Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que o bebê com galactosemia deve comer

O bebê com galactosemia não deve ser amamentado nem tomar fórmulas infantis que contenham leite, devendo ser alimentado com fórmulas à base de soja como o Nan Soy e o Aptamil Soja. Crianças com galactosemia não conseguem metabolizar a galactose, um açúcar derivado da lactose do leite, e por isso não podem ingerir qualquer tipo de leite e derivados.

Além do leite, outros alimentos contêm galactose, como vísceras de animais, molho de soja e grão de bico. Por isso, os pais devem estar atentos para que nenhum alimento com galactose seja oferecido ao bebê, evitando as complicações decorrentes do acúmulo de galactose, como retarde mental, catarata e cirrose.

Fórmulas infantis para galactosemia

Os bebês com galactosemia não podem ser amamentados e devem tomar fórmulas infantis à base de soja que não contenham leite ou subprodutos do leite como ingredientes. Exemplos de fórmulas indicadas para esses bebês são:

  • Nan Soy;
  • Aptamil Soja;
  • Enfamil ProSobee;
  • SupraSoy;

As fórmulas à base de soja devem ser oferecidas ao bebê de acordo com orientação médica ou do nutricionista, pois dependem da idade e do peso do bebê. Os leites de soja de caixinha como Ades e Sollys não são indicadas para crianças menores de 2 anos.

Fórmula láctea à base de soja para crianças menores de 1 anoFórmula láctea à base de soja para crianças menores de 1 ano
Fórmula láctea à base de soja de seguimentoFórmula láctea à base de soja de seguimento

Quais os cuidados gerais com a alimentação

A criança com galactosemia não pode ingerir leite e derivados, nem produtos que contenham galactose como ingrediente. Assim, os principais alimentos que não devem ser dados ao bebê quando a alimentação complementar iniciar são:

  • Leite e derivados, inclusive manteiga e margarinas que tenham leite;
  • Sorvetes;
  • Chocolate com leite;
  • Grão de bico;
  • Vísceras: rins, fígado e coração;
  • Carnes enlatadas ou processadas, como atum e carne de lata;
  • Molho de soja fermentado.

Leite e derivados são proibidos na galactosemiaLeite e derivados são proibidos na galactosemia
Outros alimentos proibidos na galactosemiaOutros alimentos proibidos na galactosemia

Os pais e cuidadores da criança também devem verificar no rótulo a presença de galactose. Os ingredientes de produtos industrializados que contêm galactose são: proteína hidrolisada do leite, caseína, lactoalbumina, caseinato de cálcio, glutamato monossódico. Veja mais sobre alimentos proibidos e alimentos permitidos em O que comer na intolerância à galactose.

Sintomas da galactosemia no bebê

Os sintomas da galactosemia no bebê surgem quando a criança ingere alimentos com galactose. Esses sintomas podem ser reversíveis se a dieta sem galactose for cumprida cedo, mas o excesso desse açúcar no organismo pode trazer consequências negativas para toda a vida, como deficiência mental e cirrose. Os sintomas da galactosemia são:

  • Vômitos;
  • Diarreia;
  • Cansaço e falta de ânimo;
  • Barriga inchada;
  • Dificuldade em ganhar pedo e atraso no crescimento;
  • Pele e olhos amarelados.

A galactosemia é diagnosticada no teste do pezinho ou em um exame ainda durante a gravidez chamado amniocentese, por isso as crianças normalmente são diagnosticadas cedo e logo iniciam o tratamento, o que permite um desenvolvimento adequado e sem complicações.

Veja como preparar outros leites sem galactose:

Mais sobre este assunto:


Carregando
...