Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Síndrome serotoninérgica: o que é, sintomas, causas e tratamento

A síndrome serotoninérgica consiste num aumento da atividade da serotonina no sistema nervoso central, causada pelo uso inadequado de certos medicamentos, que pode afetar o cérebro, os músculos e os órgãos do corpo, podendo levar à morte.

A serotonina é um neurotransmissor que atua no cérebro, importante para o bom funcionamento do organismo, já que regula o humor, o sono, o apetite, o ritmo cardíaco, a temperatura corporal e as funções cognitivas. Porém, doses elevadas de serotonina, podem desregular o funcionamento do organismo e levar ao surgimento de sintomas graves. Veja mais funções da serotonina.

O tratamento da síndrome serotoninérgica deve ser feita no hospital, o mais cedo possível, através da administração de soro na veia, suspensão da medicação que causou a crise e uso de medicamentos para alivio os sintomas.

Síndrome serotoninérgica: o que é, sintomas, causas e tratamento

Quais os sintomas

Ansiedade, irritabilidade, espasmos musculares, confusão e alucinações, tremores e arrepios, náuseas e diarreia, aumento da pressão sanguínea e dos batimentos cardíacos, aumento dos reflexos, dilatação das pupilas, são os sintomas mais comuns.

Em casos mais graves e se não for tratada urgentemente, a síndrome serotoninérgica pode dar origem a sintomas mais severos, como batimentos cardíacos irregulares, perda da consciência, convulsões, coma e morte.

Possíveis causas

A síndrome serotoninérgica é causada pelo uso inadequado de medicamentos que aumentam os níveis de serotonina no organismo. Assim, o aumento da dosagem de medicamentos que aumentam a serotonina, a combinação desses medicamentos com outros que potenciem a sua ação, ou o uso desses medicamentos em simultâneo com drogas, pode levar à ocorrência desta síndrome.

Remédios que aumentam a serotonina no organismo

Alguns dos medicamentos que aumentam a serotonina no organismo são:

  • Antidepressivos, como imipramina, clomipramina, amitriptilina, nortriptilina, fluoxetina, paroxetina, citalopram, sertralina, fluvoxamina,venlafaxina, duloxetina, nefazodona, trazodona, bupropiona, mirtazapina,tranilcipromina e moclobemida, por exemplo;
  • Remédios para a enxaqueca do grupo dos triptanos, como zolmitriptana, naratriptana ou sumatriptana, por exemplo;
  • Remédios para a tosse que contêm dextrometorfano, que é uma substância que atua no sistema nervoso central para inibir a tosse;
  • Opioides usados para o tratamento da dor, como codeína, morfina, fentanila, meperidina e tramadol, por exemplo;
  • Remédios para as náuseas e vômitos, como a metoclopramida e o ondansetrona;
  • Anticonvulsivantes, como valproato sódico e carbamazepina;
  • Antibióticos, antifúngicos e antivirais, como eritromicina, ciprofloxacino, fluconazol e ritonavir;
  • Drogas ilícitas, como cocaína, anfetaminas, LSD e ecstasy.

Além disso, alguns suplementos naturais, como o triptofano, a erva de são joão (hipericão) e o ginseng, quando combinados com antidepressivos, podem também induzir a síndrome serotoninérgica.

Como é feito o tratamento

O tratamento para a síndrome serotoninérgica depende da severidade dos sintomas. Em casos moderados a graves, deve ser feito o mais brevemente possível, no hospital, onde a pessoa é monitorada e poderá receber soro na veia e remédios para tratar os sintomas, como febre, agitação e espasmos musculares, por exemplo. Em casos mais graves, pode ser necessário tomar remédios que bloqueiem a ação da serotonina..

Além disso, a medicação que a pessoa faz deve ser revista e reajustada, pelo médico, assim como as doses prescritas.

Bibliografia >

  • REVISTA DO SERVIÇO DE PSIQUIATRIA DO HOSPITAL FERNANDO FONSECA. Síndrome Serotoninérgica - Manifestações Clínicas, Diagnóstico, Terapêutica. Disponível em: <https://repositorio.hff.min-saude.pt/bitstream/10400.10/517/1/Cintra,%2088-96.pdf>. Acesso em 23 Jul 2020
  • FRANCESCANGELI, James et. al.. The Serotonin Syndrome: From Molecular Mechanisms to Clinical Practice. Int. J. Mol. Sci.. Vol.20. 1-17, 2019
  • MEDSAFE. Serotonin syndrome. 2015. Disponível em: <https://www.medsafe.govt.nz/consumers/educational-material/Serotonin%20Syndrome%20December%202015.pdf>. Acesso em 23 Jul 2020
  • WANG, Robert Z. et. al.. Serotonin syndrome: Preventing, recognizing, and treating it. CLEVELAND CLINIC JOURNAL OF MEDICINE . Vol.83. 11.ed; 810-817, 2016
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem