5 remédios para rinite alérgica

Revisão clínica: Flávia Costa
Farmacêutica
março 2022

Alguns remédios para rinite alérgica, principalmente os antialérgicos, como os anti-histamínicos ou os corticóides, ajudam a aliviar os sintomas da rinite alérgica como nariz entupido ou escorrendo, coceira no nariz e nos olhos ou espirros constantes, e podem ser usados na forma de spray, gotas ou comprimidos. 

Esses remédios devem ser usados com indicação do clínico geral ou alergologista que podem indicar o melhor tratamento de forma individualizada, de acordo com a idade, causas da rinite e gravidade dos sintomas. Veja as principais causas de rinite alérgica.  

Além dos remédios para rinite, o tratamento pode ainda ser complementado com remédios caseiros, como inalação com óleo essencial de eucalipto ou tomando chá de gengibre e alho, por exemplo, para ajudar a aliviar os sintomas mais rapidamente.

1. Soluções salinas

As soluções salinas em gotas ou em spray, contém cloreto de sódio 0,9%, um tipo de sal, e água estéril, que auxilia na higiene nasal, ajudando a eliminar as substâncias irritantes e os alérgenos. Além disso, também contribuem para a fluidificar a secreção nasal, aliviando a sensação de nariz entupido e escorrendo.

Alguns exemplos de soluções salinas que podem ser utilizadas para lavagem nasal são Salsep spray, Rinosoro, Sorine SSP ou Maresis baby, e podem ser comprados em farmácias ou drogarias sem receita médica.

Outra forma de utilizar as soluções salinas para desentupir o nariz e aliviar os sintomas da rinite alérgica, é lavar o nariz com soro fisiológico, porque através da força da gravidade o soro entra por uma narina e sai pela outra, sem causar dor ou desconforto, eliminando as secreções. Veja como fazer a lavagem nasal para desentupir o nariz.  

2. Anti-histamínicos

Os anti-histamínicos são remédios antialérgicos que ajudam a aliviar os sintomas de coceira no nariz ou olhos, nariz escorrendo ou espirros constantes, pois agem bloqueando a ação da histamina, que é a substância produzida pelo corpo responsável pela resposta alérgica.

Os anti-histamínicos que podem ser usados por via oral, normalmente indicados pelo médico são:

  • Maleato de dexclorfeniramina comprimidos, drágeas ou xarope (Polaramine ou Histamin);
  • Loratadina comprimido, xarope ou gotas (Claritin ou Loratamed);
  • Desloratadina comprimido, xarope ou gotas (Desalex, Esalerg ou Sigmaliv);
  • Fexofenadina comprimido ou xarope (Allegra ou Altiva);
  • Cetirizina cápsula, comprimido ou gotas (Reactine ou Zyrtec);
  • Hidroxizina xarope ou comprimido (Hixizine ou Pergo);
  • Levocetirizina gotas ou comprimido (Zyxem ou Rizi).
  • Bilastina comprimidos ou solução oral (Alektos);
  • Prometazina comprimidos (Fenergan ou Profergan).

Além dos anti-histamínicos orais, o médico também pode indicar o uso de sprays nasais com anti-histamínicos, como a azelastina ou o maleato de dimetindeno, por exemplo, aplicados na mucosa do nariz, de 2 a 3 vezes ao dia, para ajudar a aliviar os sintomas da rinite alérgica mais rapidamente como corrimento, congestão nasal e espirros.  

Os anti-histamínicos devem ser usados somente com indicação médica, e não devem ser usados por crianças, mulheres grávidas ou em amamentação, a menos que recomendados pelo médico.

3. Descongestionantes

Os descongestionantes orais como a pseudoefedrina atuam causando vasoconstrição e consequente diminuição no fluxo sanguíneo na mucosa nasal, reduzindo a entrada de fluidos no nariz, garganta e seios da face, diminuindo a inflamação das membranas nasais e a produção de muco. Saiba como usar a pseudoefedrina

Os descongestionantes em spray ou em gotas, como a oximetazolina e a fenilefrina são utilizados localmente, no nariz, e também provocam vasoconstrição, levando a um efeito descongestionante rápido. No entanto, o uso excessivo desses sprays descongestionantes podem causar congestão nasal rebote, que é quando a mucosa nasal aumenta a produção de muco por perceber que a secreção diminui, e assim, o desconforto da rinite alérgica pode piorar. 

