Remédios para gordura no fígado

Abril 2021

Os remédios para gordura no fígado devem ser indicados pelo médico para controlar doenças que prejudicam seu funcionamento, como diabetes, colesterol alto ou hipotireoidismo, por exemplo, pois não existem medicamentos específicos para essa doença. Assim, ao tratar as outras doenças, evita-se o acúmulo da gordura no fígado e o aparecimento de complicações como a cirrose ou o câncer hepático.

O principal tratamento da gordura no fígado é feito através de mudanças no estilo de vida, com a prática de atividade física regularmente, como caminhada, corrida ou andar de bicicleta pelo menos 4 vezes por semana, durante 30 a 60 minutos por dia, pois ajuda a aumentar o metabolismo, queimar gorduras e controlar o peso, que são fatores importantes para ajudar na eliminação da gordura no fígado.

Além disso, deve-se fazer uma alimentação saudável pobre em gorduras e açúcar, e rica em frutas, vegetais e alimentos ricos em fibra, pois reduzem a absorção de gorduras pelo intestino, o que ajuda a reduzir o acúmulo de gordura no fígado, além de também contribuir para a perda peso, o que pode ser recomendado pelo médico em alguns casos. Veja uma opção de cardápio para o fígado gordo.

Assista o vídeo com a nutricionista Tatiana Zanin sobre alimentos para reduzir a gordura no fígado:

Remédios de farmácia

Existem algumas opções de remédios que podem ajudar a diminuir a gordura no fígado, principalmente quando é causado por outras doenças como diabetes, colesterol alto ou problemas na tireoide, por exemplo.

Esses remédios devem ser indicados pelo médico de forma individualizada e não excluem as mudanças de hábitos de vida, como a dieta, exercícios físicos, evitar fumar e consumir bebidas alcoólicas, que são o principal tratamento para o fígado gordo.

1. Estatinas

O fígado é o principal órgão do corpo que produz e elimina colesterol e, quando as quantidades de colesterol são altas, podem se acumular nas células do fígado causando o fígado gordo, e por isto, as estatinas como sinvastatina ou rosuvastatina, por exemplo, são usadas para diminuir o colesterol do sangue, podendo ser indicadas pelo médico para tratar o fígado gordo.

2. Antidiabéticos

A diabetes é uma condição que aumenta a quantidade de gorduras livres circulando no sangue e que ao entrar nas células do fígado são transformadas em triglicerídeos, se acumulando neste órgão, causando o fígado gordo. Por isso, o uso de antidiabéticos como a pioglitazona, liraglutida, exeglatida, sitagliptina ou vildagliptina, por exemplo, podem ser indicadas pelo médico para diminuir ou evitar o acúmulo de gordura no fígado.

3. Remédio para tireóide

A levotiroxina, que é um remédio indicado no tratamento de hipotireoidismo, pode ser também recomendado para tratar o fígado gordo, pois essa alteração da tireoide pode provocar o aumento do colesterol ruim e da quantidade de triglicerídeos, que podem ser acumulados no fígado. Assim, ao tratar o hipotireoidismo é possível também tratar a gordura no fígado.

4. Vitamina E

A vitamina E possui ação antioxidante potente, e pode ajudar a reduzir ou neutralizar os danos causados pela inflamação no fígado e, por isso, pode ser indicada para o tratamento da gordura no fígado.

Alguns estudos sugerem que os suplementos de vitamina E podem ser úteis para pessoas com lesões hepáticas causadas por acúmulo de gordura no fígado. Entretanto, é importante consultar um médico antes de iniciar o uso do suplemento, pois esta vitamina tem sido associada ao aumento do risco de câncer de próstata em homens. Confira também a lista completa de alimentos ricos em vitamina E.

Remédios para gordura no fígado

Opções de remédios naturais

Alguns remédios naturais podem auxiliar no tratamento do fígado gordo por ajudar a reduzir os níveis de colesterol e triglicerídeos no sangue, ou proteger e regenerar as células do fígado, mantendo-o saudável.

Esses remédios naturais, como os chás de cardo mariano, alcachofra ou chá verde, por exemplo, podem ser usados para complementar o tratamento médico, devendo ser acompanhado de exercícios e dieta, além de evitar fumar e consumir bebidas alcoólicas. Confira todas as opções de remédios naturais para o fígado gordo e como preparar.

Esta informação foi útil?

Bibliografia

  • PEZESHKI, Ali; et al. The Effect of Green Tea Extract Supplementation on Liver Enzymes in Patients with Nonalcoholic Fatty Liver Disease. Int J Prev Med. 7. 28; 1-20, 2016
  • COLAK, Emine; et al. The hepatocurative effects of Cynara scolymus L. leaf extract on carbon tetrachloride-induced oxidative stress and hepatic injury in rats. SpringerPlus. 5. 216; 1-9, 2016
  • NAVARRO, Victor J.; et al. Silymarin in non-cirrhotics with non-alcoholic steatohepatitis: A randomized, double-blind, placebo controlled trial. PLoS ONE. 14. 9; e0221683, 2019
  • BHATT, Harikrashna B.; SMITH, Robert J. Fatty liver disease in diabetes mellitus. HepatoBiliary Surg Nutr. 4. 2; 101-108, 2015
  • HE, Weiwei; et al. Relationship between Hypothyroidism and Non-Alcoholic Fatty Liver Disease: A Systematic Review and Meta-analysis. . Front Endocrinol. 8. 335; 1-11, 2017
  • KIM, Eung Ju; et al. Cholesterol-Induced Non-Alcoholic Fatty Liver Disease and Atherosclerosis Aggravated by Systemic Inflammation. PLoS ONE. 9. 6; e97841, 2014
Mais sobre este assunto: