Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Qual o tratamento para quelóide no nariz e como evitar

O queloide no nariz é uma condição que ocorre quando o tecido responsável pela cicatrização cresce mais do que o normal, deixando a pele no local elevada e endurecida. Esta condição não gera nenhum risco à saúde, sendo uma alteração benigna, no entanto, pode causar sintomas como dor, ardência, queimação, coceira ou perda de sensibilidade.

Este tipo de queloide é causada pelo aumento da deposição de colágeno em uma ferida provocada por um corte acidental, cirurgia no nariz, cicatrizes de feridas de catapora, porém é muito comum que se desenvolva depois de furar o nariz para colocação de piercing, por isso é importante manter cuidados de higiene e curativos específicos assim que são colocados.

O tratamento para o queloide no nariz é indicado por um dermatologista e consiste, principalmente, na aplicação de pomadas à base de silicone, como o Kelo-cote, e feitos com substâncias como ácido retinoico, tretinoína, vitamina E e corticoide. Nos casos em que o queloide no nariz é grande e não melhora com pomada, o médico pode recomendar a laserterapia, injeção de corticoide ou até mesmo cirurgia.

Qual o tratamento para quelóide no nariz e como evitar

Opções de tratamento

1. Pomadas

A aplicação de pomadas no queloide no nariz é a forma de tratamento mais indicada pelo dermatologista, pois é de fácil aplicação, têm poucos efeitos colaterais e tende a reduzir o tamanho da cicatriz em algumas semanas após o uso.

As pomadas feitas com substâncias como a tretinoína e ácido retinoico são bastante utilizadas para essa condição, pois ajudam a diminuir a formação de colágeno no local da cicatriz e aliviam sintomas como ardência e coceira. Algumas pomadas produzidas à base de outros produtos, como alantoína, camomila e rosa mosqueta, conhecidos por Contraxtubex e Kelo-cote, também são bastante recomendadas. Veja mais outras pomadas para tratamento de queloide.

O gel de silicone, como o Kelosil, também ajuda a produzir colagenases, que são enzimas que auxiliam na redução de colágeno nas cicatrizes e por isso podem ser usado para o tratamento de queloide no nariz. É possível encontrar gel de silicone em formato de folhas ou curativos para colocar no local das queloides e estão disponíveis em qualquer farmácia.

2. Tratamento caseiro

O óleo de rosa mosqueta é um tipo de produto natural utilizado para reduzir as queloides no nariz, pois possui em sua composição substâncias como vitaminas e flavonoides, que diminuem a inflamação no local da cicatriz.

Entretanto, é importante não aplicar o óleo diretamente no queloide, pois pode queimar a pele, sendo que o ideal é misturar o óleo de rosa mosqueta com óleo de amêndoas ou alguma pomada hidratante. Confira mais como preparar o óleo de rosa mosqueta.

3. Laserterapia

A laserterapia é um tipo de tratamento que se baseia na aplicação de laser diretamente no queloide no nariz, pois ajuda a reduzir o tamanho da cicatriz e promove o clareamento da pele na região do queloide. Para que os efeitos deste tipo de terapia sejam melhores sentidos, geralmente, é indicada por um dermatologista junto om outros tipos de tratamentos, como injeção de corticoide, por exemplo.

Este tipo de tratamento é capaz de reduzir o tamanho do queloide através da destruição do tecido que cresceu em excesso e também tem ação anti-inflamatória no local, sendo que quantidade de sessões e o tempo de tratamento é diferente de uma pessoa para outra, dependendo das características do queloide no nariz.

4. Crioterapia 

A crioterapia consiste no uso de nitrogênio líquido para congelar o queloide no nariz de dentro para fora, reduzindo a elevação da pele e o tamanho da cicatriz. Em geral, a crioterapia funciona em queloides pequenas e devem ser realizadas várias sessões para que os efeitos sejam observados.

Este tipo de tratamento é indicado por um dermatologista e deve ser feito por um profissional capacitado, pois se não for realizado corretamente, pode provocar queimaduras no local. Também pode ser recomendado uso de pomadas junto com a crioterapia, dependendo do tamanho do queloide no nariz.

5. Injeção de corticoide

A injeção de corticoide ao redor do queloide no nariz pode ser indicada e aplicada por um dermatologista, pois ajuda a reduzir a quantidade de colágeno no local reduzindo o tamanho da cicatriz, devendo ser aplicada com intervalo de duas a quatro semanas, no entanto, o número de sessões variam de acordo com o tamanho da cicatriz.

6. Cirurgia

A cirurgia é um tipo de tratamento que, muitas vezes, é recomendada para melhorar os sintomas do queloide no nariz, no entanto, é mais indicada para retirada de queloides grandes. Os pontos que serão feitos após a cirurgia ficam dentro da pele, para evitar que novo queloide se forme no local. Na maioria das vezes, o médico indica o uso de pomadas ou algumas sessões de radioterapia após a realização da cirurgia, para que o queloide não volte a crescer.

Possíveis causas

O queloide no nariz ocorre pelo acúmulo de colágeno durante a cicatrização de feridas provocadas por cortes, queimaduras, acnes, colocação de piercings ou até mesmo após a realização de uma cirurgia. Em situações mais raras, o queloide no nariz pode se formar depois da cicatrização de feridas da doença varicela, conhecida como catapora, e também pode aparecer sem causa aparente, que é o caso do queloide espontânea.

Este tipo de queloide pode surgir a partir do granuloma piogênico, que é uma lesão avermelhada na pele que cresce ao redor do piercing introduzido, que sangra facilmente, podendo haver saída de pus. Saiba mais como identificar o granuloma piogênico.

Como evitar queloide no nariz

Algumas pessoas são mais propensas a desenvolver queloide, por isso para evitar que isto ocorra é necessário realizar algumas medidas como utilizar curativo com gel de silicone nas cicatrizes. Entretanto, as pessoas que colocam piercing no nariz precisam manter alguns cuidados de higiene para evitar contaminação por microrganismos e inflamação, lavando o local com soro fisiológico, por exemplo.

Além disso, se a pessoa observar sinais de inflamação no local do piercing no nariz, como vermelhidão, presença de pus e inchaço é necessário remover o metal e procurar um dermatologista para indicar o tratamento mais adequado, que pode ser o uso de pomadas, pois se não for realizado isto poderá acontecer a formação de queloide.

Veja mais sobre os cuidados que se deve ter após colocar piercing:

Bibliografia >

  • KWON, S.Y.; PARK, S.S.; PARK, K. Comparative effect of topical silicone gel and topical tretinoin cream for the prevention of hypertrophic scar and keloid formation and the improvement of scars. J Eur Acad Dermatol Venereol. Vol.28, n.8. 1025-33, 2014
  • SOCIEDADE BRASILEIRA DE DERMATOLOGIA. Queloide. Disponível em: <https://www.sbd.org.br/dermatologia/pele/doencas-e-problemas/queloide/81/>. Acesso em 30 Dez 2019
  • FERREIRA, Carluz M.; D´ASSUMPÇÃO, Evaldo A. Cicatrizes hipertróficas e quelóides. Rev. Soc. Bras. Cir. Plást. Vol.21, n.1. 40-48, 2006
  • GHOSH, Sudip K.; BANDYOPADHYAY, Debabrata. Granuloma Pyogenicum as a Complication of Decorative Nose Piercing: Report of Eight Cases from Eastern India. Journal of Cutaneous Medicine and Surgery. Vol.16, n.3. 197-200, 2012
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem