Principais remédios para boqueira

fevereiro 2022

Alguns remédios para boqueira, também conhecida como queilite angular, na forma de cremes, pomadas ou enxaguantes bucais, como óxido de zinco ou clorexidina, por exemplo, podem ser utilizados para ajudar tratar a ferida no canto da boca e a aliviar os sintomas da boqueira como dor ao abrir a boca ou sensação de ardor, pois possuem substâncias com ação hidratante, cicatrizante ou anti-inflamatória. 

Além disso, outros remédios, como suplementos nutricionais ou antifúngicos, podem ser recomendados pelo médico ou dentista, já que  a boqueira pode ser causada por deficiências nutricionais ou por infecção por fungos, como a Candida albicans, por exemplo. Confira outras causas da boqueira.

O tratamento da boqueira deve ser feito com orientação do médico ou do dentista que pode indicar o melhor tratamento de forma individualizada e de acordo com sua causa. Além disso, uma boa forma de complementar o tratamento com remédios, é consumir alimentos cicatrizantes, pois ajudam a acelerar a recuperação.

Os principais remédios para boqueira são:

1. Cremes e pomadas cicatrizantes

Os cremes e pomadas cicatrizantes para boqueira possuem substâncias como óxido de zinco, vitamina A e D, ou cloreto de benzalcônio, com ação hidratante, cicatrizante ou anti-inflamatória, exercendo um efeito de barreira para isolar as feridas da umidade,  acelerando a regeneração da pele e melhorando a cicatrização da boqueira.

Alguns exemplos de cremes e pomadas cicatrizantes para boqueira são o Hipoglós, Bepantol derma regenerador labial ou Minâncora, por exemplo, que podem ser encontrados em farmácias ou drogarias.

2. Enxaguantes bucais

Os enxaguantes bucais para boqueira com clorexidina na composição, como o Neba-Sept ou o Perioxidin, têm uma ação antisséptica e, por isso, são um excelente opção para evitar o surgimento de infecções nas feridas dos cantos da boca.

Além disso, outro enxaguante bucal para boqueira é o BioXtra, pois ajuda a melhorar a inflamação e a manter a ferida limpa e hidratada, aliviando o desconforto da boqueira.

Os enxaguantes bucais devem ser indicados pelo médico ou dentista, e não devem ser ingeridos, devendo-se cuspir a solução do enxaguante após o uso. 

3. Suplementos nutricionais

Os suplementos nutricionais, como ferro, ácido fólico ou vitamina B12, são indicados no caso da boqueira ter sido causada por deficiência de algum desses nutrientes.

Esses suplementos devem ser sempre indicados pelo médico de forma individualizada, já que o suplemento, dose e tempo de tratamento pode variar de pessoa para pessoa.

4. Antifúngicos 

Alguns antifúngicos, como miconazol, nistatina ou clotrimazol, podem ser indicados pelo médico para o tratamento da boqueira, no caso de ter sido causada por infecção por fungos.

Esses remédios podem ser usados na forma de cremes ou pomadas, como Daktarin gel oral ou Canesten, suspensão oral, como o Canditrat. 

Em alguns casos, o médico pode indicar o uso de comprimidos antifúngicos, como o fluconazol, por exemplo.

5. Antibióticos

Os antibióticos, como a neomicina ou a mupirocina, podem ser indicados pelo médico ou dentista no caso da da boqueira apresentar infecção por bactérias.

Neste caso, pode ser recomendada a aplicação de uma pomada com antibiótico, como o Nebacetin, com neomicina e bacitracina, ou o Bacrocin, com mupirocina, 2 a 3 vezes por dia, durante cerca de 1 a 3 semanas.

Esses antibióticos podem ser encontrados em farmácias ou drogarias, e são vendidos com apresentação de receita médica.

Opções de tratamentos caseiros

Uma boa opção de tratamento caseiro para boqueira é comer alimentos cicatrizantes, como iogurte ou suco de laranja, porque facilitam a formação do tecido que ajuda a fechar as feridas no canto da boca. Confira a lista completa de alimentos cicatrizantes

Esses alimentos cicatrizantes podem ser uma boa opção para complementar o tratamento  da boqueira, mas não substituem o tratamento indicado pelo médico ou dentista. 

Cuidados durante o tratamento

Para auxiliar no tratamento da boqueira, alguns cuidados são importantes, como limpar os cantos da boca sempre que estiverem com excesso de umidade e hidratar os lábios com frequência. 

Além disso, deve-se evitar alimentos salgados, picantes e ácidos, como pimenta, café, álcool, vinagre e queijo, por exemplo, para proteger a ferida e evitar a dor e desconfort​o. Confira quais os alimentos ácidos que deve evitar.

Esta informação foi útil?

Atualizado e revisto clinicamente por Flávia Costa - Farmacêutica, em fevereiro de 2022.

Bibliografia

  • PARK, Kelly K. et. al.. Angular Cheilitis, Part 2: Nutritional, Systemic, and Drug-Related Causes and Treatment . CUTIS®. 88. 2011
  • ALMEIDA, Vanessa Galvão Vasconcelos. QUEILITE ANGULAR: SINAIS, SINTOMAS E TRATAMENTO. INTERNATIONAL JOURNAL OF DENTISTRY. 6. 2; 55-57, 2007
Mostrar bibliografia completa
  • NHS FOUNDATION TRUST. Sore or dry lips. Disponível em: <https://www.nhs.uk/conditions/sore-or-dry-lips/>. Acesso em 06 jan 2022
  • NHS FOUNDATION TRUST. Angular cheilitis. 2018. Disponível em: <https://publicdocuments.sth.nhs.uk/pil2642.pdf>. Acesso em 19 jul 2019
Revisão clínica:
Flávia Costa
Farmacêutica
Formada em Farmácia pelo Centro Universitário Newton Paiva em 2003. Mestre em Ciências Biomédicas pela UBI, Portugal.