Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Água no joelho: Sintomas e opções de Tratamento

A sinovite no joelho, conhecida popularmente como "água no joelho", é uma inflamação da membrana sinovial, um tecido que reveste internamente o joelho que promove o aumento da quantidade de líquido sinovial, gerando sintomas como dor, inchaço e dificuldade no movimento. A água no joelho tem cura e o seu tratamento inclui repouso, fisioterapia, a toma de medicamentos e, por vezes, cirurgia.

O acúmulo de água no joelho pode ser causado por uma pancada no joelho ou por situações como trauma direto, que é quando a pessoa cai de joelhos no chão ou depois de uma torção do tornozelo, no entanto, ela também pode surgir em caso de doenças crônicas como, artrite reumatóide, osteoartrite ou osteoartrose, gota, hemofilia, esforço repetitivo, como pode acontecer em praticantes de atividade física, como maratonistas. Menos comummente ela é causada pela sinovite vilonodular pigmentada do joelho, uma doença do próprio tecido.

O líquido sinovial é um líquido lubrificante presente no joelho, ele é transparente ou tem uma cor amarela pálida. Sua quantidade varia entre 2 a 3,5 ml mas em caso de sinovite essa quantidade pode chegar a 20, 40, 80 e, até mesmo, 100 ml causando dor de desconforto. 

Água no joelho: Sintomas e opções de Tratamento

Sintomas de água no joelho

Os sintomas da sinovite no joelho surgem devido ao aumento do líquido sinovial dentro dessa articulação, causando: 

  • Dor no joelho;
  • Dificuldade em caminhar e em esticar totalmente a perna;
  • Inchaço no joelho;
  • Fraqueza dos músculos da coxa e da perna.

Se estes sintomas forem identificados a pessoa deve ir ao médico ortopedista para uma avaliação. O médico poderá fazer uma punção do líquido sinovial retirando uma parte dessa 'agua do joelho' e enviar para análise laboratorial para identificar se há glicose ou aumento de proteínas  ou anticorpos nesse líquido. 

Tratamento para tirar água do joelho

Água no joelho: Sintomas e opções de Tratamento

Remédios 

O tratamento para a sinovite no joelho é iniciado com a toma de medicamentos anti-inflamatórios, corticóides (oral ou injetável), seguido de fisioterapia. Em alguns casos o médico pode retirar o excesso de líquido intra articular através de uma punção.

Fisioterapia 

Quanto ao tratamento fisioterapêutico, a eletroterapia será parte importante do tratamento assim como o fortalecimento muscular e o ganho de amplitude articular. Ultra-som, tens, corrente farádica e laser são alguns exemplos de aparelhos que geralmente são indicados no tratamento fisioterapêutico da sinovite de joelho, antes ou depois da cirurgia.

Cirurgia 

A cirurgia é indicada em caso de sinovite crônica, quando a dor no joelho permanece por mais de 6 meses devido à artrite reumatóide ou artrite, sem nenhuma melhoria com os medicamentos, fisioterapia ou punção. A cirurgia pode ser feita de forma aberta ou por artroscopia e consiste em retirar boa parte do tecido sinovial e se os meniscos também estiverem afetados, pode-se tirar parte destes também. Após a cirurgia a perna fica enfaixada por 48 horas com a perna elevada para combater o inchaço, sendo recomendado movimentar os pés para evitar a trombose venosa profunda.

No dia seguinte pode-se começar a caminhar com muletas e pode-se iniciar os exercícios isométricos, sem a movimentação do joelho, e à medida que a pessoa vai melhorando pode-se iniciar exercícios dobrando o joelho e usando pesinhos, sempre sob orientação do fisioterapeuta. O tempo de recuperação desta cirurgia é de aproximadamente 6 a 8 semanas, na cirurgia aberta, e de 7 a 10 dias, em caso artroscopia do joelho. 

Tratamento caseiro 

Um bom tratamento caseiro para tirar água do joelho consiste em colocar uma bolsa de água fria sobre a articulação inchada e dolorida, de 3 a 4 vezes por dia. Para isso basta comprar uma bolsa de gel na farmácia ou drogaria  e deixar no congelador por algumas horas. Quando estiver congelada deve enrolar com papel toalha e colocar diretamente sobre o joelho, deixando atuar por até 15 minutos de cada vez. 

Na maioria das vezes não é recomendado colocar bolsa de água quente no joelho, somente sob indicação do médico ou do fisioterapeuta. 

Um bom exercício é deitar de barriga para cima e dobrar a perna até o limite da dor, que é o ponto em que começa a incomodar, e depois esticar novamente. Deve-se repetir esse movimento cerca de 20 vezes, sem forçar muito a perna, para não aumentar a dor. 

Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...