Bursite no joelho: causas, sintomas, tratamento e exercícios

A bursite no joelho é uma inflamação da bursa, que é um pequeno saco contendo líquido no seu interior, localizada próxima da articulação do joelho, e que funciona como uma espécie de almofada para diminuir o atrito entre os ossos, tendões e músculos perto das articulações do joelho, além de absorver o impacto dos movimentos. 

Essa inflamação pode ser causada por quedas ou golpes no joelho, por atividades físicas que tenham impacto no joelho ou até por infecções na bursa, sendo mais comum de ocorrer logo abaixo da articulação do joelho, chamada de bursite anserina ou pata-de-ganso, mas também pode ocorrer na parte interna do joelho, levando ao surgimento de sintomas como sensibilidade, dor ou inchaço na região afetada.

O tratamento da bursite no joelho consiste em repouso do joelho afetado, uso de remédios anti-inflamatórios indicados pelo ortopedista, além da realização de fisioterapia, com exercícios orientados pelo fisioterapeuta. 

Bursite no joelho: causas, sintomas, tratamento e exercícios

Principais sintomas

Os sintomas da bursite no joelho podem variar, dependendo da bursa que é afetada e da causa da inflamação. Geralmente, os sintomas mais comuns são:

  • Sensibilidade na região afetada;
  • Inchaço;
  • Sensação de calor no local;
  • Dor ao movimentar ou pressionar o joelho.

No caso do surgimento desses sintomas, é importante consultar o ortopedista para que seja feito o diagnóstico e iniciar o tratamento mais adequado.

Como confirmar o diagnóstico

O diagnóstico da bursite é feito pelo ortopedista por meio da avaliação dos sintomas e através do exame físico, pressionando suavemente a região afetada e movimentando a perna para verificar a presença de dor durante o movimento.

O médico também pode solicitar exames de imagem como raio X, ressonância magnética ou ultrassom do joelho, para visualizar as estruturas do joelho de forma mais detalhada e verificar se a bursite foi causada por algum problema ósseo ou artrite, por exemplo.

Além disso, no caso do médico suspeitar de alguma infecção na bursa ou gota, pode ser solicitado um exame de aspiração do líquido dentro da bursa para análise em laboratório.

Possíveis causas

A bursite no joelho é uma inflamação que pode ocorrer em uma das bursas presentes próxima das articulações do joelho, e pode ser causada por vários fatores, como:

  • Infecção bacteriana da bursa;
  • Excesso de forças friccionais que podem ocorrer durante alguma atividade física;
  • Lesões, como quedas ou golpes no joelho;
  • Doenças como artrite reumatóide, osteoartrite ou gota;
  • Pressão excessiva no joelho;
  • Obesidade.

Além disso, trabalhar de joelhos em superfícies duras por tempos prolongados ou praticar desportos em que ocorre frequentemente queda sobre o joelho, também podem causar bursite no joelho. 

Como é feito o tratamento

O tratamento da bursite no joelho é feito pelo ortopedista com o objetivo de reduzir a inflamação da bursa e aliviar os sintomas, podendo ser indicado repousar a articulação, elevar o joelho quando possível, fazer compressão do joelho afetado com um elástico ou uma ligadura elástica, aplicar gelo no local e, se necessário, tomar remédios anti-inflamatórios não esteróides, como ibuprofeno ou naproxeno.

O médico pode também administrar antibióticos, caso se trate de uma infecção das bursas e uma injeção com corticóides ou uma aspiração para remover o excesso de fluído da bursa e reduzir a inflamação. Embora seja raro, quando a bursite no joelho não responde a nenhum outro tratamento, pode ser necessário recorrer a cirurgia para remover a bursa afetada. Confira todos os medicamentos que podem ser indicados para bursite

Além disso, a  fisioterapia é também uma boa opção de tratamento, porque ajuda a reduzir o processo de inflamação, aliviar a dor e diminuir a sobrecarga sobre as bursas inflamadas, devendo ser feito com exercícios orientados pelo fisioterapeuta.

Exercícios para bursite no joelho

Aumentar a flexibilidade do joelho ajuda não só no tratamento, mas também na prevenção da bursite no joelho. Alguns exercícios que podem ser feitos para bursite no joelho são: 

1. Esticar a perna

Bursite no joelho: causas, sintomas, tratamento e exercícios

Deitar no chão de barriga para cima, mantendo a perna não afetada esticada e elevar a perna do joelho afetado, esticada com a ajuda de uma banda elástica ou cinto, por exemplo. Manter esta posição por 15 a 30 segundos e abaixar a perna novamente. Repetir esse movimento por 3 vezes.

Outra forma de fazer esse exercício sem utilização da banda elástica, é deitar no chão, próximo a uma porta aberta, mantendo a perna não afetada esticada e levantar a perna perna do joelho afetado apoiando-a contra a parede ao lado da moldura da porta.

2. Alongar a panturrilha

Bursite no joelho: causas, sintomas, tratamento e exercícios

De pé, posicionar-se de frente para uma parede. Colocar as as mãos contra a parede na altura dos olhos, com os braços esticados. Manter a perna do joelho com bursite para trás esticada, com o pé e o calcanhar encostado no chão, e a perna não afetada para a frente ligeiramente dobrada, inclinando lentamente contra a parede até sentir a panturrilha da perna afetada alongada. Permanecer nessa posição por 15 a 30 segundos, voltar à posição inicial e repetir o exercício por 3 vezes.

3. Alongar a parte anterior da coxa

Bursite no joelho: causas, sintomas, tratamento e exercícios

De pé, posicionar-se de frente ou de lado à uma parede, olhando para frente. Apoiar a mão na parede do lado da perna não lesionada. Dobrar para trás a perna do joelho afetado, segurando o tornozelo com a outra mão e puxando o calcanhar em direção à nádega, mantendo os joelhos juntos. Deve-se ter cuidado para não curvar a coluna. Segurar a perna nessa posição por 15 a 30 segundos e repetir o exercício por 3 vezes. 

Esta informação foi útil?

Bibliografia

  • AMERICAN ASSOCIATION OF HIP AND KNEE SURGEONS. Home Therapy exercises for Pes Anserine Bursitis. 2020. Disponível em: <https://www.aahks.org/wp-content/uploads/2020/10/pes-bursitis-exercises.pdf>. Acesso em 02 Nov 2021
  • SAAVEDRA, M. Á.; et al. Clinical anatomy of the knee. Reumatol Clin. 8. 2; 39-45, 2012
  • HONG, E.; KRAFT, M. C. Evaluating anterior knee pain. Med Clin North Am. 98. 4; 697-717, 2014
  • MOHSENI, M.; GRAHAM, C. IN: STATPEARLS [INTERNET]. TREASURE ISLAND (FL): STATPEARLS PUBLISHING. Pes Anserine Bursitis. 2021. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK532941/>. Acesso em 02 Nov 2021
  • RISHOR-OLNEY, C. R.; POZUN, A. IN: STATPEARLS [INTERNET]. TREASURE ISLAND (FL): STATPEARLS PUBLISHING. Prepatellar Bursitis. 2021. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK557508/>. Acesso em 02 Nov 2021
Mais sobre este assunto: