Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que é bursite no joelho e como tratar

A bursite no joelho consiste na inflamação de uma das bolsas localizadas em torno do joelho, que têm como função facilitar o movimento dos tendões e dos músculos sobre as proeminências ósseas.

A mais comum é a bursite anserina, também conhecida por pata-de-ganso e localiza-se sobre a parte medial da tíbia, imediatamente abaixo do joelho e por baixo do tendão conjunto, provocando dor intensa quando se sobe uma escada, por exemplo. O tratamento da bursite consiste na prevenção da situação agravante, repouso da parte afetada, administração de um anti-inflamatório quando apropriado ou injeção local de corticóide.

O que é bursite no joelho e como tratar

Sinais e sintomas

Os sinais e sintomas de bursite no joelho podem variar, dependendo da bursa que é afetada e do fator que causa a inflamação. Os sintomas mais frequentes são sensibilidade, inchaço e sensação de calor na porção afetada do joelho e dor ao fazer alguns movimentos, como subir as escadas, por exemplo.

Possíveis causas

A bursite no joelho pode ser causada por vários fatores, como:

  • Infecção bacteriana da bursa;
  • Excesso de forças friccionais que podem ocorrer durante alguma atividade física;
  • Lesões, como quedas ou golpes no joelho;
  • Doenças como artrite reumatóide, osteoartrite ou gota;
  • Excessiva pressão no joelho;
  • Obesidade.

Além disso, trabalhar de joelhos em superfícies duras por tempos prolongados ou praticar desportos em que ocorre frequentemente queda sobre o joelho, pode também levar à formação de uma bursite. 

Como é feito o tratamento

A bursite no joelho tem cura e o tratamento pode ser feito de várias formas. Durante o tratamento, deve-se repousar a articulação, aplicar gelo no local e se necessário, tomar remédios anti-inflamatórios não esteróides como ibuprofeno ou naproxeno, para aliviar a dor e o inchaço e elevar o joelho quando possível ou fazer compressão com um joelho elástico ou ligadura elástica.

A fisioterapia é também uma boa opção de tratamento, porque geralmente são obtidos bons resultados, já que ajuda a reduzir o processo de inflamação, alivia a dor e diminui a sobrecarga sobre as bursas inflamadas.

Além disso, o médico pode também administrar antibióticos, caso se trate de uma infecção das bursas e uma injeção com corticóides ou uma aspiração para remover o excesso de fluído e reduzir a inflamação. Embora seja raro, quando a bursite no joelho não responde a nenhum outro tratamento, pode ser necessário recorrer a cirurgia para remover a bursa afetada. Veja mais sobre o tratamento da bursite.

O que é bursite no joelho e como tratar

Exercícios para bursite no joelho

Existem exercícios que podem ajudar no tratamento da bursite no joelho que ajudam a fortalecer e a alongar os músculos.

1. Esticar o quadril na parede

A pessoa deve deitar-se de costas perto de uma porta aberta e esticar a perna não ferida diretamente para a frente no chão e levantar a perna lesada, apoiando-a contra a parede ao lado da moldura da porta. Manter esta posição por 15 a 30 segundos e repetir 3 vezes.

2. Alongar os músculos

Aumentar a flexibilidade do joelho ajuda não só no tratamento, mas também na prevenção da bursite. Para isso, devem-se alonga os músculos da parte posterior da coxa e do joelho por cerca de 20 minutos, no mínimo duas vezes ao dia. Para isso, a pessoa pode sentar-se e tentar chegar com as mãos aos pés até sentir um ligeiro desconforto, mas sem  ultrapassar esse ponto para evitar provocar lesões.

Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar