Prisão de ventre na criança: sintomas, causas e tratamento

maio 2022

A prisão de ventre na criança pode acontecer como consequência do fato da criança não ir ao banheiro quando sente vontade ou ser devido à alimentação pobre em fibras e pouco consumo de água durante o dia, o que deixa as fezes mais duras e ressecadas, além de causar desconforto abdominal na criança.

A prisão de ventre na criança é caracterizada por menos de 3 evacuações por semana, ou quando a criança vai ao banheiro diariamente, mas apresenta fezes duras, secas e sintomas como dor abdominal ou inchaço na barriga. 

Para tratar a prisão de ventre na criança, é importante consultar o pediatra que pode indicar o tratamento com alimentos que ajudem a melhorar o trânsito intestinal, como alimentos ricos em fibras, além de estimular a criança a consumir mais água durante o dia. Em alguns casos, o pediatra pode recomendar o uso de laxantes, para lubrificar as fezes, facilitando sua eliminação.

Sintomas de prisão de ventre na criança

A prisão de ventre na criança pode ser percebida através de alguns sintomas que podem surgir ao longo do tempo, como por exemplo:

  • Menos de 3 evacuações por semana;
  • Fezes muito duras e secas;
  • Dor abdominal;
  • Inchaço da barriga;
  • Mal humor e irritabilidade;
  • Maior sensibilidade na barriga, podendo a criança chorar quando se toca na região;
  • Diminuição da vontade de comer.

É importante levar à criança a uma consulta ao pediatra quando a criança fica mais de 5 dias sem evacuar, apresenta sangue nas fezes ou quando começa a ter dores abdominais muito fortes. Durante a consulta, o médico deve ser informado sobre os hábitos intestinais da criança e como ela se alimenta para poder identificar as causas e assim indicar o tratamento mais adequado.

Possíveis causas

A prisão de ventre pode acontecer quando a criança não vai ao banheiro quando sente vontade ou quando possui alimentação pobre em fibras, não praticam atividade física ou bebem pouca água durante o dia.

Além disso, alterações na dieta ou mudanças de rotina, também podem contribuir para causar prisão de ventre na criança.

Como é feito o tratamento

O tratamento da prisão de ventre na criança deve ser orientado pelo pediatra, que pode indicar:

1. Alimentação para soltar o intestino

Para ajudar a melhorar o funcionamento do intestino da criança, é importante estimular a alteração de alguns hábitos alimentares, sendo recomendado oferecer à criança:

  • Pelo menos 850 mL de água por dia, pois a água ao chegar no intestino ajuda a amolecer as fezes;
  • Sucos de fruta sem açúcar feitos em casa ao longo do dia, como suco de laranja ou mamão;
  • Alimentos ricos em fibras e e água que ajudem a soltar o intestino, como cereais All Bran, maracujá ou amêndoas com casca, rabanete, tomate, abóbora, ameixa, laranja ou kiwi.
  • 1 colher de sementes, como linhaça, gergelim ou semente de abóbora no iogurte ou fazer mingau de aveia;
  • Evitar dar à criança alimentos que prendem o intestino, como pão branco, farofa, banana ou alimentos industrializados, pois são alimentos pobres em fibras e tendem a se acumular no intestino.

Geralmente, a criança deve ir no banheiro logo que tem vontade, pois ficar segurando só traz malefícios ao corpo e o intestino acaba se acostumando com aquela quantidade de fezes, fazendo com que seja preciso cada vez mais uma quantidade maior do bolo fecal para que o corpo dê o sinal de que precisa esvaziar.​

Veja no vídeo a seguir algumas dicas para melhorar a alimentação da criança e, assim combater a prisão de ventre:

2. Uso de laxantes

O uso de laxantes para prisão de ventre na criança, como lactulose, sorbitol, ou supositórios de glicerina, podem ser indicados pelo pediatra, quando as mudanças na alimentação não foram eficazes para melhorar a prisão de ventre, pois ajudam a amolecer as fezes e a aumentar os movimentos intestinais, facilitando a eliminação das fezes e aliviando os sintomas da prisão de ventre como cólicas, fezes duras e ressecadas.

Esses laxantes devem ser usado somente com indicação do pediatra após avaliação da causa da prisão de ventre na criança, para que seja indicado o melhor laxante de acordo com a causa da prisão de ventre e idade da criança. Veja alguns exemplos de laxantes que podem ser indicados pelo pediatra

Esta informação foi útil?

Atualizado e revisto clinicamente por Dr.ª Sani Santos Ribeiro - Pediatra e Pneumologista infantil, em maio de 2022.

Bibliografia

  • VRIESMAN, M. H.; et al. Management of functional constipation in children and adults. Nat Rev Gastroenterol Hepatol. 17. 1; 21-39, 2020
  • LU, P. L.; MOUSA, H. M. Constipation: Beyond the Old Paradigms. Gastroenterol Clin North Am. 47. 4; 845-862, 2018
Mostrar bibliografia completa
  • KHAN, L. Constipation Management in Pediatric Primary Care. Pediatr Ann. 47. 5; e180-e184, 2018
  • DAO HO, J. M.; HOW HOW, C. Chronic constipation in infants and children. Singapore Med J. 61. 2; 63-68, 2020
  • SANTIUCCI, N. R.; et al. Non-pharmacologic approach to pediatric constipation. Complement Ther Med. 59. 102711, 2021
Revisão médica:
Dr.ª Sani Santos Ribeiro
Pediatra e Pneumologista infantil
Médica formada pela Universidade Federal do Rio Grande com CRM nº 28364 e especialista em Pediatria pela Sociedade Brasileira de Pediatria.

Tuasaude no Youtube

  • 7 Melhores Frutas para Soltar o Intestino Preso

    12:40 | 134974 visualizações
  • O que fazer quando a criança não quer comer?

    03:08 | 820685 visualizações