Rompimento do ligamento do joelho: sintomas e tratamento

setembro 2022

O rompimento do ligamento do joelho é uma lesão normalmente causada por um grande esforço repentino durante esportes, como futebol, basquete ou tênis, que provoca uma torção do ligamento e sintomas como dor, inchaço ou diminuição da amplitude dos movimentos.

Os ligamentos do joelho servem para dar estabilidade à articulação e manter os ossos alinhados, assim, quando um dos ligamentos está rompido ou comprometido, como o ligamento colateral medial ou lateral, ou o ligamento cruzado anterior ou posterior, o joelho fica instável, causando muita dor.

O tratamento do rompimento do ligamento do joelho deve ser feito pelo ortopedista, e geralmente é feito com cirurgia, seguido de alguns meses de fisioterapia e repouso, mas inicialmente pode ser necessário usar uma joelheira para evitar os movimentos do joelho.

Sintomas de rompimento do ligamento do joelho

Os principais sintomas de rompimento do ligamento do joelho são:

  • Dor no joelho;
  • Inchaço no joelho, que pode surgir nas primeiras 24 horas após a lesão; 
  • Sensação de fraqueza ou frouxidão no joelho;
  • Diminuição ou perda da amplitude dos movimentos;
  • Dificuldade para caminhar;
  • Dificuldade para dobrar ou esticar totalmente o joelho;
  • Aumento da sensibilidade ao longo da linha da articulação do joelho.

Além disso, normalmente antes do surgimento dos sintomas, é comum ouvir ou sentir um estalo repentino no joelho ou ter a sensação de que o joelho está travado.

É importante consultar o ortopedista imediatamente ou ir ao hospital mais próximo sempre que surgirem sintomas de rompimento do ligamento do joelho para que sejam realizados exames, diagnosticado o rompimento e iniciado o tratamento mais adequado.

Como confirmar o diagnóstico

O diagnóstico do rompimento do ligamento do joelho é feito pelo ortopedista através da avaliação dos sintomas, histórico de atividades que possam ter provocado os sintomas, e exame físico da articulação do joelho.

Além disso, para confirmar o diagnóstico, o médico deve solicitar exames de imagem, como raio X, ressonância magnética, ultrassom do joelho ou artroscopia. Saiba como é feita a artroscopia

Possíveis causas

O rompimento do ligamento do joelho é causado por uma torção em algum dos ligamentos, devido a esforços repentinos ou golpes diretos no joelho, geralmente associados à prática de esportes, como futebol, tênis, esqui, basquete, ginástica olímpica ou beisebol, por exemplo, mas também pode surgir devido a quedas sobre o joelho ou acidentes de carro.

As causas mais comuns de rompimento do ligamento do joelho durante a prática de esporte são:

  • Mudar de direção bruscamente;
  • Parar de repente;
  • Aterrissar de forma incorreta após um salto;
  • Colisão com outro esportista.

O rompimento do ligamento do joelho pode surgir em qualquer ligamento do joelho, como o ligamento cruzado anterior ou posterior, ou ligamento colateral medial ou lateral, o que depende do tipo de movimento realizado ou de como ocorreu a queda ou acidente.

Como é feito o tratamento

O tratamento do rompimento do ligamento do joelho deve ser feito com orientação do ortopedista e varia de acordo com o ligamento afetado, gravidade dos sintomas e o grau da lesão.

Os principais tratamentos para o rompimento do ligamento do joelho são:

1. Repouso

O repouso do joelho ajuda na recuperação e alivia a dor e o desconforto que surgem ao movimentar a articulação do joelho.

Assim o médico deve recomendar interromper os exercícios físicos e evitar colocar muito peso sobre o joelho afetado, podendo para isso ser indicado o uso de muletas para suportar o peso do corpo e diminuir o esforço e a movimentação no joelho afetado ou utilização de cadeira de rodas.

2. Compressas frias

Aplicar compressas frias no joelho afetado ajuda a diminuir a dor e reduz o inchaço, por aliviar a inflamação no local.

Para fazer a compressa fria, deve-se colocar gelo dentro de uma bolsa térmica ou colocar um saco de gel no congelador para resfriar, e depois envolver a bolsa ou o saco de gel, em uma toalha limpa e seca, e aplicar no joelho afetado, deixando agir por 15 a 20 minutos, de 2 a 3 vezes por dia. 

3. Imobilização

A imobilização é feita pelo ortopedista, sendo recomendada para evitar que o joelho se movimente, proteger o joelho da instabilidade causada pelo rompimento do ligamento e permitir a cicatrização.

Essa imobilização pode ser feita com o uso de uma faixa, joelheira elástica ou órteses de joelho. 

