8 sintomas de gordura no fígado

Revisão médica: Dr.ª Clarisse Bezerra
Médica de Saúde Familiar
junho 2022

Os sintomas mais clássicos do acúmulo de gordura no fígado são:

  1. Perda de apetite;
  2. Cansaço excessivo;
  3. Dor abdominal, especialmente na região superior direita;
  4. Dor de cabeça constante;
  5. Inchaço da barriga;
  6. Coceira na pele;
  7. Pele e olhos amarelados;
  8. Fezes esbranquiçadas.

Nos estágios iniciais de gordura no fígado, condição chamada de esteatose hepática, normalmente não são percebidos sinais ou sintomas, no entanto à medida que a doença progride e há comprometimento do fígado, é possível que surjam alguns sintomas. Entenda o que é, os sintomas, graus e o tratamento da esteatose hepática.

Como o acúmulo de gordura no fígado na maioria das vezes não causa sintomas ou tem sintomas pouco específicos, o diagnóstico normalmente acontece durante exames de rotina. Além disso, a gordura no fígado geralmente não é uma situação grave, mas quando não é devidamente tratada, pode gerar perda de funcionamento das células do fígado e cirrose, podendo ser necessário fazer um transplante de fígado.

Teste de sintomas online

Se acha que pode estar com gordura no fígado, por favor selecione os seus sintomas para saber qual o risco:

  1. 1.Perda de apetite?
  2. 2.Dor do lado superior direito da barriga?
  3. 3.Barriga inchada?
  4. 4.Fezes esbranquiçadas?
  5. 5.Cansaço frequente?
  6. 6.Dor de cabeça constante?
  7. 7.Enjoo e vômito?
  8. 8.Cor amarelada nos olhos e na pele?

Graus de gordura no fígado

A gordura no fígado pode ser classificada em alguns graus de acordo com a quantidade de gordura acumulada no fígado: 

  • Grau 1: quando menos de 33% das células do fígado são afetadas;
  • Grau 2: entre 33 e 66% das células do fígado são afetadas;
  • Grau 3: mais de 66% das células do fígado estão afetadas.

No entanto, o acúmulo de gordura no fígado geralmente é silencioso, podendo não causar sintomas ou apenas ser notado algum cansaço ou uma leve dor no abdome. Outros sintomas, como pele e olhos amarelados, geralmente não estão relacionados ao grau de gordura acumulada no fígado, mas à presença de inflamação e fibrose, que também podem ocorrer em algumas pessoas que apresentam esse acúmulo de gordura.

Como é feito o diagnóstico

O diagnóstico da gordura no fígado é feito pelo hepatologista ou clínico geral através  da ultrassonografia abdominal, no entanto, exames como tomografia computadorizada, ressonância magnética ou até mesmo a biópsia de fígado também podem mostrar o acúmulo de gordura.

Além disso, outros exames como a dosagem de enzimas hepáticas, como TGO e TGP, e bilirrubinas podem ser úteis para avaliar o funcionamento do fígado. Porém, somente a biópsia ou exames como a elastografia por ressonância magnética ou ultrassonografia, por exemplo, são capazes de mostrar se há fibrose e inflamação importantes. Conheça os principais exames utilizados para avaliar o fígado. 

Possíveis causas de gordura no fígado

O mecanismo que leva ao acúmulo de gordura no fígado ainda não é muito bem estabelecido, apesar de ser muito estudado. No entanto, sabe-se que algumas condições favorecem o acúmulo de gordura nesse órgão, levando progressivamente à perda da função hepática.

Pessoas que possuem maus hábitos alimentares, que não praticam atividade física, que fazem uso frequente e excessivo de bebidas alcoólicas, que têm colesterol alto ou que são diabéticas possuem maior chance de ter gordura no fígado. Saiba mais sobre as causas de gordura no fígado.

Como tratar

A gordura no fígado tem cura, principalmente quando ainda está nos estágios iniciais, e o seu tratamento é feito principalmente com alterações na dieta, prática regular de atividade física, perda de peso e controle de doenças como diabetes, hipertensão e colesterol alto.

Além disso, é importante parar de fumar e de consumir bebidas alcoólicas, e reduzir o consumo de alimentos ricos em gordura e carboidratos simples, como pão branco, pizza, carnes vermelhas, linguiça, salsicha, manteiga e alimentos congelados. Assim, a dieta deve ser rica em alimentos integrais, como farinha de trigo, arroz e macarrão integral, frutas, legumes, peixes, carnes brancas, leite e derivados desnatados. Confira como deve ser a alimentação para gordura no fígado.

Assista ao vídeo para saber quais alimentos são indicados na dieta para gordura no fígado.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Equipe Editorial do Tua Saúde, em junho de 2022. Revisão médica por Dr.ª Clarisse Bezerra - Médica de Saúde Familiar, em março de 2020.

Bibliografia

  • SHEKA, Adam C. et al. Nonalcoholic Steatohepatitis . JAMA. Vol.323, n.12. 1175-1183, 2020
  • ABDELMALEK, Manal F. Nonalcoholic fatty liver disease: another leap forward. Nature reviews gastroenterology & hepatology. Vol.18. 85–86, 2021
Mostrar bibliografia completa
  • COBBINA, Enoch; AKHLAGHI, Fatemeh. Non-Alcoholic Fatty Liver Disease (NAFLD) - Pathogenesis, Classification, and Effect on Drug Metabolizing Enzymes and Transporters. Drug Metab Rev. Vol 49. 2 ed; 197-211, 2017
  • MANNE, Vignan; HANDA, Priya; KOWDLEY, Kris V. Pathophysiology of Nonalcoholic Fatty Liver Disease/Nonalcoholic Steatohepatitis. Clinics in Liver Disease. Vol.22, n.1. 23-37, 2018
  • SOCIEDADE BRASILEIRA DE HEPATOLOGIA. Esteatose Hepática. Disponível em: <https://sbhepatologia.org.br/imprensa/esteatose-hepatica/>. Acesso em 30 mar 2020
  • PARISE, Edison Roberto . Esteatose hepática (revisão). Atheros 2002; 13 (2): 52-55. Disponível em: <http://departamentos.cardiol.br/sbc-da/2015/publicacoes/atheros2002/07%20-%20Esteatose%20Hepatica.pdf> . Acesso em: 30/03/2020.
  • MINISTÉRIO DA SAÚDE DO BRASIL. Esteatose hepática (gordura no fígado): causas, sintomas, diagnóstico, tratamento e prevenção. Disponível em: <https://saude.gov.br/saude-de-a-z/esteatose-hepatica>. Acesso em 30 mar 2020
  • DONGIOVANNI, Paola; VALENTI, Luca. A Nutrigenomic Approach to Non-Alcoholic Fatty Liver Disease. International Journal of Molecular Science. Vol 18. 2017
Revisão médica:
Dr.ª Clarisse Bezerra
Médica de Saúde Familiar
Formada em Medicina pelo Centro Universitário Christus e especialista em Saúde da Família pela Universidade Estácio de Sá. Registro CRM-CE nº 16976.

Tuasaude no Youtube

  • COMO ACABAR DE VEZ COM A GORDURA NO FÍGADO

    10:11 | 1619906 visualizações
  • Dieta para gordura no fígado

    03:44 | 2524746 visualizações