Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que pode ser a pontada na cabeça e o que fazer

As pontadas na cabeça normalmente acontecem devido a noites mal dormidas, estresse ou cansaço, sendo na maioria das vezes indicativa de enxaqueca ou dor de cabeça tensional, por exemplo.

No entanto, quando as dores de cabeça são persistentes e não passam mesmo com o uso de medicamentos, é importante ir ao neurologista ou clínico geral para que seja investigada a causa, uma vez que as pontadas na cabeça podem ser indicativas de AVC, aneurisma ou tumor no cérebro, por exemplo.

O que pode ser a pontada na cabeça e o que fazer

Causas de pontadas na cabeça

1. Dor de cabeça tensional

A dor de cabeça tensional, também chamada de cefaleia de tensão, normalmente acontece devido à má postura, ansiedade, insônia, noites maldormidas e estresse, podendo ser percebida por meio de dores na cabeça em pontada ou em forma de pressão que pode acontecer em um ou nos dois lados da cabeça, por exemplo.

O que fazer: A melhor forma de aliviar esse tipo de dor de cabeça é por meio de técnicas de relaxamento, como por exemplo a realização de massagens na cabeça para aliviar a tensão. Além disso, é interessante tomar um banho quente, pois também ajuda a relaxar. Caso as dores sejam frequentes ou as técnicas de relaxamento não sejam suficientes, pode ser necessário tomar medicamentos analgésicos, por exemplo, para aliviar a dor, como o Ibuprofeno ou a Aspirina, por exemplo. Saiba mais sobre como aliviar a cefaleia de tensão.

2. Enxaqueca

A enxaqueca é caracterizada por dor de cabeça constante, em forma de pontada e que dura mais de 3 dias. Além da dor de cabeça, a enxaqueca pode ser acompanhada de alterações na visão, enjoos, tonturas, alterações no sono e sensibilidade a alguns cheiros, por exemplo.

O que fazer: As sintomas de enxaqueca podem ser aliviados por meio de medidas naturais, como meditação ou consumo de chás com propriedades relaxantes, como o chá de artemísia, por exemplo. Além disso, pode ser indicado pelo médico o uso de medicamentos que ajudam a aliviar as dores, como o Paracetamol, o Ibuprofeno e a Aspirina, por exemplo. Conheça 4 opções de tratamento para a enxaqueca.

3. AVC

O Acidente Vascular Cerebral ou AVC normalmente acontece devido à diminuição do fluxo de sangue para o cérebro, resultando em alguns sintomas, como dor de cabeça intensa, alteração da visão, perda da sensibilidade em uma parte do corpo e dificuldade em levantar o braço ou pegar algum objeto, por exemplo. Confira outros sintomas do AVC.

O que fazer: O tratamento para o AVC tem como objetivo aliviar os sintomas e prevenir o aparecimento de sequelas, sendo normalmente recomendada a realização de fisioterapia, pois ajuda a recuperar a mobilidade, terapia ocupacional e fonoaudiologia, por exemplo. Além disso, é recomendado seguir uma dieta recomendada pelo nutricionista, pois uma das razões pelas quais pode haver AVC são os maus hábitos alimentares, o que pode fazer com que haja acúmulo de gordura nas artérias, diminuindo o fluxo sanguíneo.

4. Aneurisma cerebral

O aneurisma cerebral corresponde à dilatação permanente de um vaso sanguíneo que leva sangue ao cérebro e que pode causar dores de cabeça intensas e persistentes, além de visão dupla, confusão mental, náuseas, vômitos e desmaios, por exemplo. Saiba tudo sobre o aneurisma cerebral.

O que fazer: O tratamento para o aneurisma cerebral é feito de acordo com a análise do aneurisma pelo médico. Normalmente quando o aneurisma não está rompido, o médico opta por não realizar o tratamento específico, pois há risco do aneurisma romper durante o tratamento, sendo normalmente recomendado o uso de medicamentos para aliviar e controlar os sintomas, como o Acetaminofeno e o Levetiracetam.

Caso seja verificado que o aneurisma rompeu, o neurologista imediatamente recomenda a internação da pessoa para que seja realizado um procedimento cirúrgico para fechar o vaso sanguíneo que foi rompido e, assim, evitar grandes sangramentos e, consequentemente, as sequelas.

5. Tumor no cérebro

O tumor no cérebro pode acontecer devido a alterações genéticas ou devido à metástase de outros tipos de câncer e pode causar sintomas de acordo com o local de desenvolvimento do tumor, podendo haver pontadas na cabeça, alterações no tato, fraqueza muscular, formigamento no corpo e desequilíbrio, por exemplo.

O que fazer: Em caso de suspeita de tumor no cérebro, é recomendado buscar ajuda do neurologista ou do clínico geral para que sejam feitos exames e possa identificar o local e tamanho do tumor, podendo inciar o tratamento. No caso de tumores pequenos, pode ser recomendado pelo médico a remoção do tumor por meio de cirurgia. Já nos casos de tumores de tamanho médio ou grande, normalmente é indicada a realização de quimioterapia e radioterapia. Entenda como é feito o tratamento para tumor no cérebro.

Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem