Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que é Sinovite e Como Tratar

Sinovite é a inflamação da membrana sinovial, um tecido que reveste a parte interna de algumas articulações, e por isso a sinovite pode acontecer no pé, tornozelo, joelho, quadril, mão, punho, cotovelo ou ombro.

Nessa doença a membrana sinovial, que é responsável por produzir o líquido sinovial, fica mais espesso e surgem mais vasos sanguíneos, o que causa sangramento dentro da articulação. Isso pode acontecer devido a um trauma, que pode ter sido uma queda ou acidente, ou em alguns casos pode surgir como parte de uma doença como reumatismo ou gota. O uso excessivo, como pode acontecer durante um trabalho muito repetitivo, em fábricas de montagem, por exemplo, não causa sinovite, mas agrava os seus sintomas. 

O que é Sinovite e Como Tratar

Tipos de sinovite 

A sinovite pode ser classificada pelo médico ortopedista como sendo:

  • Sinovite congênita: ocorre quando existe um pequeno tecido chamado 'plica', que forma uma dobra dentro do joelho;
  • Sinovite traumática: ocorre depois de uma queda, acidente, torção, fratura ou cirurgia;
  • Sinovite reumatoide: está relacionada com a Artrite Reumatóide, ou outras doenças como sinovite vilonodular pigmentada, sinovite cristalina, hemofilia ou condromatose sinovial; 
  • Sinovite infecciosa: ocorre devido a presença de fungos ou bactérias dentro da articulação. 

A sinovite ainda pode ser classificada como sendo Sinovite Aguda, quando os sintomas surgiram a pouco tempo, e estão relacionados como um acidente ou queda, por exemplo, e Sinovite Crônica, quando os sintomas permanecem há mais de 12 semanas, estando relacionada com doenças como a artrite reumatóide, por exemplo. 

A sinovite no joelho é uma das situações mais comuns, causando dor, desconforto e inchaço da articulação. Veja mais sobre a sinovite no joelho, popularmente chamada de água no joelho'

Como saber se é Sinovite

A sinovite manifesta-se através de sintomas como:

  • Aumento da temperatura na articulação, que pode ser sentida pelo toque;
  • Dor ao movimentar a articulação afetada;
  • Local pode ficar mais avermelhado;
  • Pode haver um pequeno inchaço local;
  • Dificuldade em movimentar a articulação e o membro afetado devido a dor ou inchaço. 

O médico pode chegar a conclusão de que a articulação encontra-se inflamada pelos sintomas apresentados, mas somente a punção articular para retirar uma amostra do líquido consegue comprovar a sua gravidade, mas o raio-x e o ultrassom também podem ser úteis. Assim, normalmente o médico solicita exames para confirmar a doença, e indica a toma de remédios anti-inflamatórios para alívio dos sintomas. Se os sintomas se mantiverem por mais de 15 dias, comprometendo as atividades diárias da pessoa, pode ser recomendado fazer fisioterapia. 

Apesar de qualquer pessoa poder desenvolver um quadro de sinovite, isso é mais comum em pessoas com artrite reumatóide e artrite reumatóide juvenil, pessoas que trabalham com movimentos muito repetitivos e os praticantes de esportes que treinam mais de 1 hora por dia, por mais de 5 dias por semana. 

O que é Sinovite e Como Tratar

Tratamentos para sinovite

A primeira opção de tratamento para uma sinovite é o repouso da articulação, e nem sempre é necessário imobilizar, basta a pessoa ter o cuidado de não movimentar a articulação afetada, poupando seu esforço. Quando fica comprovado que existe alteração do líquido sinovial, o médico pode fazer uma punção para retirar esse líquido comprometido, ajudando numa recuperação mais rápida. 

Para complementar o tratamento da sinovite deve-se fazer sessões de fisioterapia, tomar medicamentos anti-inflamatórios e usar pomadas anti-inflamatórias. Nos casos mais graves, pode-se recorrer a uma cirurgia chamada artroscopia, para a retirada de parte do tecido sinovial. 

Remédios

Os remédios para sinovite podem ser os anti-inflamatórios como Aspirina, Ibuprofeno, analgésicos como Paracetamol, e corticoides. Aplicar pomadas com Diclofenaco também pode ser uma opção para alívio da dor.

Compressa gelada 

Colocar uma compressa de água fria ou gelo sobre a articulação afetada é uma ótima opção para combater o inchaço e aliviar a dor. 

Fisioterapia 

A fisioterapia pode ser realizada, 2 ou 3 vezes por semana, contendo crioterapia, e equipamentos como ultrassom, eletroestimulação, laser e ondas curtas, por exemplo. O tratamento deve ser escolhido pelo próprio fisioterapeuta após sua avaliação pessoal. Exercícios de mobilização e alongamentos também podem ser indicados. Na fase final da recuperação são recomendados os exercícios de fortalecimento muscular em volta da articulação. 

Punção 

O médico pode retirar uma parte do líquido sinovial para desinchar a articulação, o que traz um bom alívio dos sintomas e ajuda na recuperação. No entanto, esse tipo de tratamento só é indicado para os casos mais graves, quando a articulação está muito afetada e inchada. 

Aplicação de corticoides 

Além da retirada do líquido sinovial o médico pode dar uma injeção diretamente na articulação contendo corticoide, como a cortisona, um tipo de anti-inflamatório forte que traz alívio dos sintomas rapidamente. 

Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...