Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Tipos de prótese dentária e como cuidar

As próteses dentárias são estruturas que podem ser utilizadas com o objetivo de restaurar o sorriso por meio da substituição de um ou mais dentes que faltam na boca ou que estão desgastados. Assim, as próteses são indicadas pelo dentista com o objetivo de melhorar a mastigação e a fala da pessoa, que podem ser prejudicadas pela falta de dente.

O tipo de prótese indicada pelo dentista depende da quantidade de dentes comprometidos ou em falta e da condição da gengiva.

Principais tipos

As próteses dentárias são indicadas pelo dentista de acordo com a quantidade de dentes comprometidos ou em falta, além da condição geral da boca do paciente. Assim, as próteses podem ser classificadas em parciais, quando apenas alguns dentes são substituídos na prótese, ou total, quando há necessidade de substituir todos os dentes, sendo esse último tipo de prótese mais conhecida como dentadura.

Além da classificação em parcial e total, as próteses também são classificadas em removíveis, quando a pessoa pode retirar a prótese para fazer a higienização, por exemplo, ou fixas, quando a prótese é implantada na mandíbula ou os dentes faltantes são parafusados.

Assim, os principais tipos de próteses dentárias são:

1. Prótese parcial

Tipos de prótese dentária e como cuidar

As próteses parciais são aquelas indicadas pelo dentista com o objetivo de substituir a falta de algum dente, sendo normalmente removíveis.

A prótese parcial removível ou móvel é constituída por uma estrutura metálica com o objetivo de reter os dentes saudáveis, havendo a substituição apenas daqueles que faltam, dando mais estabilidade na hora da mastigação e da fala. Normalmente esse tipo de prótese é indicada quando não é possível fazer um implante, principalmente quando a gengiva não está em condições adequadas. A desvantagem desse tipo de prótese é estética, pois a placa metálica é visível, podendo incomodar algumas pessoas.

Como alternativa à prótese parcial removível, há a prótese parcial removível flexível, que possui as mesmas indicações, mas que a estrutura da prótese não é metálica e garante mais flexibilidade e conforto para a pessoa, tornando a adaptação da pessoa à prótese mais fácil. No entanto, é importante que a pessoa tenha atenção à higienização dessa prótese, pois caso contrário pode escurecer ao longo do tempo e causar inflamação na gengiva.

Há também a prótese parcial removível provisória, que é mais indicada para tratamento provisórios, ou seja, quando há recomendação da realização da colocação de um implante, por exemplo, mas a saúde bucal e geral do paciente está prejudicada, não sendo recomendada a realização do procedimento naquele momento.

2. Prótese total

Tipos de prótese dentária e como cuidar

A prótese total, popularmente conhecida como dentadura ou chapa, é indicada quando a pessoa perde vários dentes, sendo a prótese feita de acordo com o formato, tamanho e cor dos dentes originais, evitando que o sorriso fique artificial.

Esse tipo de prótese é, normalmente, removível e é recomendado com mais frequência para idosos, que tendem a perder os dentes ao longo do tempo, mas também para pessoas que perderam os dentes devido a doenças ou acidentes, por exemplo.

O uso da dentadura é recomendado quando a fala e a mastigação são prejudicadas pela falta de dentes, mas também podem ser usadas para estética, pois a falta de dentes pode deixar o rosto com aspecto flácido.

3. Implantes

Tipos de prótese dentária e como cuidar

Os implantes dentários são indicados quando há necessidade de substituição da do dente e de sua raiz, podendo servir como suporte para a colocação de prótese sob implante. Os implantes são indicados em situações em que a resolução da condição não pode ser feito com dentadura. Assim, opta-se por fixar uma peça de titânio no maxilar, abaixo da gengiva, que serve de apoio para colocar o dente.

Normalmente após a colocação da peça de titânio, a pessoa necessita ficar de repouso de semana a meses, para garantir melhor fixação da prótese, sendo indicado, após esse período, a colocação da coroa do dente, que é uma peça que imita as características do dente, tanto em estrutura quanto em função, e que podem ser constituídos por resina ou porcelana.

Em alguns casos, pode ser indicada a realização do implante com carga, em que a prótese dentária é colocada durante o procedimento de colocação da peça de titânio, no entanto, não é recomendada para todas as pessoas. Veja quando é indicado colocar um implante dentário.

4. Prótese fixa

As próteses fixas são indicadas quando há necessidade de preencher espaços com ausência de dente, no entanto, o uso desse tipo de prótese está entrando em desuso, pois não é possível realizar a higienização da prótese de forma individualizada, já que é fixa, além de que a colocação de implantes têm se mostrado uma opção terapêutica mais eficiente e que garante resultados estéticos e funcionais melhores.

As próteses fixas podem ser colocadas sobre dentes ou sobre implantes, dependendo da condição da pessoa, e o material em que são confeccionadas pode ser resina ou porcelana.

Cuidados com as próteses dentárias

É importante ir ao dentista periodicamente para que seja feita avaliação da prótese, bem como verificar a necessidade de substituição.

No caso da prótese removível, é recomendada que seja retirada após cada refeição e lavada com água corrente para remoção do resto de comida. Em seguida, deve-se escovar a prótese com uma escova adequada e com sabão neutro com o objetivo de evitar a formação de placas bacterianas. Além disso, é recomendado realizar a higienização bucal normalmente, com o uso de creme dental e fio dental.

É recomendado também que a prótese seja retirada antes de dormir e colocada em uma solução de limpeza ou com água filtrada. Antes de utilizá-la novamente, é importante realizar a higienização bucal e lavar a prótese com água corrente. Veja como remover e limpar a dentadura.

No caso das próteses fixas, a higienização bucal deve ser realizada normalmente e é recomendado ter atenção quanto ao uso de fio dental, pois como a prótese não pode ser removida, é importante que seja removido qualquer resíduo de comida que possa estar entre a prótese e o dente, evitando, assim, danos à prótese e inflamação na gengiva, por exemplo. Confira 6 passos para escovar os dentes corretamente.

Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar