Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Sintomas de hérnia do hiato

A hérnia de hiato surge quando uma pequena porção do estômago consegue passar pelo hiato, que é o orifício no diafragma que deve deixar passar apenas o esôfago.

Quando isso acontece, o estômago não consegue fechar completamente durante a digestão e, por isso, podem surgir sintomas como:

  • Azia e queimação na garganta;
  • Dor no peito;
  • Sensação de vômito;
  • Arrotos frequentes;
  • Dificuldade para engolir;
  • Sensação de estômago muito cheio após as refeições.

Estes sintomas aparecem especialmente devido ao desenvolvimento de refluxo gastroesofágico, que acontece porque o estômago não fecha corretamente e o ácido gástrico consegue subir até ao esôfago, queimando suas paredes.

Dessa forma, os sintomas normalmente são mais intensos após as refeições, especialmente quando estas são compostas por alimentos gordurosos, picantes, fritos ou por bebidas alcoólicas.

Sintomas de hérnia do hiato

Principais causas da hérnia

Embora não exista uma causa específica para o desenvolvimento de uma hérnia no hiato, esta alteração é mais frequente em pessoas com mais de 50 anos, com excesso de peso ou em grávidas, possivelmente devido ao enfraquecimento do diafragma ou aumento da pressão no abdômen.

Além disso, existe ainda um tipo mais raro de hérnia de hiato que afeta apenas os recém-nascidos, devido a uma falta de desenvolvimento do estômago ou do diafragma.

Como aliviar os sintomas

A melhor forma de aliviar os sintomas consiste em fazer algumas alterações na dieta, evitando-se fazer refeições muito volumosas e evitar comer alimentos muito gordurosos ou condimentados. Veja uma lista mais completa do que evitar.

Além disso, também se deve evitar deitar depois de comer e elevar a cabeceira da cama para dormir, para permitir que o conteúdo do estômago não suba para o esôfago. Veja um vídeo da nutricionista Tatiana Zanin sobre como controlar os sintomas:

Em alguns casos, o gastroenterologista também pode receitar remédios protetores gástricos, como Omeprazol ou Pantoprazol, para proteger as paredes do esôfago e aliviar os sintomas.

Nos caos mais graves, em que os sintomas não melhoram com as alterações na dieta ou o uso de medicação pode ainda ser necessário fazer cirurgia para tentar corrigir a hérnia.

Mais sobre este assunto:
Carregando
...