Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Exames que detectam o câncer de intestino

Os exames para identificar o câncer de intestino devem ser iniciados periodicamente por volta dos 50 anos, quando não existe histórico familiar de doenças graves no intestino, ou após os 30 anos, quando existe histórico familiar.

Além disso, estes exames também devem ser feitos quando surgem alterações no normal funcionamento do intestino que durem mais de 1 mês, como diarreia constante, fezes escuras, fezes com sangue ou dor ao evacuar, por exemplo.

Embora estes sintomas possam indicar câncer, na maior parte dos casos, são apenas provocados por problemas menos graves como intestino irritável, doença de Crohn ou, até, hemorroidas. Conheça os 8 principais sintomas de câncer intestinal.

1. Exame de fezes

Exames que detectam o câncer de intestino

O exame de fezes é o primeiro a ser feito quando surgem sintomas como diarreia frequente, alteração na consistência das fezes ou fezes escuras e ajuda a identificar se existe sangue oculto, que pode estar sendo provocado por câncer.

Caso seja identificado sangue, o médico precisará ainda pedir outros exames como colonoscopia ou uma tomografia computadorizada, pois além do câncer, o sangramento também pode ser causado por pólipos, hemorroidas, diverticulose ou fissura anal.

Veja o que mais pode ser identificado através do exame de fezes.

2. Colonoscopia

Exames que detectam o câncer de intestino

Este é o exame mais utilizado para identificar problemas intestinais, sendo especialmente aconselhado quando existe sangue oculto nas fezes ou a cada 3 ou 5 anos, após os 50 anos, para identificar sinais precoces de câncer. Na colonoscopia, o médico insere um pequeno tubo flexível, com uma câmera na ponta, pelo ânus para conseguir observar as paredes interiores do intestino.

Assim, é possível observar facilmente alterações que possam indicar câncer e, caso isso aconteça, pode-se ainda recolher um pedaço de tecido para fazer uma biópsia no laboratório e avaliar se existe a presença de células cancerígenas.

Além disso, quando são identificado pólipos durante o exame, o médico retira-os para que não exista o risco de mais tarde virarem câncer. Saiba mais sobre o exame de colonoscopia.

3. Tomografia computadorizada

Exames que detectam o câncer de intestino

O exame de tomografia computadorizada é usado quando o câncer é identificado através da colonoscopia ou biópsia para identificar o grau de desenvolvimento do câncer e avaliar se existem metástases em outros órgãos. Assim, é mais fácil adequar o tratamento para que as chances de cura sejam maiores.

Porém, este exame também pode ser indicado quando não foram identificadas alterações importantes na colonoscopia, por exemplo, pois ajuda identificar complicações, como obstrução intestinal ou perfuração da parede intestinal, que normalmente estão relacionadas ao câncer.

4. Enema opaco

Exames que detectam o câncer de intestino

Embora seja um exame menos utilizado, o enema opaco também ajuda a identificar alterações no intestino que permitam identificar a causa dos sintomas. Para isso, é necessário inserir um líquido de contraste através do ânus e depois fazer um raio X. Devido ao contraste, no raio X, o intestino aparece desenhado de branco, sendo fácil identificar alterações que possam indicar câncer.

Este exame é feito sem anestesia e, por isso, pode provocar algum desconforto ou dor. Além disso, não permite a retirada de amostras para fazer a biópsia em laboratório, sendo muitas vezes substituído pelo exame de colonoscopia.

Entenda como funciona este exame e como se preparar.

Mais sobre este assunto:
Carregando
...