Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que é queratose pilar e como tratar

A queratose pilar, também conhecida como ceratose pilar, é uma alteração muito comum da pele que provoca o surgimento de bolinhas avermelhadas, ou esbranquiçadas, ligeiramente endurecidas na pele, semelhante a pele de galinha.

Esta alteração, geralmente, não provoca coceira nem dor e pode surgir em qualquer parte do corpo, embora seja mais comum nos braços, coxas, rosto e na região do bumbum.

A queratose pilar não pode ser curada ou prevenida, no entanto, a aplicação de alguns cremes podem ajudar a hidratar a pele, difarçando as bolinhas.

O que é queratose pilar e como tratar

Cremes indicados para tratar

A queratose pilar normalmente desaprece com o tempo, no entanto, é possível utilizar alguns cremes para disfarçar esta alteração da pele. Alguns dos mais utilizados são:

  • Cremes com ácido salicílico ou ureia, como Epydermy ou Eucerin: removem as células mortas da pele, permitindo obter uma hidratação mais profunda da pele. O uso destes cremes pode causar ligeira vermelhidão e sensação de queimação, no local da aplicação, mas que desaparece em poucos minutos;
  • Cremes com ácido retinóico ou Vitamina A, como Nivea ou Vitacid: promovem uma hidratação adequada das camadas da pele, reduzindo o surgimento de bolinhas na pele.

Normalmente, as bolinhas da queratose pilar tendem a diminuir com o tempo e com o uso destes cremes. Porém, podem ser necessários vários anos até que desapareçam completamente, o que acontece, normalmente, após os 30 anos.

Além disso, é também importante ter outros cuidados como evitar tomar banho com água muito quente, não demorar mais de 10 minutos, hidratar a pele depois do banho e evitar esfregar roupas e toalhas na pele, por exemplo.

Principais causas

A queratose pilar é causada pelo excesso de produção de queratina na pele, e se não tratada evolui para lesões com aspecto de espinhas, que podem inflamar deixando manchas escuras na pele. É uma condição genética, que embora benigna, pode gerar problemas estéticos.

As pessoas que têm doenças alérgicas, como asma ou rinite, têm maiores chances de desenvolver a queratose pilar. No entanto, a carência de vitamina A também pode levar ao seu surgimento, e por isso é importante investir no consumo de alimentos fonte de vitamina A como couve, tomate e cenoura, por exmeplo.

Mais sobre este assunto:
Carregando
...