Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que é Pé valgo e o que fazer para corrigir

Março 2020

O pé valgo, também conhecido por pé plano valgo, caracteriza-se por uma arcada interna da planta do pé diminuída ou ausente. Esta condição é muito comum em crianças e, na maior parte dos casos, resolve-se espontaneamente, com o desenvolvimento dos ossos e com a diminuição da elasticidade dos ligamentos, sem que seja necessário tratamento.

Porém, em alguns casos, em que o arco não se desenvolve sozinho, e em que surgem dificuldades ao caminhar ou desequilíbrio, por exemplo, pode ser necessário realizar tratamento, que pode ser feito com calçado adaptado, fisioterapia e exercícios especiais e, em casos mais severos, pode ser necessária cirurgia.

O que é Pé valgo e o que fazer para corrigir

Possíveis causas

O pé valgo está relacionado com os tecidos, tendões e os ossos dos pés e das pernas que, em bebês e crianças pequenas, ainda estão em desenvolvimento e ainda não formaram um arco. Porém, se o aperto dos tendões não ocorrer totalmente, poderá resultar em pés valgos.

Esta condição é mais comum em pessoas com história familiar de pé valgo, obesidade e artrite reumatoide. As pessoas que têm mais propensão para sofrer lesões devido a esta condição são aquelas que são fisicamente muito ativas, porque correm mais risco de sofrer lesões, idosos, porque são mais propensos às quedas e pessoas com paralisia cerebral.

Quais os sinais e sintomas

O pé valgo caracteriza-se por uma arcada interna da planta do pé diminuída ou completamente plana, que pode levar a um desvio dos calcanhares, sendo percebido no calçado, cujo desgaste se dá mais de um dos lados. Em alguns casos, esta condição pode causar dor e dificuldade para caminhar, cansaço fácil, desequilíbrio ou maior propensão para lesões.

Veja outras causas de dor no calcanhar.

Como é feito o diagnóstico

Caso a pessoa sinta desequilíbrio, dor ao caminhar ao correr, ou desgaste do calçado apenas de um dos lados, deve ir a um ortopedista para fazer um diagnóstico. Geralmente, estes sinais são percebidos logo na criança e, muitas vezes, o pé valgo acaba por se resolver sozinho.

O médico irá observar o pé, a forma de caminhar e, nas crianças, poderá também realizar um exame neurológico, de forma a excluir outras doenças. Além disso, poderá ainda solicitar alguns exercícios para avaliar o comportamento do pé e exames de imagem, como raio-X.

Em que consiste o tratamento

Geralmente não é necessário tratamento, sendo que o pé adquire uma forma normal à medida que os ossos se vão desenvolvendo e os ligamentos se vão tornando menos elásticos.

Porém, em alguns casos, o ortopedista pode recomendar o uso de calçado especial, fisioterapia e/ou a realização de exercícios simples, como andar nas pontas dos pés e nos calcanhares, pegar em objetos com os pés ou andar em pisos irregulares, de forma a fortalecer os músculos da região.

A cirurgia é uma opção muito rara e geralmente só é recomendada em casos mais severos, em que o pé valgo se agravou ou em que outras opções de tratamento não resolveram o problema. 

Bibliografia >

  • SOCIEDADE BRASILEIRA DE ORTOPEDIA PEDIÁTRICA. Pé Chato Quando os pais devem se preocupar. 2016. Disponível em: <https://www.sbop.org.br/noticia/969/orientacao>. Acesso em 10 Dez 2019
  • REVISTA PORTUGUESA DE CLÍNICA GERAL. Deformidades do Pé – conceitos básicos e orientações para Médico de Família. 2009. Disponível em: <http://repositorio.chlc.min-saude.pt/bitstream/10400.17/463/1/Rev%20Port%20Clin%20Geral_2009_25.pdf>. Acesso em 10 Dez 2019
  • VICENTE, Evelin et al. Pé plano na infância: limites temporais entre o fisiológico e as disfunções locais e ascendentes. Revista de Pediatria SOPERJ. Vol.16, n.3. 15-20, 2016
  • CARVALHO FILHO, Guaracy et al. Pé Plano: Tratamento pela ratamento pela Técnica de Koutsogiannis modificada. ACTA ORTOP BRAS. Vol.11, n.4. 195-205, 2003
  • ATIK, Aziz et. al.. Flexible flatfoot. North Clin Istanbul. Vol.1. 1.ed; 57-64, 2014
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem