Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que é a síndrome de Lynch e principais sintomas

A síndrome de Lynch é uma doença genética rara que aumenta o risco de se ter câncer de cólon ou intestino e que até pode provocar o surgimento deste tipo de câncer em jovens.

Normalmente famílias que têm a síndrome de Lynch apresentam um número anormalmente elevado de casos de câncer no intestino, o que pode ajudar o médico a chegar no diagnóstico.

Embora não exista uma forma simples de diminuir o risco de ter câncer, ter um estilo de vida saudável e manter consultas regulares no gastroenterologista podem reduzir as chances de complicações, mesmo que surja câncer, uma vez que o tratamento pode ser iniciado rapidamente.

O que é a síndrome de Lynch e principais sintomas

Sintomas e critérios para diagnosticar

Os sintomas e critérios que ajudam o médico a diagnosticar esta doença são:

  • Ter câncer no intestino antes dos 50 anos;
  • Histórico familiar de câncer do intestino em jovens;
  • Histórico familiar de vários casos de câncer do útero;

Além disso, famílias com muitos casos de outros tipos de câncer relacionados, como câncer de ovário, bexiga ou testículos, também podem ter a síndrome de Lynch.

Esta síndrome é recessiva e, por isso, se alguém for diagnosticado, tem 50% de chances de passar para os filhos.

O que causa a síndrome

A síndrome de Lynch acontece quando surge uma malformação num dos genes responsáveis por eliminar alterações no DNA, evitando o surgimento de câncer. Esses genes podem incluir o MLH1, MSH2, MSH6, PMS2 e o EPCAM e, por isso, muitas vezes são feitos exames laboratoriais ao sangue para confirmar estas alterações.

Porém, também existem casos de famílias que apresentam a síndrome sem ter qualquer alteração nestes 5 genes.

O que é a síndrome de Lynch e principais sintomas

Quais os riscos de ter a síndrome

Além do elevado risco de desenvolver câncer no intestino, também existem chances aumentadas de apresentar algum destes tipos de câncer:

  • Câncer do estômago;
  • Câncer do fígado ou vias biliares;
  • Câncer do trato urinário;
  • Tumor cerebral.

Já nas mulheres existe ainda a possibilidade de desenvolver câncer do útero ou ovários, por exemplo.

Devido ao aumento no risco de vários tipos de câncer, é aconselhado fazer consultas regulares em várias especialidades médicas para fazer exames e identificar precocemente alguma alteração. Um dos exames que pode ser feito é o exame genético de câncer da mama que indica as chances de desenvolver esse câncer.

Como é feito o tratamento

Não existe um tratamento específico para a síndrome de Lynch, porém, alguns cuidados podem ajudar a reduzir o risco de câncer como:

  • Fazer uma dieta saudável e equilibrada, dando preferência para frutas e vegetais;
  • Fazer 30 minutos de exercício por dia, pelo menos 3 vezes por semana;
  • Não fumar ou ingerir bebidas alcoólicas, pois aumentam o risco de vários tipos de câncer.

Além disso, aumentar a ingestão de antioxidantes também pode ajudar a reduzir o risco de câncer. Veja a receita de 4 sucos simples que ajudam a evitar o câncer.

Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...