7 remédios para memória e concentração

Os remédios para memória e concentração geralmente são suplementos que possuem vitaminas e minerais essenciais para o funcionamento cerebral, como vitaminas C, E e do complexo B, magnésio, fósforo, ferro, zinco ou selênio. Estes suplementos ajudam a aumentar a concentração e o raciocínio, e a combater o esgotamento físico e mental.

Além disso, os remédios que contêm plantas medicinais como Panax ginseng ou Ginkgo biloba, por exemplo, melhoram o fluxo sanguíneo para o cérebro, facilitando o funcionamento cognitivo, principalmente em períodos de grande esforço mental, de estresse e esgotamento.

Esses remédios podem ser encontrados em farmácias e devem ser usados somente com indicação médica ou de um nutricionista, de forma individualizada.

7 remédios para memória e concentração

Alguns exemplos de remédios para memória e concentração são:

1. Lavitan memória

O Lavitan memória contém na sua composição colina, magnésio, fósforo, ácido fólico, cálcio, cromo, selênio, zinco, vitaminas C, E e do complexo B, ácido fólico, cálcio, cromo, selênio e zinco. Estas substâncias têm propriedades antioxidantes que ajudam a evitar os danos causados pelos radicais livres nas células cerebrais, auxiliando no bom funcionamento e prevenindo o envelhecimento do cérebro.

Como usar: geralmente, a dose recomendada é de 2 comprimidos por dia, por via oral, com um copo de água, pelo tempo de tratamento estabelecido pelo médico ou nutricionista. Conheça outros suplementos da Lavitan.

2. Memoriol B6

O Memoriol B6 é um remédio que contém na sua composição glutamina, glutamato de cálcio, fosfato de ditetraetilamônio e vitamina B6, importantes para estimular e melhorar a nutrição do cérebro, compensando o desgaste causado pela intensa atividade cerebral, sendo indicado para auxiliar a memória, a concentração e o raciocínio, além de ajudar na prevenção do cansaço mental.

Como usar: a dose recomendada é de 2 a 4 comprimidos ao dia, antes das refeições. Essa dose pode ser ajustada pelo médico de forma individualizada. Saiba mais sobre o remédio Memoriol B6.

3. Pharmaton

O Pharmaton é um remédio suplemento vitamínico e mineral que contém ômega-3, vitaminas do complexo B, ácido fólico, tiamina, riboflavina, cálcio, ferro, zinco e selênio, que ajudam a melhorar a memória e a concentração. Além disso, tem também Ginseng que ajuda a recuperar a energia e contribui para a manutenção do bem-estar físico e mental.

Como usar: a dose recomendada é de 1 a 2 cápsulas ao dia, após o café da manhã e/ou almoço, por cerca de 3 meses, conforme a orientação médica. Confira outros benefícios do Pharmaton para a memória.

4. Gerovital

O Gerovital é um remédio polivitamínico que contém o Panax ginseng, uma planta medicinal, com ação estimulante e revitalizante, que ajuda a melhorar o funcionamento cerebral, a memória e a concentração, além de ativar a circulação sanguínea do cérebro.

O Gerovital contém ainda nicotinamida, pantenol, biotina, vitaminas A, C, E e do complexo B, e minerais como potássio, magnésio e manganês, que ajudam a reduzir o cansaço mental e físico, e desta forma, melhoram a resistência ao estresse.

Como usar: a dose recomendada é de 1 cápsula por via oral, 3 vezes por dia, ou seja, a cada 8 horas, conforme orientação médica. Esse suplemento pode causar cor amarelada na urina devido a presença da vitamina B2 na sua composição.

5. Tebonin

O Tebonin é um remédio que contém Ginkgo biloba na composição, uma planta medicinal que age aumentando o fluxo sanguíneo, melhorando o transporte de oxigênio para as células, sendo, por isso, indicado em casos em que se manifestem sintomas decorrentes da deficiência do fluxo sanguíneo cerebral, como problemas de memória e da função cognitiva, por exemplo.

Como usar: a dose recomendada depende da quantidade de Ginkgo biloba presente nos comprimidos, que pode ser de 40, 80 ou 120 mg, e deve ser determinada pelo médico. Veja como tomar o Ginkgo biloba para memória e concentração.

6. Fisioton

O Fisioton é um remédio com que contém extrato de Rhodiola rosea L. na sua composição, indicado para situações em que se manifestem sintomas de fadiga, cansaço, diminuição no rendimento do trabalho, redução da agilidade mental e de reflexos e também diminuição no rendimento e na capacidade de desempenhar exercícios físicos.

