Somos REDE D'OR
icon de informação icon de telefone 3003-3230
Número disponível apenas em território brasileiro, com custo de chamada local.

Sensibilidade nos dentes: 6 principais causas e o que fazer

novembro 2022

A sensibilidade nos dentes acontece quando há algum tipo de desgaste do esmalte dentário, expondo a dentina, que é uma camada interna que envolve os nervos dos dentes, o que pode ser causada pela escovação muito agressiva, retração gengival, cárie ou bruxismo, por exemplo.

A exposição de partes sensíveis dos dentes faz com que haja uma sensação de dor e desconforto, de que pode ser desencadeada pelo contato com bebidas ou alimentos quentes, frios, doces ou ácidos, e a intensidade varia de acordo com o tamanho do desgaste e área da dentina exposta. 

Para tratar esta alteração e aliviar os sintomas, é necessário se consultar com o dentista, que pode indicar o fortalecimento das áreas sensibilizadas com opções como creme dental ou verniz de flúor, e, se necessário, restaurar as áreas que perderam o esmalte.

Imagem ilustrativa número 2

Principais causas

As principais causas de sensibilidade nos dentes são:

1. Escovação muito agressiva

A escovação de dentes mais de 3 vezes por dia ou com uma escova de cerdas duras pode favorecer o desgaste do esmalte do dente, resultando em aumento da sensibilidade.

O que fazer: é recomendado ter atenção à escovação, dando preferência ao uso de escovas de dentes com cerdas mais macias, além de fazer bochecho com enxaguante bucal com flúor.

2. Retração gengival

A retração gengival é uma situação em que há diminuição da quantidade de gengiva que cobre um ou mais dentes, deixando os dentes mais sensíveis e aumentando o risco de infecção. A retração gengival pode acontecer devido a doenças odontológicas ou à escovação errada. Conheça as principias causas de retração gengival.

O que fazer: é importante consultar o dentista para que seja feita uma avaliação da boca e seja iniciado o tratamento, sendo normalmente realizada uma limpeza dos dentes. Nos casos em que a retração gengival está relacionada com alteração no posicionamento dos dentes, por exemplo, pode ser indicado o uso de aparelho ortodôntico, além de também poder ser indicado, em alguns casos, a realização de cirurgia na gengiva.

3. Cárie

A cárie é uma infecção no dente que, quando não identificada e tratada, pode provocar aumento da sensibilidade do dente, além de dor de dente, presença de manchas, gengiva inchada e presença de furinhos em um ou mais dentes. Saiba reconhecer os sintomas de cárie.

O que fazer: é fundamental que o dentista seja consultado para que seja identificada a cárie e seja feito o tratamento, que é feito através de uma restauração. Confira como é feito o tratamento para cárie.

4. Bruxismo

O bruxismo é uma condição em que a pessoa range involuntariamente os dentes à noite, podendo resultar no desgaste do esmalte de vários dentes, aumentando a sensibilidade. Além do aumento da sensibilidade nos dentes, o ato de ranger os dentes pode resultar em problemas na articulação que liga a mandíbula ao crânio.

O que fazer: nesse caso, é fundamental que o dentista seja consultado para que seja indicado o uso de uma placa para bruxismo que é feita de acordo com a posição dos dentes. Essa placa deve ser usada à noite e ajuda a diminuir o atrito e o desgaste dos dentes. Veja como é feito o tratamento para o bruxismo.

5. Tratamentos dentários

Alguns tratamentos dentários como clareamento, limpeza ou restauração dos dentes pode aumentar a sensibilidade dos dentes, uma vez que provocam uma erosão temporária do esmalte do dente.

O que fazer: nesse caso, não é necessário realizar tratamento específico, uma vez que a sensibilidade é temporária, sendo indicado pelo dentista que a pessoa mantenha os bons hábitos de higiene bucal, além de também poder haver a indicação do uso de espuma ou gel de flúor para fortalecer a superfície dentária e aliviar as áreas sensíveis.

6. Consumo de alimentos muito ácidos ou cítricos

Alguns alimentos podem desgastar o esmalte do dente e favorecer o aparecimento de cáries, o que pode deixar os dentes mais sensíveis. Alimentos muito ácidos ou cítricos, como limão, vinagre e abacaxi, ou muito doces, como bolos e chocolates, por exemplo, podem aumentar a sensibilidade nos dentes. Conheça outros alimentos que podem ser prejudiciais aos dentes.

O que fazer: é importante evitar o consumo desse tipo de alimento, pois assim evita-se a sensação de desconforto. Além disso, em alguns casos, o dentista pode também indicar a realização de tratamentos mais específicos para diminuir a sensibilidade dos dentes, como tratamento com laser que contém ação analgésica e anti-inflamatória, restauração das áreas que perderem o esmalte e aplicação de flúor nas áreas expostas para ajudar a reconstituir o esmalte.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Marcela Lemos - Biomédica, em novembro de 2022.
Equipe editorial constituída por médicos e profissionais de saúde de diversas áreas como enfermagem, nutrição, fisioterapia, análises clínicas e farmácia.