O tempo de imobilização deve ser orientado pelo médico e varia de acordo com a gravidade do rompimento do ligamento do joelho.

4. Uso de remédios 

O uso de remédios pode ser indicado pelo ortopedista para ajudar a aliviar a dor e o inchaço no joelho.

Os principais remédios que podem ser indicados pelo médico são os anti-inflamatórios não esteróides, como ibuprofeno ou naproxeno, por exemplo. Veja outras formas de aliviar a dor no joelho

5. Fisioterapia para o joelho

A fisioterapia para o tratamento do rompimento do ligamento do joelho, pode ser indicada pelo ortopedista e deve ser feita com orientação do fisioterapeuta, com exercícios de fortalecimento e alongamento para aumentar a flexibilidade, melhorar a estabilidade, e aliviar a inflamação e a dor no joelho.

O tratamento fisioterápico deve ser escolhido pelo próprio fisioterapeuta de forma individualizada, podendo ser indicado:

  • Laser, para diminuir a dor e facilitar a cicatrização;
  • Gelo, para diminuir o inchaço e anestesiar o local para a massagem transversa profunda;
  • Mobilização articular manual, para lubrificar a articulação, conferir amplitude de movimento e soltar aderências;
  • Mobilização da patela, para aumentar a flexão do joelho;
  • Tração do joelho, para aumento do espaço interarticular;
  • Corrente russa, para melhorar o tônus muscular da coxa anterior e posterior;
  • Exercícios com Thera-band, para ganho de força global com os músculos da coxa e da perna;
  • Exercícios de propriocepção com os olhos abertos e fechados. 

Durante o tratamento fisioterapêutico, para a recuperação dos ligamentos do joelho, é normal que surjam algumas outras situações, tais como tendinite, dificuldade em dobrar e esticar a perna e fraqueza muscular, que também devem ser tratadas ao mesmo tempo. Saiba mais detalhes sobre a fisioterapia para rompimento do ligamento do joelho

6. Cirurgia

A cirurgia pode ser indicada pelo médico, especialmente nos casos de rompimento dos ligamentos cruzado anterior ou posterior, quando estão completamente rompidos ou torcidos, ou ainda quando o joelho apresenta muita instabilidade ou a pessoa é atleta.

Essa cirurgia é feita com um enxerto de tecido o que permite ao médico reconstruir o ligamento afetado. Normalmente é necessário fazer sessões de fisioterapia  após a cirurgia para acelerar a recuperação.

O tratamento para reparação dos ligamentos colateral medial ou lateral raramente requerem cirurgia.

Possíveis complicações

As principais complicações do rompimento do ligamento do joelho são:

  • Dor crônica;
  • Instabilidade permanente do joelho;
  • Lesão neurovascular, como a lesão da artéria poplítea;
  • Osteoartrite;
  • Osteonecrose;
  • Fratura;
  • Rigidez do joelho.

Além disso, outra complicação que pode surgir é a lesão no menisco do joelho. Veja como identificar e tratar uma lesão nos meniscos

Esta informação foi útil?

Atualizado por Flávia Costa - Farmacêutica, em setembro de 2022. Revisão clínica por Marcelle Pinheiro - Fisioterapeuta, em setembro de 2022.

Bibliografia

  • EVANS, J.; NIELSON, J. L. IN: STATPEARLS [INTERNET]. TREASURE ISLAND (FL): STATPEARLS PUBLISHING. Anterior Cruciate Ligament Knee Injuries. 2022. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK499848/>. Acesso em 05 set 2022
  • NAQVI, U.; SHERMAN, A. L. IN: STATPEARLS [INTERNET]. TREASURE ISLAND (FL): STATPEARLS PUBLISHING. Medial Collateral Ligament Knee Injuries. 2022. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK431095/>. Acesso em 05 set 2022
Mostrar bibliografia completa
  • RAJ, M. A.; MABROUK, A.; VARACALLO, M. IN: STATPEARLS [INTERNET]. TREASURE ISLAND (FL): STATPEARLS PUBLISHING. Posterior Cruciate Ligament Knee Injuries. 2022. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK430726/>. Acesso em 05 set 2022
  • YARAS, R. J.; O'NEILL, N.; YAISH, A. M. IN: STATPEARLS [INTERNET]. TREASURE ISLAND (FL): STATPEARLS PUBLISHING. Lateral Collateral Ligament Knee Injuries. 2022. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK560847/>. Acesso em 05 set 2022
Revisão clínica:
Marcelle Pinheiro
Fisioterapeuta
Formada em Fisioterapia pela UNESA em 2006 com registro profissional no CREFITO- 2 nº. 170751 - F e especialista em dermatofuncional.