Queilite angular: o que é, sintomas, causas e tratamento

novembro 2022

A queilite angular é uma situação em que há o aparecimento de feridas no canto da boca, que podem causar desconforto e dor ao abrir a boca para falar ou comer, por exemplo, além de vermelhidão e descamação no canto da boca.

A queilite angular, também conhecida como boqueira, pode ser causada pelo crescimento de fungos e bactérias na boca, podendo ser favorecido pelo acúmulo de saliva no canto da boca devido à má oclusão dental ou uso de próteses.

É importante que assim que forem identificadas as feridas no canto da boca sugestivas de queilite angular, é importante que o dentista seja consultado para que seja confirmado o diagnóstico e iniciado o tratamento mais adequado, que normalmente é feito com o uso de pomadas ou cremes antimicrobianos e hidratantes.

Principais sintomas

Os principais sintomas de queilite angular são:

  • Aparecimento de ferida no canto da boca;
  • Vermelhidão e descamação no canto da boca;
  • Dor ao abrir a boca ao falar, bocejar ou comer;
  • Inchaço da boca, em alguns casos;
  • Ressecamento e pequenas rachaduras no canto da boca.

É comum que os sintomas fiquem mais intensos quando a pessoa consome algum alimento ou bebida muito ácida ou salgada.

Como é feito o diagnóstico

O diagnóstico da queilite angular deve ser feito pelo dentista ou dermatologista a partir da observação dos sinais e sintomas apresentados pela pessoa.

Além disso, o médico ou o dentista pode indicar a realização de exames para identificar a causa da queilite. Assim, pode ser indicada a análise da ferida, análise da saliva e exames de sangue.

Causas da queilite angular

As principais causas da queilite angular são:

  • Infecção por fungo, principalmente Candida sp.;
  • Infecção por bactérias, principalmente Staphylococcus aureus;
  • Infecção por vírus, principalmente vírus do herpes;
  • Acúmulo de saliva no canto da boca, principalmente devido à má oclusão dentária ou ao uso de próteses dentárias ou aparelhos ortodônticos;
  • Maus hábitos de higienização bucal.

Além disso, o risco que queilite angular é maior em pessoas que possuem deficiência de ferro, ácido fólico ou vitamina B12, ou que possuem o sistema imune mais comprometido devido a doenças crônicas.

A queilite angular é contagiosa?

Como a queilite angular está principalmente relacionada com o desenvolvimento de fungos, é possível que seja transmitida de uma pessoa para outra através do beijo ou do compartilhamento de objetos pessoais, como copos e talheres, por exemplo.

Como é feito o tratamento

O tratamento para queilite angular deve ser orientado pelo dentista ou dermatologista e têm como objetivo tratar as feridas e combater a causa. Assim, pode ser indicado o uso de medicamentos em forma de cremes ou pomadas com propriedades antibióticas, antifúngicas, anti-inflamatória ou hidratante, que devem ser aplicados diretamente nas feridas.

Além disso, é importante manter uma boa higienização da boca, escovando os dentes 3 vezes ao dia e fazendo uso de fio dental e enxaguante bucal. É fundamental também que se mantenha o canto da boca sempre seco e limpo para evitar o acúmulo de saliva. Veja mais detalhes do tratamento para queilite angular.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Marcela Lemos - Biomédica, em novembro de 2022.

Bibliografia

  • ALMEIDA, Vanessa G. V.; MELO, Gabriela Maria S.; LIMA, Georgina A. Queilite angular: sinais, sintomas e tratamento. International Journal of Dentistry. Vol 6. 2 ed; 55-57, 2007
  • PARK, Kelly K. et. al.. Angular Cheilitis, Part 2: Nutritional, Systemic, and Drug-Related Causes and Treatment . CUTIS®. 88. 2011
Mostrar bibliografia completa
  • NHS FOUNDATION TRUST. Angular cheilitis. 2018. Disponível em: <https://publicdocuments.sth.nhs.uk/pil2642.pdf>. Acesso em 18 nov 2022
Equipe editorial constituída por médicos e profissionais de saúde de diversas áreas como enfermagem, nutrição, fisioterapia, análises clínicas e farmácia.