Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Pterígio: o que é, sintomas e tratamento

O Pterígio corresponde ao crescimento de tecido no olho que pode causar visão turva, ardor no olho, fotofobia e dificuldade para enxergar, por exemplo, principalmente quando o tecido cresce muito e acaba por recobrir a pupila.

O pterígio acontece com mais frequência em homens a partir dos 20 anos e pode acontecer devido a fatores genéticos ou à exposição frequente à luz solar, poeira e vento, por exemplo.

O diagnóstico deve ser feito pelo oftalmologista e o tratamento normalmente é feito por meio do acompanhamento do crescimento do tecido e uso de colírios para aliviar os sintomas.

Pterígio: o que é, sintomas e tratamento

Principais sintomas

Na maioria das vezes o Pterígio não causa sintomas, porém como o crescimento do tecido pode acontecer de forma constante e lenta, é provável que a longo prazo surjam sintomas como:

  • Coceira e lacrimejamento do olho;
  • Ardor no olho;
  • Desconforto ao abrir e fechar os olhos;
  • Sensação de areia no olho;
  • Dificuldade para enxergar;
  • Fotofobia, que corresponde à maior sensibilidade dos olhos à luz;
  • Vermelhidão nos olhos;
  • Presença de tecido que recobre a pupila;
  • Visão turva, em casos mais avançados.

Apesar de na maioria das vezes haver o aparecimento do tecido de cor mais rosada nos olhos, algumas pessoas podem ter o tecido em crescimento mais amarelado, sendo também indicativo de pterígio. Conheça outras causas de mancha amarela no olho.

O pterígio está normalmente associado à exposição frequente e prolongada dos olhos à radiação ultravioleta, poeira e ao vento, por exemplo, mas também pode acontecer devido a fatores genéticos, principalmente se houver história na família de pterígio. O diagnóstico do pterígio é feito pelo oftalmologista a partir da observação dos sintomas apresentados pela pessoa

Como é feito o tratamento

O tratamento para pterígio é feito com o uso de colírios analgésicos ou lubrificantes que ajudam a aliviar os sintomas. Além disso, é importante usar óculos de sol adequados com proteção UVA e UVB, além de chapéus ou bonés, pois assim é possível evitar que a luz ultravioleta do sol, a poeira ou o vento chegue aos olhos e cause sintomas. Conheça os principais tipos de colírios.

Além disso, o oftalmologista normalmente acompanha o crescimento do pterígio, de forma a indicar a realização de cirurgia caso a visão da pessoa esteja comprometida.

Cirurgia para Pterígio

A cirurgia para pterígio é indicada quando o tecido cresce de forma excessiva e, além do desconforto estético, a capacidade visual da pessoa é prejudicada.

Essa cirurgia é feita sob anestesia local, dura cerca de 30 minutos e consiste na remoção do tecido que encontra-se em excesso seguida de um transplante de conjuntiva para recobrir o local da lesão.

Apesar de promover a remoção do tecido em excesso, é importante que sejam adotados cuidados com os olhos, como uso de bonés e óculos de sol, pois o pterígio pode voltar.

Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem