Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Remédio caseiro para corrimento amarelado

O corrimento vaginal amarelado pode ter duas principais causas: uma infecção por bactérias, geralmente clamídia, ou uma infecção por fungos, como a tricomoníase. Assim, a melhor forma de combater esse corrimento é utilizando substâncias que contenham propriedades antibacterianas ou antifúngicas, dependendo da causa.

Além disso, é sempre importante consultar o ginecologista para identificar a causa correta e também iniciar o tratamento com medicamentos, caso necessário. Por isso, embora estes remédios caseiros possam aliviar os sintomas, não devem substituir o tratamento médico, devendo ser utilizados para diminuir o desconforto e acelerar o tempo de recuperação.

Confira o que outros tipos de corrimento podem querer dizer sobre a sua saúde.

1. Chá de Pau d'Arco

Remédio caseiro para corrimento amarelado

O Pau d'Arco ajuda a complementar o tratamento feito com antibióticos, como o metronidazol, em pacientes com tricomoníase. Isto acontece porque o Pau d'Arco tem propriedades antifúngicas que ajudam a eliminar o excesso de fungos, aliviando o desconforto e acelerando o efeito dos medicamentos receitados pelo médico.

Ingredientes

Modo de preparo

Colocar a água e a casca da planta numa panela e deixar ferver durante 15 minutos. Depois deixar amornar e coar a mistura. Pode-se beber 3 a 4 xícaras de chá por dia.

2. Chá de equinácea

Remédio caseiro para corrimento amarelado

Já o chá de equinácea possui um efeito mais amplo, ajudando a combater tanto o excesso de bactérias, como de fungos. A equinácea é uma planta medicinal que ajuda a fortalecer o sistema imune, além de ter ação antibacteriana e antifúngica.

Ingredientes

  • 1 colher de sopa de raiz de equinácea;
  • 1 xícara de água fervente

Modo de preparo

Junte a raiz de equinácea na xícara e deixe repousar por cerca de 10 minutos. Depois coe a misture, deixe amornar e beba 3 a 4 vezes por dia.

Além do chá, para se obter um resultado mais rápido, também se podem tomar as cápsulas de equinácea. Para isso, o cálculo da dose deve ser feito com 10 mg por cada Kg de peso, dividido em 2 momentos durante o dia, por pelo menos 10 dias. Assim, uma pessoa com 70 Kg deve tomar 700 mg por dia, que podem ser divididos em 350 mg de manhã e 350 mg ao jantar, por exemplo.

3. Probióticos para a flora vaginal

Remédio caseiro para corrimento amarelado

Os probióticos são tipos de bactérias que ajudam a equilibrar a flora vagina, impedindo o desenvolvimento exagerado de fungos e outras bactérias, que em elevado número podem causar infecções. Isso acontece principalmente devido ao seu efeito sobre o pH, que deixa o ambiente vaginal mais ácido, impedindo o desenvolvimento desses microorganismos.

Embora todos os probióticos sejam importantes, especialmente os do tipo Lactobacillus, existem algumas estirpes mais específicas para a flora vaginal como o Lactobacillus rhamnosus, fermentum ou gasseri, por exemplo.

Assim, durante o tratamento de um problema vaginal, é de extrema importância tomar um probiótico com várias estirpes, pelo menos até ao fim do tratamento e, principalmente se for necessário usar um antibiótico. Fora desse período, o uso de probiótico também pode ser feito 2 a 3 vezes por ano, por cerca de 2 meses seguidos.

Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:
Carregando
...
Fechar