Como usar: a dose recomendada para adultos ou crianças com mais de 12 anos é de 1 comprimido ao dia, de preferência pela manhã. Saiba mais sobre o Fisioton e quais os efeitos colaterais que podem ocorrer.

7. Ômega-3

O ômega 3 é um tipo de gordura boa fundamental para as funções dos neurônios, pois 60% do cérebro é constituído por gordura, especialmente ômega 3. Por isso, os suplementos com ômega 3 ajudam no processamento da informação no cérebro e contribuem para o bom funcionamento do neurônios, melhorando a memória e o raciocínio, aumentando assim a capacidade de aprendizagem.

Como usar: a dose diária recomendada de cápsulas de ômega-3 varia de acordo com a idade, e deve ser recomendada pelo médico ou pelo nutricionista. Além do suplemento em cápsulas, o ômega-3 também pode ser encontrado em alimentos como peixes, semente de linhaça ou de chia. Confira a lista completa de alimentos ricos em ômega-3.

Assista também o vídeo com a nutricionista Tatiana Zanin com os principais suplementos de ômega-3 para memória e concentração:

Possíveis efeitos colaterais

Os efeitos colaterais mais comuns que podem surgir durante o uso dos remédios para memória são dor de cabeça, náusea, vômito ou diarréia.

Além disso, os remédios para memória que contêm Ginkgo biloba podem causar palpitações, hemorragias ou queda da pressão sanguínea. Já os remédios que contêm Panax ginseng ou Rhodiola rosea L., também podem causar irritabilidade, agitação, aumento do número de batimentos cardíacos ou dificuldade para dormir.

Os remédios para memória podem provocar reações alérgicas graves que necessitam de atendimento médico imediato. Por isso, deve-se interromper o tratamento e procurar o pronto socorro mais próximo ao apresentar sintomas como dificuldade para respirar, tosse, dor no peito, sensação de garganta fechada, inchaço na boca, língua ou rosto, coceira intensa ou formação de bolhas na pele. Saiba identificar os sintomas de reação alérgica grave.

Quem não deve usar

Os remédios para memória não devem ser usados por crianças, mulheres grávidas ou em amamentação, a menos que recomendados pelo médico.

Além disso, esses remédios não devem ser usados por pessoas que tenham alergia aos componentes das fórmulas.

Teste de memória e concentração

Faça o teste a seguir e saiba como está sua memória:

Preste bastante atenção!
Tem 60 segundos para memorizar a imagem no slide seguinte.

Começar o teste
Imagem ilustrativa do questionário
15
Há 5 pessoas na imagem?
  • Sim
  • Não
15
A imagem tem um círculo azul?
  • Sim
  • Não
15
A casa está no círculo amarelo?
  • Sim
  • Não
15
Há três cruzes vermelhas na imagem?
  • Sim
  • Não
15
O círculo verde é o do hospital?
  • Sim
  • Não
15
O homem com a bengala está com uma blusa azul?
  • Sim
  • Não
15
A bengala é marrom?
  • Sim
  • Não
15
O hospital tem 8 janelas?
  • Sim
  • Não
15
A casa tem chaminé?
  • Sim
  • Não
15
O homem na cadeira de rodas está com uma blusa verde?
  • Sim
  • Não
15
O médico está com os braços cruzados?
  • Sim
  • Não
15
Os suspensórios do homem com a bengala são pretos?
  • Sim
  • Não
Anterior Próxima
Esta informação foi útil?

Bibliografia

  • BALDACCI. Memoriol B6 200. 2014. Disponível em: <http://www.farmadelivery.com.br/media/upload/pdf/BULAS/BALDACCI/memoriol-b6.pdf>. Acesso em 27 Jun 2019
  • MEEUSEN, R.; DECROIX, L. Nutritional Supplements and the Brain. Int J Sport Nutr Exerc Metab. 28. 2; 200-211, 2018
  • COOPER, R. E.; et al. Omega-3 polyunsaturated fatty acid supplementation and cognition: A systematic review and meta-analysis. J Psychopharmacol. 29. 1; 753-63, 2015
  • LANGAN, Robert C.; GOODBRED, Andrew J. Vitamin B12 Deficiency: Recognition and Management. Am Fam Physician. 96. 6; 384-389, 2017
Mais sobre este assunto: