Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Reação à Vancomicina pode causar a Síndrome do Homem Vermelho

A síndrome do homem vermelho é uma situação que pode ocorrer imediatamente ou após alguns dias do uso do antibiótico vancomicina devido a uma reação de hipersensibilidade a este remédio. Este medicamento pode ser usado para o tratamento de doenças ortopédicas, endocardite e infecções comuns da pele mas deve ser usado com cuidado para evitar esta possível reação.

O principal sintoma desta síndrome, que também é conhecida como síndrome do pescoço vermelho, é a intensa vermelhidão em todo corpo e coceira que deve ser diagnosticada e tratada pelo médico, podendo ser necessário permanecer internado na UTI do hospital.

Reação à Vancomicina pode causar a Síndrome do Homem Vermelho

Sinais e Sintomas

Os sinais e sintomas que caracterizam esta síndrome são:

  • Intensa vermelhidão nas pernas, braços, barriga, pescoço e face;
  • Coceira nas regiões avermelhadas;
  • Inchaço aos redor dos olhos;
  • Espasmos musculares;
  • Pode haver dificuldade para respirar, dor no peito e pressão baixa.

Nos casos mais graves pode haver falta de oxigênio no cérebro, pontas das mãos e lábios arroxeados, desmaio, perda involuntária da urina e das fezes e estado de choque que caracterizam a anafilaxia.

Reação à Vancomicina pode causar a Síndrome do Homem Vermelho

A principal causa desta doença é a aplicação rápida do antibiótico vancomicina diretamente na veia, no entanto, ela também pode surgir quando o medicamento é usado corretamente, com pelo menos 1 hora de infusão, podendo surgir no mesmo dia ou até mesmo, dias após o seu uso.

Assim, se a pessoa utilizou este medicamento mas já teve alta do hospital e apresentar estes sintomas deve ir para o pronto-socorro para iniciar o tratamento imediatamente.

Tratamento

O tratamento deve ser orientado pelo médico e pode ser feito com a cessação do uso do remédio e com a toma de remédios anti-alérgicos como Difenidramina ou Ranitidina em forma de injeção. Geralmente é necessário o uso de remédios para aumentar a pressão arterial e regularizar os batimentos cardíacos como a Adrenalina.

Se houver dificuldade para respirar, pode ser necessário usar uma máscara de oxigênio e dependendo da gravidade, pode ser preciso que a pessoa seja ligada à aparelhos para respirar. Para regular a respiração podem ser usados remédios corticosteróides como Hidrocortisona ou Prednisona.

Sinais de melhora

Os sinais de melhora surgem logo após o início do tratamento com os remédios necessários e o indivíduo pode receber alta após se verificar que os sintomas estão controlados e os exames de sangue, pressão e funcionamento cardíaco estão normalizados.

Sinais de piora e complicações

Os sinais de piora surgem quando o tratamento não é realizado e pode ter graves complicações que colocam em risco a vida do indivíduo por levar à parada cardíaca e respiratória.

Mais sobre este assunto:
Carregando
...