Tintura de algodoeiro: para que serve e como tomar

maio 2022

A tintura de algodoeiro é indicada para ajudar a aumentar a produção de leite materno durante a lactação, além de aliviar cólicas menstruais e reduzir o fluxo menstrual, pois possui propriedades galactagogas, anti-inflamatórias e homeostáticas.

Essa tintura pode ser encontrada em farmácias de manipulação ou de homeopatia preparada com a casca da raiz da planta Gossypium herbaceum, de onde são extraídas as substâncias ativas, especialmente o gossipol, com propriedades medicinais.

A tintura de algodoeiro deve ser usada com orientação de um médico ou outro profissional de saúde que tenha experiência com o uso de plantas medicinais, pois possui álcool na sua composição, além poder causar efeitos colaterais como cansaço, boca ou pele seca, alteração do apetite ou distúrbios gastrointestinais.

Para que serve tintura de algodoeiro

A tintura de algodoeiro possui propriedades galactagogas, anti-inflamatórias e homeostática, sendo normalmente indicada para:

  • Aumentar a produção de leite materno;
  • Reduzir o fluxo menstrual;
  • Sangramentos uterinos;
  • Hemorragia pós-parto;
  • Cólica menstrual.

Embora tenha muitos benefícios, a tintura de algodoeiro não deve substituir o tratamento médico e nem ser utilizada sem que tenha sido orientado pelo médico ou fitoterapeuta. 

Além da tintura de algodoeiro, para aumentar a produção de leite, é recomendado não realizar muitos esforços, pois aumentam o gasto energético, diminuindo a produção de leite e beber pelo menos 2 litros de água por dia. Uma boa maneira de conseguir isso é, cada vez que o bebê mamar, beber 2 copos de água. Veja outras dicas de como aumentar a produção de leite

Como tomar tintura de algodoeiro

A tintura de algodoeiro deve ser tomada por via oral, diluída em água, para ajudar a aumentar a produção de leite materno durante a lactação, podendo ser comprada em farmácias de manipulação ou homeopática.

Além disso, a tintura de algodoeiro pode ser preparada em casa utilizando a casca da raiz dessa planta medicinal. Saiba como fazer tintura para tratamentos caseiros

Ingredientes

  • 20 gotas da tintura de algodoeiro a 20% ou 10 gotas de extrato fluido a 50%;
  • 200 mL de água.

Modo de uso

Diluir as gotas da tintura ou do extrato fluido de algodoeiro na água e beber de 2 a 3 vezes ao dia, preferencialmente fora do horário das refeições, conforme orientação médica. Veja outras opções de remédio natural para aumentar a produção de leite materno

Possíveis efeitos colaterais

Os efeitos colaterais da tintura de algodoeiro, geralmente estão relacionados ao gossipol presente na sua composição, podendo ocorrer cansaço, boca ou pele seca, alteração do apetite, distúrbios gastrointestinais, ou diminuição da quantidade de potássio ou de leucócitos no sangue.

Além disso, quando tomada em quantidades maiores do que as recomendadas, a tintura de algodoeiro pode causar intoxicação, problemas respiratórios, fraqueza, desnutrição, problemas de circulação sanguínea ou insuficiência cardíaca. Por isso, seu uso deve ser feito somente com orientação médica ou de um fitoterapeuta experiente em plantas medicinais.

Quem não deve usar

A tintura de algodoeiro não deve ser usada por crianças ou durante a gravidez, pois pode causar aborto espontâneo ou parto prematuro. 

Além disso, essa tintura não deve ser usada por pessoas que tenham baixos níveis de potássio no sangue, problemas nos rins ou que estejam em tratamento com digoxina, varfarina, remédios diuréticos ou anti-inflamatórios não esteróides.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Flávia Costa - Farmacêutica, em maio de 2022.

Bibliografia

  • FLORIEN. Algodoeiro. Disponível em: <https://cdn.awsli.com.br/121/121715/arquivos/ALGODOEIRO.pdf>. Acesso em 16 mai 2022
  • GADELHA, I. C. N.; et al. Gossypol toxicity from cottonseed products. ScientificWorldJournal. 2014. 231635, 2014
Mostrar bibliografia completa
  • CHIKKULLA, R.; et al. A Review on Gossypium herbaceum (Linn). International Journal of Pharma Sciences and Research (IJPSR). 9. 9; 116-120, 2018
  • AL-SNAFI, Ali. Chemical constituents and pharmacological activities of Gossypium herbaceum and Gossypium hirsutum . Journal Of Pharmacy. 8. 5; 64-80, 2018
  • DRUGS AND LACTATION DATABASE (LACTMED) [INTERNET]. BETHESDA (MD): NATIONAL LIBRARY OF MEDICINE (US). Gossypium. 2021. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK500729/>. Acesso em 16 mai 2022
Equipe editorial constituída por médicos e profissionais de saúde de diversas áreas como enfermagem, nutrição, fisioterapia, análises clínicas e farmácia.