Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que é o Transtorno de Personalidade Dependente

O transtorno de personalidade dependente caracteriza-se por uma necessidade excessiva de ser cuidado por outras pessoas, o que leva a que a pessoa com o transtorno tenha um comportamento submisso e medo exagerado da separação.

Geralmente, este transtorno surge no início da idade adulta, podendo dar origem a ansiedade e depressão e o tratamento consiste na realização de sessões de psicoterapia e, em alguns casos, administração de medicamentos, que devem ser prescritos pelo psiquiatra.

O que é o Transtorno de Personalidade Dependente

Quais os sintomas

Os sintomas que se manifestam em pessoas com transtorno de personalidade dependente são dificuldade para tomar decisões simples, que vão surgindo no dia-a-dia, sem necessitar de conselhos de outras pessoas, necessidade de que sejam outras pessoas a assumir responsabilidade pelas várias áreas da sua vida, dificuldade para discordar dos outros por medo de perder apoio ou aprovação e dificuldade para iniciar novos projetos sozinhas, porque não têm auto-confiança.

Além disso, estas pessoas sentem-se carentes e vão a extremos, como fazer coisas desagradáveis, para receber carinho e apoio, sentem-se desconfortáveis e desamparadas quando estão sós, por sentirem que são incapazes de cuidar de si próprias, têm uma preocupação excessiva com o medo de serem abandonadas e quando passam pelo fim de um relacionamento, procuram urgentemente por outro, de forma a receber carinho e amparo.

Possíveis causas

Não se sabe ao certo o que está na origem do transtorno de personalidade dependente, mas pensa-se que este distúrbio pode estar relacionado com fatores biológicos e o meio em que a pessoa está inserida, já que a infância e a relação com os pais nessa fase, como serem extremamente protetores ou muito autoritários, pode ter uma grande influência no desenvolvimento do indivíduo.

Conheça outros transtornos de personalidade que podem ser influenciados pela infância.

Como é feito o tratamento

Geralmente, o tratamento é realizado quando este transtorno começa a ter impacto na vida da pessoa, podendo prejudicar as relações com outras pessoas e causar ansiedade e depressão.

A psicoterapia é o tratamento de primeira linha para o transtorno de personalidade dependente e, durante o tratamento, a pessoa deve ter um papel ativo e ser acompanhado por um psicólogo ou um psiquiatra, o que vai ajudar a pessoa a se tornar mais ativa e independente e a tirar mais proveito das relações amorosas

Em alguns casos, pode ser necessário recorrer a tratamento farmacológico. Nestes casos, o diagnóstico do transtorno deve ser realizado por um psiquiatra, que será o profissional responsável por prescrever os medicamentos necessários para o tratamento.

Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem