Síndrome de Rapunzel: o que é, sintomas, causas e tratamento

setembro 2021

A síndrome de Rapunzel é uma doença psicológica que surge em pacientes que sofrem de tricotilomania e tricotilofagia, ou seja, vontade incontrolável de arrancar e engolir os próprios cabelos, que ficam acumulado no estômago, provocando fortes dores abdominais e perda de peso.

Normalmente, esta síndrome surge porque os cabelos ingeridos acumulam-se no estômago, uma vez que não podem ser digeridos, formando uma bola de cabelos, cientificamente chamada de tricobezoar gastroduodenal, que se estende desde o estômago até ao intestino, provocando obstrução do sistema digestivo.

A síndrome da Rapunzel tem cura através da cirurgia para retirar o acúmulo de cabelos do estômago e do intestino, no entanto, o paciente deve fazer psicoterapia para tratar a vontade incontrolável de arrancar e ingerir o próprio cabelo, evitando que a síndrome volte a surgir.

Principais sintomas

O principal sentimento associado à síndrome de Rapunzel é a vergonha, normalmente pelo fato da perda de cabelo em algumas áreas da cabeça. Outros sintomas da síndrome da Rapunzel são:

  • Dores abdominais;
  • Prisão de ventre;
  • Perda de peso sem razão aparente;
  • Perda de apetite;
  • Vômito frequente após as refeições.

Quando a pessoa tem os hábito de arrancar e comer os cabelos frequentemente e apresenta um desses sintomas, deve-se ir ao pronto-socorro para fazer exames de diagnóstico, como ultrassom, tomografia computadorizada ou raio X, para diagnosticar o problema e iniciar o tratamento adequado, evitando possíveis complicações, como a perfuração do intestino.

Causas da síndrome de Rapunzel

A síndrome de Rapunzel pode ser desencadeada por dois transtornos psicológicos, a tricotilomania, que é a vontade incontrolável de arrancar cabelo, e a tricofagia, que é o hábito de ingerir os fios de cabelo arrancados.

Do ponto de vista nutricional, a vontade de comer os cabelos pode estar associada à deficiência de ferro, mas geralmente, essa síndrome está mais relacionada a questões psicológicas, como excesso de estresse ou problemas emocionais, como a separação dos pais ou término de um namoro, por exemplo. 

Assim, a síndrome da Rapunzel é mais comum em crianças ou adolescentes que não têm outra forma de aliviar a pressão diária, passando a ter uma vontade incontrolável de arrancar e engolir os seus próprios cabelos.

Como é o tratamento

O tratamento para a Síndrome de Rapunzel deve ser orientado pelo psicólogo em conjunto com o gastroenterologista. Inicialmente, o tratamento tem como objetivo retirar a bola de cabelos do estômago, o que é feito através de uma cirurgia por laparoscopia.

É fundamental também que se tenha acompanhamento psicológico, pois assim é possível identificar a causa que leva a pessoa a arrancar para ajudar a pessoa a diminuir essa vontade, evitando a formação de um novo bolo de cabelo no estômago. Além disso, dependendo do grau do transtorno psicológico, pode ser solicitado pelo médico o uso de algum antidepressivo, que pode ajudar no processo de diminuição do hábito.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Equipe Editorial do Tua Saúde, em setembro de 2021.
Equipe editorial constituída por médicos e profissionais de saúde de diversas áreas como enfermagem, nutrição, fisioterapia, análises clínicas e farmácia.