Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Como identificar e tratar a presença de Restos de Placenta no útero

Após o parto, a mulher deve estar atenta a alguns sintomas que podem indicar a presença de certas complicações, como por exemplo, perda de sangue pela vagina, corrimento com mau cheiro, febre, suor frio e fraqueza, que podem indicar uma situação chamada retenção placentária.

A hemorragia pós-parto normalmente ocorre logo após a saída do bebê do útero, quando a placenta descola do útero, e este não contrai devidamente, levando a grandes perdas de sangue. No entanto, este intenso sangramento também pode começar dias ou até mesmo 4 semanas depois do nascimento do bebê devido a presença de restos da placenta ainda no útero, após o parto normal.

Como identificar e tratar a presença de Restos de Placenta no útero

Sinais e sintomas de restos placentários

Assim, alguns sinais e sintomas que podem indicar complicações após o nascimento do bebê são:

  • Perda de grande quantidade de sangue pela vagina, sendo preciso trocar o absorvente a cada hora;
  • Perda de sangue repentina, em grande volume que chega a sujar a roupa;
  • Corrimento com mau cheiro;
  • Palpitação no peito;
  • Tontura, suor e fraqueza;
  • Dor de cabeça muito forte e persistente;
  • Falta de ar ou dificuldade para respirar;
  • Febre e abdômen muito sensível.

Com o aparecimento de qualquer um destes sintomas, a mulher deve ir rapidamente ao hospital, para ser avaliada e tratada de forma adequada. 

Porque acontece e quando pode acontecer

Na grande maioria dos casos este sangramento acontece nas primeiras 24 horas após o parto, mas isto também pode acontecer até mesmo 12 semanas depois do nascimento do bebê devido a fatores como retenção de restos da placenta após o parto normal, infecção uterina, ou problemas na coagulação sanguínea como púrpura, hemofilia ou Doença de Von Willebrand, embora estas causas sejam mais raras.

A ruptura do útero também é uma das causas de grande perda de sangue no pós-parto e isto pode acontecer em mulheres que tiveram cesariana antes de um parto normal induzido com o uso de medicamentos como a ocitocina. No entanto, esta é uma complicação mais comum durante o parto ou logo nos primeiros dias de pós-parto.

Restos da placenta podem ficar colados ao útero mesmo após uma cesariana e por vezes, basta que fique uma quantidade muito pequena, como por exemplo 8mm de placenta para que haja um grande sangramento e infecção uterina.

Como tratar

O tratamento da hemorragia causada pelos restos da placenta deve ser orientado pelo obstetra e pode ser feito com uso de medicamentos que induzem a contração uterina como o Misoprostol e Ocitocina, mas o médico pode ter que realizar uma massagem específica no fundo do útero e por vezes, pode ser necessário recorrer à uma transfusão sanguínea.

Para remover os restos da placenta o médico poderá realizar uma curetagem uterina guidado por ultrassom para limpar o útero, removendo totalmente todos os tecidos da placenta, além de indicar a tomar de antibióticos.

Mais sobre este assunto:
Carregando
...