4. Corticoides

Os corticoides na forma de spray nasal, como a beclometasona, fluticasona, mometasona ou budesonida, agem reduzindo a inflamação e o inchaço da mucosa nasal, aliviando os sintomas da rinite, especialmente quando utilizados regularmente.

Geralmente, os corticóides em spray nasal são os remédios mais indicados para a rinite alérgica pois aliviam rapidamente os sintomas da rinite e têm poucos efeitos colaterais quando comparados aos corticóides orais, além de serem considerados mais eficazes do que os anti-histamínicos.

Esses corticóides só devem ser usados com orientação e indicação médica, com doses bem determinadas e pelo tempo indicado pelo médico, de forma individualizada. 

5. Antileucotrienos

Os antileucotrienos, como o montelucaste, agem diminuindo a inflamação da mucosa nasal, aliviando os sintomas da rinite alérgica, como obstrução nasal, espirros, coceira e nariz entupido ou escorrendo.

O montelucaste pode ser usado na forma de comprimido por adultos ou crianças com mais de 2 anos de idade, ou na forma de granulado, por adultos e crianças com mais de 6 meses, sendo que a dose e o tempo de tratamento variam com a idade e gravidade dos sintomas da rinite alérgica, devendo seu uso ser feito sempre com orientação médica.

Os antileucotrienos podem ser encontrados com os nomes comerciais Montelair, Ária ou Piemonte, por exemplo, e não devem ser usados na gravidez ou amamentação, a menos que indicado pelo médico.

Remédios para rinite alérgica infantil

Os remédios para rinite alérgica infantil devem ser indicados pelo pediatra de acordo com a idade da criança e a gravidade dos sintomas. 

Geralmente, os anti-histamínicos prescritos pelo médico são em xarope e os descongestionantes mais adequados devem ser prescritos em gotas para não agredir a mucosa nasal. Veja os principais tratamentos para rinite infantil

As doses dos remédios para rinite alérgica infantil devem ser indicadas pelo pediatra, bem como o tempo de tratamento.

Opções de remédios caseiros para rinite alérgica

Uma boa forma de complementar o tratamento médico para a rinite alérgica, é tomar um chá de gengibre com alho ou fazer uma inalação com óleo essencial de eucalipto, pois ajudam a diminuir a inflamação das vias respiratórias. Saiba como preparar os remédios naturais para rinite alérgica.  

O uso destes, ou de qualquer outro remédio natural, não deve substituir os remédios indicados pelo médico, sendo apenas uma forma de ajudar a aliviar mais rapidamente os sintomas. 

Além disso, outras medidas naturais que podem ajudar a aliviar os sintomas da rinite alérgica ou a evitar novas crises são limpar o máximo possível o ambiente, fazer a limpeza das narinas e evitar ao máximo o contato com os alérgenos. Caso essas medidas não tenham o resultado esperado, deve-se procurar um médico para indicar o melhor tratamento e evitar a automedicação. Saiba quais os riscos da automedicação.  

Esta informação foi útil?

Atualizado e revisto clinicamente por Flávia Costa - Farmacêutica, em março de 2022.

Bibliografia

  • FONSECA, J.; et al. ARIA 2019: An Integrated Care Pathway for Allergic Rhinitis in Portugal. Acta Médica Portuguesa. 34. 2; 2021
  • EMERYK, A.; et al. New guidelines for the treatment of seasonal allergic rhinitis. Postepy Dermatol Alergol. 36. 3; 255–260, 2019
Mostrar bibliografia completa
  • DESHAZO, R. D.; ET AL. IN: UPTODATE. Patient education: Allergic rhinitis (Beyond the Basics). 2021. Disponível em: <https://www.uptodate.com/contents/allergic-rhinitis-beyond-the-basics/print>. Acesso em 01 mar 2022
  • KLIMEK, . ARIA guideline 2019: treatment of allergic rhinitis in the German health system. Allergol Select. 3. 1; 22-50, 2019
Revisão clínica:
Flávia Costa
Farmacêutica
Formada em Farmácia pelo Centro Universitário Newton Paiva em 2003. Mestre em Ciências Biomédicas pela UBI, Portugal.

Tuasaude no Youtube

  • 3 tratamentos caseiros para curar a SINUSITE mais rápido

    05:50 | 1010093 visualizações