Teste rápido de HIV: como é feito e quando é indicado

O teste rápido para HIV tem como objetivo informar em até 30 minutos se a pessoa é portadora ou não do vírus HIV a partir da identificação de anticorpos contra o vírus HIV. Esse teste pode ser feito tanto a partir da saliva quanto de uma pequena amostra de sangue, e pode ser feito gratuitamente nos Centros de Testagem e Aconselhamento do SUS.

Na rede pública, o teste é realizado em sigilo, com a supervisão de um profissional de saúde treinado e o resultado é dado apenas para a pessoa que realizou o teste. No caso do teste ser positivo, a pessoa é encaminhada diretamente para aconselhamento, onde terá informações sobre a infecção pelo vírus, doença e sobre o tratamento que deverá ser iniciado.

O teste pode ser feito por qualquer pessoa que possua vida sexual ativa, mas é mais recomendado para pessoas que se encontram no grupo de risco, como profissionais do sexo, moradores de rua, presidiário e usuários de drogas injetáveis. Veja mais sobre as formas de contágio do HIV.

Kit do teste rápido de sangue para HIV
Kit do teste rápido de sangue para HIV

Como é feito

Os testes rápidos para HIV identificam a presença do vírus no organismo através da detecção de anticorpos circulantes contra esse agente infeccioso, sendo os principais testes:

Teste da saliva

O teste da saliva para o HIV é feito com um cotonete especial que vem no kit e que deve ser passado na gengiva e na bochecha de modo a coletar a maior quantidade de líquido e de células da cavidade oral. Em seguida, deve ser colocado em um tubo contendo reagente para que possa ser observado resultado em até 30 minutos. O resultado é considerado positivo quando são identificadas duas linhas no dispositivo do kit.

Para realizar esse teste, é importante estar pelo menos há 30 minutos sem comer, beber, fumar ou escovar os dentes, além de ser necessário retirar o batom antes de fazer o teste.

Teste de sangue

O teste de sangue é o mais utilizado e é feito a partir da coleta de uma pequena amostra de sangue, que normalmente é retirada da ponta do dedo. O sangue é então colocado no dispositivo do teste, onde entra em contato com o reagente. Em até 30 minutos é possível verificar o resultado do teste através das linhas que aparecem no dispositivo. O resultado é considerado negativo quando uma linha é vista no aparelho e positiva quando aparecem duas linhas rosas ou vermelhas, independentemente da intensidade das linhas.

Quando fazer o teste rápido para HIV

É recomendado que o teste rápido para HIV seja feito após 30 dias do comportamento de risco, como relação sexual desprotegida ou uso de drogas injetáveis, pois testes realizados antes desse período podem dar resultados errados, uma vez que o organismo precisa de um certo tempo para produzir quantidades suficientes de anticorpos contra o vírus para que seja detectado no exame, sendo esse período conhecido como janela imunológica do HIV. Saiba mais sobre a janela imunológica.

No caso de resultados positivos, é necessário realizar um exame laboratorial para confirmar a presença do vírus HIV e a sua quantidade, o que é essencial para iniciar o tratamento. Além disso, a pessoa é acompanhada por uma equipe composta por médico, psicólogo e assistente social para que sinta-se bem e tenha qualidade de vida.

O que fazer se o resultado for positivo

No caso do resultado ser positivo em qualquer dos dois tipos de teste, é importante que o médico seja consultado para que seja realizado um teste mais específico para confirmar a infecção e para saber a quantidade de vírus circulante no organismo, o que é importante para que seja indicado o melhor tratamento. Saiba como é feito o exame para confirmar o HIV.

Caso haja a confirmação da infecção pelo HIV, é importante ter orientação do médico sobre o vírus e a doença, além do que se deve fazer para manter a saúde e evitar a transmissão para outras pessoas. Com o avanço das pesquisas já é possível ter qualidade de vida, evitando e tratando as doenças relacionadas à AIDS, sendo possível trabalhar, estudar e ter uma vida normal por muitos anos.

Pessoas que tiveram algum comportamento de risco e fizeram o teste mas tiveram resultado negativo devem repetir o teste após 30 e 60 dias para se certificar do resultado, porque em alguns casos pode haver um resultado falso negativo.

Saiba mais sobre o HIV e a AIDS assistindo o seguinte vídeo:

Esta informação foi útil?

Bibliografia

  • MINISTÉRIO DA SAÚDE. Teste rápido de HIV: saiba o resultado em 30 minutos. Disponível em: <http://www.aids.gov.br/pt-br/noticias/teste-rapido-de-hiv-saiba-o-resultado-em-30-minutos>. Acesso em 20 Out 2021
  • MINISTÉRIO DA SAÚDE. Manual Técnico para o Diagnóstico da Infecção pelo HIV. 2013. Disponível em: <https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/manual_tecnico_diagnostico_infeccao_hiv.pdf>. Acesso em 20 Out 2021
Mais sobre este assunto: