Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que é oligúria e quais as causas mais comuns

A oligúria caracteriza-se pela diminuição de produção de urina, abaixo de 400 mL por cada 24 horas, que é uma consequência de certas condições ou doenças, como desidratação, diarreia e vômitos, problemas cardíacos, entre outros.

O tratamento da oligúria depende da causa que está na sua origem, sendo necessário tratar a doença ou a condição que levou a este sintoma. Em alguns casos, pode ser necessário administrar soro na veia ou recorrer a diálise.

O que é oligúria e quais as causas mais comuns

Possíveis causas

A oligúria pode ser uma consequência de:

  • Certas condições, que causam desidratação como hemorragias, queimaduras, vômito e diarreia;
  • Infecções ou lesões que podem causar choque, e levar o organismo a reduzir a quantidade de sangue transportado para os órgãos;
  • Obstrução renal, que impede o transporte da urina dos rins para a bexiga;
  • Uso de certos medicamentos, como anti-hipertensivos, diuréticos, anti-inflamatórios não esteroides e certos antibióticos.

Se oligúria ocorrer devido a algum tratamento que a pessoa esteja a fazer, é importante que a pessoa não suspenda nenhum medicamento antes de falar primeiro com o médico.

Em que consiste o diagnóstico

O diagnóstico pode ser feito através de exames ao sangue, tomografia computadorizada, ultrassom abdominal e/ou Pet Scan. Saiba o que é e em que consiste o Pet Scan.

Como é feito o tratamento

O tratamento da oligúria depende da causa que está na sua origem. Por isso, é importante consultar o médico quando a pessoa se apercebe que a quantidade de urina eliminada é inferior ao normal.

Além disso, caso a pessoa verifique diminuição da urina, deve ficar atenta a outros sintomas que possam surgir, como náuseas, vômitos, tonturas ou aumento do ritmo cardíaco, de forma a evitar complicações, como hipertensão, falência cardíaca, distúrbios gastrointestinais ou anemia, por exemplo.

Em alguns casos, pode ser necessário administrar soro na veia para repor os líquidos do corpo e recorrer a diálise, para ajudar a filtrar o sangue, até os rins voltarem a funcionar novamente.

Evitar a desidratação é uma medida muito importante na prevenção da oligúria já que esta é a principal causa que está na sua origem.

Assista o vídeo seguinte e saiba como se manter hidratado, para evitar problemas de saúde:

Bibliografia >

  • J Bras Nefrol. Vol.31. 3.ed; 173-174, 2009
  • Nadav Dujovny. Common Surgical Diseases. New York: Springer, 2008. 367-369.
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem