preciso evitar usar sutiã sintético, dando preferência aos tecidos de algodão que absorvem melhor o suor, por vezes pode ser preciso trocar o sutiã mais de uma vez ao dia, especialmente nos dias quentes de verão. Usar blusas de algodão, folgadas também pode ser indicado para arejar a região, evitando a umidade. 

A alimentação não precisa ser isenta de carboidratos, mas é recomendado diminuir a sua ingestão, assim como o consumo de açúcar porque eles favorecem o desenvolvimento da candidíase. Assim, deve-se evitar arroz, macarrão, batata, pão e todas as fontes de açúcar. Confira mais alimentos ricos em carboidratos que devem ser evitados durante o tratamento. 

Confira nesse vídeo o que pode comer durante o tratamento da candidíase:

Mais sobre este assunto:
Carregando
...