Physalis: 10 benefícios e como consumir (com receitas)

Atualizado em fevereiro 2023

A physalis, conhecida também como camapu, fisális ou tomate-capucho, é uma fruta amarela pequena, envolvida por um casulo formado por finas folhas, que possui um sabor doce e levemente ácido.

Por ser rica em fibras, vitamina C e flavonoides, a physalis tem ação sacietogênica, antioxidante, hipoglicemiante e laxante, favorecendo o emagrecimento, combatendo a prisão de ventre e ajudando a prevenir doenças como diabetes, anemia e pressão alta.

A physalis, cientificamente conhecida pelas espécies Physalis angulata ou Physalis peruviana, pode ser consumida com a casca, ao natural ou em preparações como bolos, geleia, doces, sucos e saladas.

Imagem ilustrativa número 1

Principais benefícios

Os principais benefícios da physalis para a saúde são:

1. Favorecer o emagrecimento

Por ser uma fruta rica em fibras, a physalis aumenta o tempo de digestão, controlando a fome ao longo do dia e favorecendo, assim, o emagrecimento.

Além disso, a physalis contém poucas calorias e, por isso, é uma ótima fruta para incluir em dietas para perda de peso. Confira outras frutas com poucas calorias.

2. Melhorar a memória

A physalis melhora a memória e a cognição por conter luteína, um pigmento com ação antioxidante que protege os neurônios contra a ação dos radicais livres, preservando as suas funções. Conheça outros benefícios da luteína.

3. Combater a prisão de ventre

A physalis é rica em fibras insolúveis, um tipo de fibra que aumenta o volume das fezes e estimula os movimentos naturais do intestino, facilitando a evacuação e combatendo a prisão de ventre.

4. Prevenir a anemia

Por ter ótimas quantidades de vitamina C, a physalis favorece a absorção do ferro presente nos alimentos, ajudando na formação das hemoglobinas e prevenindo, assim, a anemia. Veja uma lista de alimentos ricos em vitamina C.

5. Diminuir o colesterol

A physalis ajuda a diminuir os níveis de colesterol do sangue, porque contém fibras que reduzem a absorção de gorduras, equilibrando a sua concentração no organismo e prevenindo doenças como aterosclerose, infarto e pressão alta.

Além disso, a physalis também tem boas quantidades de flavonoides, que são compostos bioativos com ação antioxidante que combatem os radicais livres, impedindo a oxidação das células de gordura e controlando, assim, os níveis de colesterol no sangue.

6. Evitar a diabetes

Por ser uma boa fonte de fibras, a physalis ajuda a diminuir a velocidade de absorção dos carboidratos, equilibrando os níveis de glicose no sangue e evitando, por isso, a resistência à insulina e a diabetes.

7. Prevenir o envelhecimento precoce

A physalis previne o envelhecimento precoce, porque é rica em vitamina C, um nutriente que promove a produção de colágeno, uma proteína que ajuda a manter a elasticidade da pele, prevenindo a flacidez e o surgimento de rugas e linhas de expressão.

Além disso, a physalis também contém rutina e quercetina, que são compostos bioativos com ação antioxidante, que ajudam a combater o excesso de radicais livres, que são um dos responsáveis pelos danos na pele.

8. Fortalecer o sistema imunológico

Por ser rica em nutrientes e compostos bioativos com ação antioxidante, como vitamina C, vitamina A e flavonoides, a physalis diminui o estresse oxidativo e favorece a produção de células de defesa, ajudando a fortalecer o sistema imunológico.

9. Manter a saúde do olhos

A physalis ajuda a manter a saúde dos olhos, porque contém ótimas quantidades de vitamina A, que é um nutriente essencial para evitar a xeroftalmia, uma doença que causa secura nos olhos e dificuldade para enxergar em lugares escuros.

Além disso, a physalis também contém luteína e zeaxantina, que são carotenoides que protegem os olhos contra os raios ultravioletas do sol e a luz azul emitida por dispositivos eletrônicos, prevenindo a catarata e a degeneração macular.

10. Ajudar a prevenir o câncer

A physalis pode ajudar a prevenir o surgimento do câncer. Isso porque essa fruta é rica em flavonoides, vitamina A e vitamina C, que são nutrientes e compostos bioativos com ação antioxidante, protegendo o DNA das células e fortalecendo o sistema imunológico.

No entanto, ainda são necessários mais estudos para confirmar essa propriedade da physalis na prevenção do surgimento do câncer.

Tabela de informação nutricional

A tabela a seguir contém a informação nutricional de 100 g, o que corresponde em média de 14 unidades, de physalis:

Componente

Quantidade em cada 100g de physalis

Energia

56 calorias

Proteínas

0,9 g

Gorduras

0,2 g

Carboidratos

9,4 g

Fibras totais

6,5 g

Fibra insolúvel

5,2 g

Fibra solúvel

0,9 g

Vitamina C

27,7 mg

Vitamina A

163 mcg

Betacaroteno

1909 mcg

Luteína

106 mcg

Zeaxantina

37 mcg

Potássio

382 mg

Para se obter todos os benefícios da physalis, é importante também manter uma alimentação saudável e praticar atividades físicas regularmente.

Como consumir

A physalis pode ser consumida com casca, ao natural ou em preparações como bolos, geleia, doces, sucos e saladas.

Embora não exista uma quantidade específica indicada para o consumo de physalis, a recomendação mínima diária de frutas é entre 2 a 3 porções, o que corresponde entre 160 a 240 g por dia.

É importante lembrar que a physalis só deve ser consumida madura. Isso porque quando essa fruta ainda está verde possui alto teor de solanina, um composto tóxico que pode causar diarreia, vômitos, dificuldades para respirar e alteração nos batimentos cardíacos.

Receitas saudáveis com physalis

Imagem ilustrativa número 2

Algumas receitas saudáveis e saborosas com essa fruta são o bolo e o suco de physalis:

1. Bolo de physalis

Ingredientes:

  • 200 g de manteiga sem sal;
  • 3 xícaras (de chá) de farinha de trigo;
  • 200 g de physalis partidas ao meio;
  • 4 colheres de sopa de açúcar mascavo ou adoçante para forno e fogão;
  • 3 ovos;
  • 2 xícaras de leite ou bebida vegetal;
  • 1 colher de sopa de fermento químico em pó.

Modo de preparo:

Preaquecer o forno a 180 ºC. Untar uma fôrma com manteiga e farinha de trigo e reservar. Bater na batedeira a manteiga e o açúcar, até formar um creme fofo. Aos poucos e com a batedeira ligada, acrescentar o leite e a farinha de trigo. Bater bem essa mistura, desligar a batedeira e adicionar o fermento, misturando delicadamente com uma colher ou espátula. Bater as claras dos ovos até ficarem em ponto de neve e misturá-las delicadamente na massa.

Numa tigela, colocar um pouco de farinha de trigo e passar as physalis. Colocar metade da massa na fôrma já untada, espalhando as frutas por cima. Completar a forma com o restante da massa. Levar para assar no forno por 40 a 45 minutos. Esperar amornar e servir.

2. Suco de physalis com abacaxi

Ingredientes:

  • 100 g de physalis;
  • 2 fatias de abacaxi;
  • 1 colher de sopa de açúcar mascavo ou adoçante;
  • 2 xícaras de água filtrada ou fervida.

Modo de preparo:

Lavar bem as physalis e cortá-las ao meio. Cortar o abacaxi em cubos grandes e colocar todos os ingredientes no liquidificador. Bater bem até ficar uma mistura homogênea e servir.