Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Síndrome de Moebius: o que é, sinais e tratamento

Atualizado em Agosto 2019

A síndrome de Moebius é um transtorno raro no qual a pessoa nasce com fraqueza ou paralisia em alguns nervos cranianos, especialmente nos pares VI e VII, o que faz com que tenha dificuldade, ou incapacidade, para movimentar corretamente os músculos do rosto e dos olhos, o que dificulta a realização de expressões faciais.

Este tipo de transtorno não tem uma causa específica e parece surgir de uma mutação durante a gestação, o que faz com que a criança já nasça com essas dificuldades. Além disso, não é uma doença progressiva, o que significa que não piora ao longo do tempo. Assim, é comum que a criança aprenda a lidar com as suas incapacidades desde cedo, podendo levar uma vida completamente normal.

Embora não exista cura para este transtorno, seus sinais e complicações podem ser tratados com uma equipe multidisciplinar para ajudar a criança a se adaptar aos obstáculos, até que desenvolva sua independência.

Síndrome de Moebius: o que é, sinais e tratamento

Principais sinais e características

Os sinais e as características da síndrome de Moebius podem variar de uma criança para a outra, dependendo de quais os nervos cranianos afetados. No entanto, em muitos casos, é comum que surja:

  • Dificuldade para sorrir, franzir a testa ou levantar as sobrancelhas;
  • Movimentos oculares anormais;
  • Dificuldade para engolir, mastigar, mamar ou produzir sons;
  • Incapacidade para reproduzir expressões faciais;
  • Malformações da boca, como lábio leporino ou fenda palatina.

Além disso, crianças que nascem com esta síndrome podem ainda ter algumas características faciais típicas como ter um queixo menor que o normal, boca pequena, língua curta e dentes desalinhados.

Em alguns casos, além do rosto, a síndrome de Moebius pode ainda afetar os músculos do peito ou dos braços.

Como confirmar o diagnóstico

Não existem testes ou exames capazes de confirmar a síndrome de Moebius, porém, o pediatra pode chegar nesse diagnóstico através das características e sinais apresentados pela criança.

Ainda assim, outros exames podem ser feitos, mas apenas para despistar outras doenças que possam ter características semelhantes, como a paralisia facial.

Como é feito o tratamento

O tratamento para a síndrome de Moebius deve ser sempre adaptado às características e alterações específicas de cada criança, dessa forma, é comum que seja necessário trabalhar com uma equipe multidisciplinar que inclua profissionais como neuropediatras, fonoaudiólogos, cirurgiões, psicólogos, terapeutas ocupacionais e até nutricionistas, para conseguir dar resposta a todas as necessidades da criança.

Por exemplo, se existir uma grande dificuldade para movimentar os músculos do rosto, pode ser recomendado fazer uma cirurgia para fazer um enxerto de nervos de outro local do corpo, sendo necessário um cirurgião. Já para ajudar a criança a ultrapassar suas incapacidades, o terapeuta ocupacional é muito importante.


Bibliografia

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem