RNA: o que é, tipos e função

novembro 2022

O RNA, também chamado de ácido ribonucleico, é uma molécula que participa na produção de proteínas pelo corpo. É formada por pedaços menores, chamados nucleotídeos, que se ligam uns aos outros formando um tipo de fita.

Existem diferentes tipos de RNA, como o RNA mensageiro e o RNA transportador, que são responsáveis por diferentes funções na célula, como levar a informação necessária para a produção de proteínas e o transporte de aminoácidos, por exemplo.

Devido às suas propriedades, o RNA tem sido muito estudado para o desenvolvimento de novos tratamentos para doenças como câncer e atrofia muscular espinhal. Além disso, vacinas contra a COVID-19, como a da Pfizer e Moderna, também utilizam RNA na sua composição.

Principais tipos

Os principais tipos de RNA são:

RNA mensageiro

O RNA mensageiro, ou mRNA, é formado a partir do DNA e contém as informações necessárias para a produção de novas proteínas. Depois que é produzido, este RNA geralmente passa por alterações e é encaminhado para os ribossomos, que são estruturas presentes dentro das células responsáveis por “ler” as informações transportadas pelo mRNA. 

RNA transportador

O RNA transportador é o que realiza o transporte de aminoácidos até os ribossomos durante a produção de proteínas. Cada molécula de RNA transportador é capaz de se ligar a um aminoácido específico e colocá-lo na posição correta durante o processo de leitura do RNA mensageiro.   

RNA ribossômico

O RNA ribossômico é o RNA que está associado a diferentes proteínas para formar estruturas chamadas de ribossomos, que é onde a informação contida no RNA mensageiro é lida e as novas proteínas são formadas.

Função do RNA

O RNA possui diferentes funções que variam de acordo com o seu tipo:

  • RNA mensageiro: sua função é levar a informação necessária para a produção de novas proteínas até os ribossomos, local onde é lida a sua informação;
  • RNA transportador: tem a função de transportar os aminoácidos até os ribossomos e colocar os aminoácidos na sequência correta de acordo com as informações do RNA mensageiro.
  • RNA ribossômico: a sua função é ligar-se a outras proteínas formando os ribossomos, que é onde ocorre o processo de produção de novas proteínas.

Além disso, algumas moléculas específicas de RNA também podem afetar a expressão de genes dentro das células e, por isso, têm sido estudadas para ser utilizadas no desenvolvimento de novos tratamentos para doenças. 

Aplicações do RNA

O RNA tem sido estudado para produção de novas vacinas e medicamentos, sendo alguns exemplos as vacinas contra COVID-19 da Pfizer e Moderna, que contêm RNA mensageiro na sua composição. Entenda melhor como funcionam as vacinas para COVID-19.

Além disso, também têm sido desenvolvidos novos quimioterápicos no tratamento do câncer com base nas propriedades do RNA e medicamentos que afetam o seu funcionamento, como o nusinersena (SPINRAZA®) que é utilizado em casos de atrofia muscular espinhal. 

Diferença entre DNA e RNA

As principais diferenças entre o DNA e RNA estão citadas na tabela:

CaracterísticaDNARNA
FunçãoArmazenamento da informação genéticaEnvolvido principalmente na produção novas proteínas
Principal açúcar na estruturaDesoxirriboseRibose
Bases nitrogenadas na estruturaAdenina, guanina, citosina e timinaAdenina, guanina, citosina e uracila
Número de fitasÉ formado por 2 fitas unidasGeralmente é formado por apenas 1 fita

Além disso, embora a informação genética geralmente esteja armazenada no DNA, alguns microrganismos utilizam o RNA para esta função, como é o caso de alguns vírus, como o rinovírus, coronavírus e HIV, por exemplo.

Esta informação foi útil?

Atualizado e revisto clinicamente por Marcela Lemos - Biomédica, em novembro de 2022.

Bibliografia

  • LIANG, Xiangping et al. RNA-based pharmacotherapy for tumors: From bench to clinic and back. Biomedicine & Pharmacotherapy. Vol.125. 2020
  • JAIN, Samagra et al. Messenger RNA-based vaccines: Past, present, and future directions in the context of the COVID-19 pandemic. Adv Drug Deliv Rev. Vol.179. 2021
Mostrar bibliografia completa
  • CROOKE, Stanley et al. RNA-Targeted Therapeutics. Cell Metab. Vol.27, n.4. 714-739, 2018
  • JO, Bong-Seok; CHOI, Sun S. Introns: The Functional Benefits of Introns in Genomes. Genomics Inform. Vol13, n.4. 112–118, 2015
  • STATPEARLS. Biochemistry, DNA Structure. 2022. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK538241/>. Acesso em 10 nov 2022
  • AGRAWAL, Sudhir. RNA Therapeutics Are Stepping Out of the Maze. Trends Mol Med. Vol.26, n.12. 1061–1064, 2020
  • STATPEARLS. Biochemistry, RNA Structure. 2022. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK558999/>. Acesso em 10 nov 2022
Revisão clínica:
Marcela Lemos
Biomédica
Mestre em Microbiologia Aplicada, com habilitação em Análises Clínicas e formada pela UFPE em 2017 com registro profissional no CRBM/ PE 08598.