Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Quem tem endometriose pode engravidar?

Apesar de ser possível, quem tem endometriose tem mais dificuldade para engravidar, principalmente se os ovários e as tubas uterinas estiverem comprometidas. No entanto, existem vários relatos de mulheres que conseguiram engravidar naturalmente mesmo com o diagnóstico de endometriose profunda.

Quando o tecido endometrial que reveste o útero internamente se espalha pela cavidade abdominal, ele pode causar aderências em diversos tecidos e órgãos comprometendo seu funcionamento. Por isso, algumas mulheres diagnosticadas com endometriose podem apresentar alguma dificuldade para engravidar naturalmente.

Se o funcionamento dos ovários ou das trompas estiver comprometido, recomenda-se um tratamento médico que possa retirar todo o tecido endometrial que esteja dificultando a gravidez. Se mesmo após este procedimento a mulher não conseguir engravidar, devem-se investigar outras possíveis causas de infertilidade, como a síndrome dos ovários policísticos, por exemplo. Veja mais sobre a síndrome dos ovários policísticos.

Quem tem endometriose pode engravidar?

Como engravidar com endometriose

Para aumentar as chances de engravidar tendo endometriose, o médico pode aconselhar:

  • Medicamentos como o Zoladex, que diminui os sintomas da doença e sua progressão;
  • Cirurgia para remover o tecido endometrial que estiver na cavidade abdominal;
  • Praticar relações sexuais durante o período fértil;
  • Reduzir a ansiedade.

O tempo que a mulher demora para engravidar pode variar devido a fatores como idade, número de filhos, tempo de diagnóstico da endometriose e classificação da doença. Normalmente, as que conseguem engravidar com mais facilidade são as mulheres mais jovens, com diagnóstico recente de endometriose leve.

A endometriose também pode levar a problemas como trompas obstruídas. Veja como diagnosticar e como tratar as trompas obstruídas para engravidar.

Mais sobre este assunto:
Carregando
...