Pontadas na cabeça: 5 principais causas e o que fazer

Revisão médica: Dr. Gonzalo Ramirez
Clínico Geral e Psicólogo
setembro 2022

As pontadas na cabeça normalmente acontecem devido a noites mal dormidas, excesso de estresse, cansaço, desidratação ou resfriados, sendo na maioria das vezes indicativa de enxaqueca ou dor de cabeça tensional, por exemplo.

No entanto, as pontadas na cabeça podem ser também um sintoma de situações mais graves, como AVC, aneurisma ou presença de um tumor no cérebro, por exemplo.

Por isso, quando as pontadas na cabeça são persistentes, frequentes ou não passam mesmo com o uso de medicamentos, é importante consultar um neurologista ou clínico geral para que seja investigada a causa e iniciar o tratamento mais adequado.

As principais causas de pontadas na cabeça são:

1. Dor de cabeça tensional

A dor de cabeça tensional, também chamada de cefaleia tensional, também pode causar pontadas na cabeça e normalmente acontece devido à má postura, ansiedade, insônia, dificuldade para dormir ou estresse.

Normalmente, a dor ocorre na testa, mas também pode afetar as têmporas e até a região do pescoço. Além disso, a dor não costuma ser acompanhada por outros sintomas como vômitos ou náusea.

O que fazer: geralmente, a dor pode ser aliviada por meio de técnicas de relaxamento, como massagens ou banhos quentes, para aliviar a tensão. 

No entanto, caso as pontadas na cabeça sejam persistentes ou frequentes, é importante consultar um neurologista ou clínico geral para uma avaliação e iniciar o tratamento adequado, que pode envolver medicamentos como o Ibuprofeno ou amitriptilina. Saiba mais sobre como aliviar a cefaleia de tensão.

2. Enxaqueca

As pontadas na cabeça causadas pela enxaqueca geralmente ocorrem em apenas um dos lados da cabeça e são mais comuns de acontecer em caso de estresse, excesso ou falta de sono ou após o consumo de certos alimentos, como chocolate ou vinho. 

Além de pontadas, podem ocorrer outros sintomas como alterações na visão, enjoo, vômitos, alterações no sono e sensibilidade a alguns cheiros em caso de enxaqueca.

O que fazer: para tratar a enxaqueca e controlar as pontadas, o médico pode indicar algumas medidas como técnicas de relaxamento, psicoterapia, alimentar-se regularmente, praticar exercícios físicos com frequência e dormir. 

No entanto, em caso de suspeita de enxaqueca é importante consultar um neurologista ou clínico geral para confirmar o diagnóstico e iniciar o tratamento adequado, podendo ser indicado o uso de medicamentos como ibuprofeno, sumatriptano ou topiramato para controlar as crises. Conheça algumas opções de tratamento para a enxaqueca. 

3. AVC

O Acidente Vascular Cerebral ou AVC normalmente acontece devido à diminuição do fluxo de sangue para o cérebro ou sangramentos de vasos no seu interior, o que pode causar uma pontada repentina e intensa na cabeça. 

Além disso, geralmente também ocorrem outros sintomas como desmaio, alteração da visão, perda da sensibilidade em uma parte do corpo e dificuldade em levantar o braço ou pegar algum objeto. Confira outros sintomas do AVC.

O que fazer: em caso de suspeita de AVC é recomendado procurar uma emergência para uma avaliação, porque a identificação e tratamento adequados ajudam a prevenir sequelas mais graves.

4. Aneurisma cerebral

O aneurisma cerebral corresponde à dilatação de um vaso sanguíneo que leva sangue ao cérebro e que pode causar pontadas na cabeça, além de visão dupla, confusão, náusea, vômitos e desmaio, por exemplo. Saiba tudo sobre o aneurisma cerebral.

O que fazer: em caso de suspeita de aneurisma, é importante consultar neurologista para uma avaliação e, quando confirmado o diagnóstico, ser iniciado o tratamento, que é feito de acordo com as orientações do médico e características do aneurisma.

 Normalmente, quando o aneurisma é pequeno, o médico pode optar por não realizar nenhum tratamento específico devido ao baixo risco de sangramento. No entanto, quando o aneurisma é grande e/ou estar associado a um maior risco de sangramento, o médico pode indicar a realização de cirurgia.

5. Tumor no cérebro

O tumor no cérebro pode acontecer devido a alterações genéticas ou devido à metástase de outros tipos de câncer e pode causar sintomas de acordo com o local de desenvolvimento do tumor, podendo provocar pontadas na cabeça, alterações no tato, fraqueza, formigamento no corpo e desequilíbrio, por exemplo. 

O que fazer: em caso de suspeita de tumor no cérebro, é recomendado consultar um neurologista ou clínico geral para que sejam feitos exames e confirmado o diagnóstico. Quando confirmado, o tratamento do tumor pode envolver a sua remoção por meio de cirurgia, quimioterapia e radioterapia, dependendo da sua localização, tipo e tamanho. Entenda como é feito o tratamento para tumor no cérebro.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Jonathan Panoeiro - Neuropediatra, em setembro de 2022. Revisão médica por Dr. Gonzalo Ramirez - Clínico Geral e Psicólogo, em setembro de 2022.

Bibliografia

  • STATPEARLS. Cerebral Aneurysm. 2022. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK507902/>. Acesso em 26 set 2022
  • KWON, O-Ki. Headache and Aneurysm. Neuroimaging Clin N Am. Vol.29, n.2. 255-260, 2019
Mostrar bibliografia completa
  • STATPEARLS. Muscle Contraction Tension Headache. 2021. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK562274/>. Acesso em 26 set 2022
  • STATPEARLS. Subarachnoid Hemorrhage. 2021. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK441958/>. Acesso em 26 set 2022
  • BURCH, Rebecca. Migraine and Tension-Type Headache: Diagnosis and Treatment. Med Clin North Am. Vol.103, n.2. 215-233, 2019
Revisão médica:
Dr. Gonzalo Ramirez
Clínico Geral e Psicólogo
Clínico geral pela UPAEP com cédula profissional nº 12420918 e licenciado em Psicologia Clínica pela UDLAP nº 10101998.