Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que pode ser a moleira funda no bebê

A moleira funda no bebê pode ser sinal de desidratação ou desnutrição e, por isso, caso se verifique que o bebê está com a moleira funda é recomendado levá-lo imediatamente ao pronto-socorro ou consultar o pediatra para receber o tratamento adequado, que pode incluir apenas alguns cuidados em casa como dar muitos líquidos, ou tratamento no hospital para receber soro ou alimentação pela veia.

A moleira corresponde ao espaço na cabeça do bebê em que não há osso, sendo importante para facilitar o parto e para permitir o crescimento adequado do cérebro e é naturalmente fechado ao longo do desenvolvimento do bebê e, por isso, na maioria das vezes não é motivo de preocupação. O bebê só deve ir ao pediatra no caso da moleira não fechar até os 18 meses de vida.

O que pode ser a moleira funda no bebê

As principais causas de moleira funda são:

1. Desidratação

A desidratação é uma das principais causas de moleira funda em bebês e é importante tratá-la o mais rapidamente possível, pois os bebês devido ao seu pequeno tamanho, correm maiores riscos que os adultos. Além da moleira funda, outros sinais de desidratação no bebê incluem pele e lábios secos, fraldas menos molhadas ou secas que o normal, olhos afundados, urina forte e escura, choro sem lágrimas, sonolência, respiração rápida e sede.

O que fazer: Nesses casos é importante adotar alguns cuidados para reidratar o bebê, como amamentar com mais frequência, oferecer mais mamadeira ou oferecer líquidos como água, água de coco, soro caseiro ou soluções para hidratar que se compram na farmácia. Além disso, é importante manter o bebê sempre fresco e longe do sol e do calor. Caso o bebê tenha febre ou a desidratação não passe em 24 horas, é recomendado levar o bebê ao hospital para receber soro pela veia.

Saiba como combater a desidratação nas crianças.

2. Desnutrição

A desnutrição acontece quando o bebê possui alteração no processo de absorção dos nutrientes, o que pode ser devido à alimentação, intolerâncias alimentares ou doenças genéticas, o que, dentre outras situações, pode resultar na moleira funda.

Além da moleira funda e da perda de peso, que é comum em casos de desnutrição, podem ser observados também outros sintomas, como diarreias frequentes, falta de apetite, alterações na cor da pele e no cabelo, crescimento lento e alterações no comportamento, como irritabilidade, ansiedade ou sonolência.

O que fazer: É recomendado que o pediatra que acompanha o bebê seja consultado para que seja identificada a gravidade da desnutrição, além de um nutricionista para adequar um plano alimentar com todos os nutrientes necessários. Nos casos mais graves, pode ser necessário que o bebê fique no hospital para receber os alimentos pela veia ou sonda nasogástrica.

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Mais sobre este assunto:


Publicidade

LIVE | Saúde da Prostata

A Tatiana e o Manuel vão estar te esperando num encontro informal para falar tudo sobre problemas na próstata.

A sua presença vai fazer o evento ser mais especial.

Se inscreva e receba uma notificação quando começar, para não perder nenhum minuto.

Inscreva-se
* Não perca a oportunidade de fazer perguntas e participar deste momento em homenagem ao Novembro Azul.

Estamos ao vivo agora! Vem falar com a gente!

A Tati e o Manuel falam sobre problemas na próstata, o preconceito dos homens a respeito do exame de toque retal, e até sobre impotência sexual, que pode ser um complicação da detecção tardia desse tipo câncer.

Participe agora
* Vamos responder todas as perguntas que chegarem, sem tabus. Estamos te esperando!
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem