Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Como se Proteger da Árvore da Morte

A Árvore da Morte também conhecida como Mancenilheira da praia ou Mancenilheira da Areia é uma das árvores mais mortíferas do mundo, pois todas as partes desta planta, especialmente os seus frutos, são venenosas, podendo causar queimaduras, cegueira, problemas respiratórios ou morte. 

O nome científico desta árvore é Hippomane mancinella, e ela cresce na América do Sul e América do Norte, desde a costa da Flórida até à Colômbia em regiões de praia, sendo a sua presença muitas vezes sinalizada com placas de aviso ou com cruzes vermelhas que sinalizam morte e perigo eminente. Assim, para que se possa proteger desta planta mortífera que já entrou para o livro dos recordes, é necessário conhecer bem os seus perigos, que incluem: 

Perigos da Árvore da Morte

1.Frutos venenosos

Os frutos dessa planta apesar de serem parecidos com maçãs e de apresentarem um agradável cheiro e sabor, eles são extremamente tóxicos, causando dor e queimação na boca e garganta, mesmo quando ingeridos em pequenas quantidades. 

Como se Proteger da Árvore da Morte

Em algumas situações a ingestão desses frutos pode levar à morte, acreditando-se que um único fruto pode causar a morte de 20 pessoas. 

Por isso, é importante não ingerir frutos de árvores que não conhece ou que não sabe de onde são provenientes, especialmente se estes forem pequenos e verdes, muito semelhantes a uma maçã inglesa pequena, que cresce em árvores maiores e diferentes da macieira. 

Em caso de ingestão acidental do fruto, é importante procurar rapidamente ajuda médica, para que os restos do fruto possam ser eliminados do organismo antes de serem absorvidos. 

2. Seiva tóxica

A Seiva desta árvore além de também ser venenosa, também é extremamente tóxica e corrosiva para a pele, pois quando colocada em contato com a pele pode causar reações de alergia graves, vermelhidão, irritação, inchaço, bolhas ou queimaduras severas.   
 
Para se proteger da seiva desta planta, não deve encostar ou chegar perto dos seus troncos ou folhas, nem ficar debaixo da árvore para se proteger do sol ou da chuva. Abrigar-se debaixo dessa árvore pode ser perigoso pois a seiva pode escorrer e queimar a pele, especialmente em dias de chuva ou de orvalho, onde a água acaba diluindo a seiva, que escorre mais facilmente e causa erupções graves na pele. 

Como se Proteger da Árvore da Morte

3. Fumaça que pode cegar

Optar por queimar esta planta também não é uma boa ideia, pois o fumo liberado quando inalado é tóxico, podendo causar cegueira e problemas respiratórios graves. Assim, nestas situações o melhor é afastar-se do fumo, porém se isso não for possível deve cobrir o rosco com um pano ou usar uma máscara de oxigênio para proteção.  

Além disso, quando é cortada a madeira dessa planta continua sendo tóxica, e o seu perigo só é eliminado quando a madeira é seca ao sol. 

Como Identificar esta Planta Mortífera

Para identificar esta planta mortífera é importante ficar atento ás características da planta, que incluem: 

  • Frutos pequenos e verdes, muito semelhantes a pequenas maçãs inglesas; 
  • Tronco ramificado e largo;
  • Folhas pequenas, em formato oval e verdes.
Como se Proteger da Árvore da Morte

Estas árvores podem alcançar os 20 metros de altura, sendo por isso refúgios atraentes para as pessoas se abrigarem do sol e das chuva tropicais nas regiões de praia. 

Mais sobre este assunto:
Carregando
...