Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.

Cefaleia de tensão: o que é, sintomas e como aliviar

A cefaleia de tensão, ou cefaleia tensional, é um tipo de dor de cabeça muito frequente em mulheres, que é causada pela contração dos músculos do pescoço e que acontece principalmente devido a má postura, estresse, ansiedade e noites mal dormidas.

Este tipo de dor de cabeça pode ser classificado em três subtipos, de acordo com a frequência com que surge:

  • Cefaleia tensional pouco frequente: acontece apenas 1 a 2 vezes por mês;
  • Cefaleia tensional muito frequente: acontece cerca de 1 a 2 vezes por semana; 
  • Cefaleia tensional crônica: acontece mais do que 15 dias por mês, podendo também durar meses ou anos.

Para aliviar os sintomas de cefaleia tensional é importante tentar relaxar, seja por meio de massagens, banho quente, atividades em grupo ou uso de medicamentos indicados pelo médico.

Cefaleia de tensão: o que é, sintomas e como aliviar

Principais sintomas

Os sintomas de cefaleia tensional podem surgir após períodos de grande estresse físico ou emocional e incluem:

  • Dor em forma de pressão em toda a cabeça, como se tivesse um capacete apertado na cabeça;
  • Dor que afeta os dois lados, na nuca ou na testa;
  • Sensação de pressão atrás dos olhos;
  • Sensibilidade excessiva nos ombros, pescoço e couro cabeludo.

Estes sintomas podem demorar entre 30 minutos até várias horas, mas geralmente são pouco intensos, não impedindo a realização das atividades diárias.

Diferentemente da enxaqueca, as dores da cefaleia tensional não são acompanhadas por náusea ou vômito e nem são agravadas pela atividade física, luz ou cheiros, por exemplo. Veja como identificar cada tipo de dor de cabeça.

A cefaleia tensional pode surgir várias vezes durante o mês, sendo que quando acontece mais de 15 vezes é recomendado consultar um neurologista para iniciar o tratamento com medicamentos que ajudam a prevenir seu surgimento.

Principais causas

A cefaleia tensional pode acontecer como consequência de diversas situações que podem favorecer as contrações e o enrijecimento dos músculos da região do pescoço, como:

  • Estresse;
  • Excesso de preocupação;
  • Ansiedade;
  • Tensão emocional;
  • Má postura;
  • Dificuldade para enxergar;
  • Alterações hormonais;
  • Desidratação.

Além disso, a cefaleia tensional pode também surgir devido a situações menos graves como alterações do sono, do apetite ou exposição prolongada ao sol.

Qualquer pessoa pode desenvolver uma cefaleia tensional em algum momento da vida, independente da idade, no entanto, este tipo de dor de cabeça é mais frequente em adultos por volta dos 30 a 40 anos.

Como aliviar a cefaleia tensional

O tratamento da cefaleia tensional pode variar um pouco de acordo com a sua causa, porém uma das formas de tratamento mais eficaz consiste em fazer alterações no estilo de vida que ajudem a relaxar mais facilmente. Por isso, é aconselhado tentar evitar situações estressantes e fazer atividades relaxantes, como ioga ou meditação.

Também se recomenda fazer exercício físico regular e ter uma alimentação equilibrada. Outras opções de tratamento podem ser:

1. Aplicação de compressas frias na testa

Aplicar compressas umedecidas com água fria na testa ajuda a reduzir a dilatação dos vasos e a reduzir a inflamação, aliviando a dor de cabeça.

2. Aplicação de calor no pescoço e nuca

Uma vez que a cefaleia de tensão pode ser causada pela contração excessiva dos músculos na região do pescoço, aplicar uma compressa quente ajudar a relaxar os músculos e a diminuir a dor de cabeça.

3. Fazer uma massagem no couro cabeludo

A massagem no couro cabeludo também é ótima para ajudar a relaxar e aliviar os sintomas da cefaleia de tensão, podendo ser feita seguindo os passos a seguir:

  1. Deixar os cabelos soltos e apoiar as duas mãos na cabeça, sem anéis ou pulseiras;
  2. Fazer uma leve massagem com a ponta dos dedos, em movimentos circulares desde o pescoço até todo o couro cabeludo;
  3. Segurar com firmeza a parte próxima da raiz do cabelo e puxar suavemente;
  4. Virar suavemente o pescoço de um lado para o outro, e de frente para trás.

Para melhorar o efeito desta massagem, pode-se tomar um banho quente relaxante antes, para que os músculos consigam alongar mais facilmente e aliviar toda a tensão acumulada. Além disso, podem-se associar analgésicos naturais como os seguintes:

4. Tomar remédios

O uso de analgésicos e anti-inflamatórios é bastante eficaz quando se trata de uma cefaleia pouco frequente ou muito frequente, ajudando a aliviar os sintomas. No entanto, no caso de cefaleia tensional crônica esses remédios podem não ter o mesmo efeito, podendo ser recomendado pelo médico o uso de medicamentos mais fortes, como o Sumatriptano e o Zolmitriptano, por exemplo.

5. Fisioterapia

As sessões de fisioterapia também podem ser muito importantes em alguns casos para alongar os músculo da região do pescoço e da cabeça, facilitando o relaxamento e melhorando a circulação sanguínea para o local que reduz o surgimento dos sintomas. Veja alguns exercícios que podem ser feitos para alongar os músculos do pescoço.

Esta informação foi útil?

Bibliografia

  • SOCIEDADE BRASILEIRA DE CEFALEIA. Cefaleia tipo tensional. Disponível em: <https://sbcefaleia.com.br/noticias.php?id=346>. Acesso em 07 Jan 2020
  • NHS. Tension-type headaches. Disponível em: <https://www.nhs.uk/conditions/tension-headaches/>. Acesso em 30 Nov 2020
  • WHO. Headache disorders. Disponível em: <https://www.who.int/news-room/fact-sheets/detail/headache-disorders>. Acesso em 30 Nov 2020
  • AMERICAN MIGRAINE FOUNDATION. Tension-Type Headache. Disponível em: <https://americanmigrainefoundation.org/resource-library/tension-type-headache/>. Acesso em 30 Nov 2020
Mais sobre este assunto:

Carregando
...