Tempo de protrombina: o que é, para que serve e valores

Revisão clínica: Marcela Lemos
Biomédica
janeiro 2022

O tempo de protrombina ou TP é um exame de sangue que avalia a capacidade do sangue para coagular, isto é, o tempo necessário para estancar uma hemorragia, por exemplo. Assim, o exame de tempo de protrombina é utilizado sempre que surgem sangramentos ou hematomas frequentes para tentar encontrar a causa do problema, assim como quando há suspeitas de problemas no fígado, sendo solicitado também a dosagem de TGO, TGP e GGT, por exemplo.

A protrombina, também conhecida como fator II da coagulação, é uma proteína produzida pelo fígado e quando ativada promove a conversão de fibrinogênio em fibrina, que, juntamente com as plaquetas, forma uma camada que impede o sangramento. Assim, a protrombina é fator essencial para que a coagulação sanguínea aconteça. Entenda como acontece a coagulação.

Valores de referência

O valor de referência do tempo de protrombina para uma pessoa saudável deve variar entre 10 e 14 segundos, podendo variar de laboratório para laboratório de acordo com o reagente utilizado e equipamento laboratorial usado para análise.

Além do TP, pode ser também calculado o INR, que tem como objetivo padronizar o resultado a nível mundial, o que permite avaliar com mais precisão o desenvolvimento de doenças e efeito do uso medicamentos anticoagulantes, por exemplo. Assim, o valor do INR para pessoas saudáveis deve variar entre 0,8 e 1. Porém, no caso de se estar utilizando anticoagulantes orais o valor deve estar entre 2 e 3, dependendo da doença que levou à necessidade de fazer tratamento com esse tipo de remédios.

Como calcular o INR

O cálculo do INR, também chamado de RNI, é feito pelo laboratório levando em consideração os reagentes utilizados. Para fazer o cálculo do INR são necessários os seguintes fatores:

  • Tempo de protrombina (TP);
  • Tempo médio de protrombina normal (TMPN);
  • Índice de Sensibilidade Internacional (ISI), que é fornecido pelo fabricante de cada lote de reagente de tromboplastina.

O cálculo do INR é feito seguinte a seguinte fórmula: INR = (TP/TMPN) ISI.

O que significa o resultado

O resultado do exame do tempo de protrombina pode estar alterado devido a diferentes causas, por isso, sempre que existam alterações o médico pode pedir novos exames para conseguir identificar a causa correta e iniciar o tratamento. Algumas das causas mais comuns incluem:

Tempo de protrombina alto

Este resultado indica que, se acontecer um corte, o sangramento irá demorar mais tempo para parar, sendo que algumas das causas mais comuns incluem:

  • Uso de anticoagulantes;
  • Alteração da flora intestinal;
  • Alimentação pouco equilibrada;
  • Doenças no fígado;
  • Deficiência de vitamina K;
  • Problemas de coagulação, como hemofilia;

Além disso, alguns medicamentos como antibióticos, corticoides e diuréticos também podem alterar o valor do exame, sendo, por isso, aconselhado informar o médico sobre toda a medicação que se está utilizando.

Tempo de protrombina baixo

Já quando valor de protrombina é mais baixo significa que a coagulação acontece muito rápido. Assim, embora os sangramentos sejam mais raros e parem rapidamente, há maior risco de formação de coágulos que podem levar a infarto ou AVC.

Algumas das causas que podem provocar esta alteração incluem:

  • Uso de suplementos com vitamina K;
  • Consumo excessivo de alimentos com vitamina K, como espinafre, brócolis ou fígado;
  • Uso de comprimidos com estrogênio, como pílula anticoncepcional.

Nestes casos pode ser necessário iniciar o uso de anticoagulantes ou injeções de heparina até identificar a causa da alteração. Após isso, o médico irá recomendar o tratamento mais adequado.

Esta informação foi útil?

Atualizado e revisto clinicamente por Marcela Lemos - Biomédica, em janeiro de 2022.
Revisão clínica:
Marcela Lemos
Biomédica
Mestre em Microbiologia Aplicada, com habilitação em Análises Clínicas e formada pela UFPE em 2017 com registro profissional no CRBM/ PE 08598.