Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que é candidíase oral, sintomas e como tratar

A candidíase oral, também conhecida como candidíase na boca, é uma infecção causada pelo excesso de fungo Candida albicans na boca, que causa infecção, geralmente, em bebês, devido a sua imunidade ainda pouco desenvolvida, ou em adultos com o sistema imune enfraquecido devido a gripes, doenças crônicas ou HIV, por exemplo.

Apesar de habitar na pele, é possível que esse fungo prolifere e leve ao aparecimento de sinais e sintomas de infecção, como placas brancas na boca e dor e ardência na região. O tratamento para a candidíase oral deve ser feito com enxaguantes bucais, antifúngicos e correta higiene oral, devendo ser orientado por um clínico geral, dentista ou pediatra, no caso das crianças.

O que é candidíase oral, sintomas e como tratar

Sintomas de candidíase oral

O fungo do gênero Candida sp. é encontrado naturalmente na pele e nas mucosas, no entanto quando há alterações na imunidade ou presença de fatores que favoreçam o seu crescimento, como má higiene oral ou grande quantidade de açúcar no sangue, é possível que esse fungo prolifere e leve ao aparecimento de sinais e sintomas indicativos de infecção, sendo os principais:

  • Camada esbranquiçada na boca;
  • Placas de uma substância cremosa na boca;
  • Aparecimento de aftas na língua ou na bochecha;
  • Sensação de algodão dentro da boca;
  • Dor ou ardência nas regiões afetadas;

Em casos mais graves, pode haver também sinais de inflamação no esôfago, o que pode causar dor e dificuldade para engolir.

Esse tipo de candidíase é mais comum em bebês e recebe o nome de sapinho, isso porque como o fungo pode ser passado através do beijo e o sistema imunológico do bebê ainda está em desenvolvimento, é possível que apresente os sinais e sintomas de candidíase em bebê. Saiba como identificar e tratar o sapinho em bebê.

Como é feito o tratamento

O tratamento para candidíase na boca deve ser indicado pelo clínico geral, dentista ou pediatra, no caso dos bebês e das crianças, e pode ser feito em casa por meio da aplicação de antifúngicos na forma de gel, líquido ou enxaguante bucal, como a Nistatina, durante 5 a 7 dias.

Além disso, durante o tratamento é importante ter alguns cuidados, como escovar os dentes pelo menos 3 vezes por dia com escova de dentes de cerdas macias e evitar comer alimentos gordurosos ou com açúcar, como bolos, doces, bolachas ou balas, pois favorecem o desenvolvimento e proliferação dos fungos.

No casos mais graves, em que o uso de enxaguante bucal não tem o efeito desejado, o médico por indicar o uso de remédios antifúngicos orais, como Fluconazol, que devem ser tomados de acordo com a orientação do médico mesmo que os sintomas tenham desaparecido.

Um ótimo tratamento caseiro para a candidíase é o chá de poejo, porque possui propriedades que diminuem a proliferação dos fungos e ajudam a acelerar o combate à infecção. Conheça outras opções de remédios caseiros para candidíase.

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.


Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem