Pulmonária: para que serve e como fazer o chá

A pulmonária é uma planta medicinal rica em saponinas, taninos, compostos fenólicos, flavonoides e alcaloides, com propriedades anti-inflamatórias, expectorantes, neuroprotetoras e cicatrizantes, sendo por isso popularmente utilizada para auxiliar no tratamento de gripes, tuberculose pulmonar, feridas na pele ou infecções urinárias.

O nome científico da pulmonária é Pulmonaria officinalis, e não deve ser confundida com a Lobaria pulmonaria, que apesar de também ser chamada popularmente de pulmonária e ter algumas indicações semelhantes, é um tipo de musgo, com substâncias ativas diferentes e outras propriedades medicinais.

A pulmonária, também conhecida como erva-do-pulmão, salsa-de-Jerusalém ou ervas-dos-bofes, pode ser comprado em ervanários, lojas de produtos naturais ou farmácias de manipulação, e deve ser usado com orientação de um médico ou outro profissional de saúde que tenha experiência com o uso de plantas medicinais.

Para que serve

A pulmonária é popularmente indicada para:

  • Gripe;
  • Febre;
  • Dor de garganta;
  • Faringite;
  • Rouquidão;
  • Asma;
  • Bronquite;
  • Tuberculose pulmonar;
  • Tosse com catarro;
  • Queimaduras;
  • Feridas na pele;
  • Eczema;
  • Infecções na bexiga ou nos rins;
  • Pedra nos rins;
  • Doença de Alzheimer.

A pulmonária possui propriedades anti-inflamatórias, antioxidantes, antibacterianas, neuroprotetoras, cicatrizantes e anticoagulantes, especialmente devido a presença de pulmonariosidos, ácido hidroxicinâmico, ácidos fenólicos, ácido ascórbico e flavonóides na sua composição.

Embora tenha muitos benefícios, esta planta medicinal não deve substituir o tratamento médico e nem ser utilizada sem que tenha sido orientada pelo médico ou profissional de saúde com experiência com o uso de plantas medicinais.

Como fazer o chá de pulmonária

O chá da pulmonária deve ser preparar o com as folhas secas dessa planta, de onde são extraídas as substâncias ativas com propriedades medicinais.

  • Chá para gripe: adicionar 3 colheres (de chá) de pulmonária seca em meia xícara de chá de água fervente. Deixar repousar por cerca de 10 a 15 minutos. Em seguida coar, esperar amornar e beber até 3 vezes por dia;
  • Chá para febre: adicionar 2 colheres (de chá) de pulmonária seca em 1 xícara de água fervente. e deixar repousar por cerca de 10 a 15 minutos. Em seguida coar, esperar amornar e beber até 3 vezes por dia.

Para aumentar o efeito expectorante da pulmonária, pode-se acrescentar uma colher de mel no chá, pois ajuda a reduzir a inflamação, lubrificar a garganta, aliviar a tosse e o catarro. No entanto, o mel não deve ser usado por pessoas que tenham alergia ao pólen, própolis ou mel.

O chá de pulmonária também pode ser usado para fazer compressas e aplicar sobre a pele com ferida ou queimadura, por exemplo.

Possíveis efeitos colaterais

Os efeitos colaterais mais comuns que podem surgir durante o uso do chá são problemas no fígado, dor de estômago, sangramento, infecção de pele ou intoxicação, principalmente quando consumida em quantidades maiores do que as recomendadas.

Quem não deve usar

A pulmonária não deve ser usada por crianças, mulheres grávidas ou em amamentação ou por pessoas com problemas de fígado.

Além disso, o chá de pulmonária não deve ser aplicado sobre a pele com feridas abertas ou que sangram.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Flávia Costa - Farmacêutica, em outubro de 2022.

Bibliografia

  • KRYZANOWSKA-KOWALCZYK, J.; et al. Novel Phenolic Constituents of Pulmonaria officinalis L. LC-MS/MS Comparison of Spring and Autumn Metabolite Profiles. Molecules. 23. 9; 2277, 2018
  • NEAGU, E.; et al. Antioxidant activity, acetylcholinesterase and tyrosinase inhibitory potential of Pulmonaria officinalis and Centarium umbellatum extracts. Saudi J Biol Sci. 25. 3; 578–585, 2018
Equipe editorial constituída por médicos e profissionais de saúde de diversas áreas como enfermagem, nutrição, fisioterapia, análises clínicas e farmácia.