Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que fazer quando a criança bate a cabeça

A criança que cai e bate a cabeça, geralmente, fica apenas com um hematoma que costuma passar em 2 semanas, não sendo necessário ir ao pronto-socorro ou consultar o pediatra.

Mas existem situações em que deve-se levar a criança para atendimento médico com urgência.

Quando ir ao hospital

Deve-se levar a criança para o médico ou pronto-socorro quando:

  • Ela se machucou e tem alguma ferida aberta, sangrando
  • Se ela chora muito;
  • Se ela não consegue movimentar um braço ou uma perna, e há suspeita de fratura;
  • Se ela não se mexe.

Nestes casos é importante ir ao médico para estancar o sangramento, e se preciso for levar pontos na cabeça ou para que sejam realizados exames para identificar se não existe nenhuma lesão.

É importante levar os documentos da criança, explicar exatamente o que aconteceu com ela e informar aos médicos se ela possui algum tipo de alergia.

Primeiros socorros para quando a criança bate a cabeça

Quando a criança cai e bate a cabeça, deve-se:

  • Tentar acalmar a criança, mantendo a calma;
  • Observar a criança para ver se apresenta inchaço, vermelhidão, hematoma ou deformidade;
  • Aplicar um pedra de gelo coberta com um pano ou compressas frias em caso de vermelhidão ou hematoma, durante cerca de 20 minutos, repetindo cerca de 1 hora depois;
  • Aplicar uma pomada, como Hirudoid, para hematoma, nos dias seguintes.

Geralmente, com a aplicação de gelo e da pomada o hematoma desaparece por volta das 2 semanas após a queda.

Primeiros socorros para traumatismo craniano na criança

Os primeiros socorros para traumatismo craniano incluem chamar imediatamente uma ambulância, ligando para o 192 ou levar a criança o mais rapidamente possível ao pronto-socorro se ela:

  • Perdeu a consciência;
  • Vomitou mais de uma vez logo após a queda ou se começar a vomitar horas depois;
  • Não movimentar os braços ou as pernas;
  • Tem um ferimento que sangra;
  • Manca;
  • Chora muita e não para de chorar mesmo com o carinho da mãe;
  • Ficou muito calma e sem reação;
  • Estiver com dor de cabeça ou garganta;
  • Se queixar de estar vendo mal;
  • Estiver respirando com dificuldade.

Estes sintomas podem indicar que a criança sofreu um traumatismo craniano e, por isso, é importante receber o mais rapidamente possível o tratamento adequado para evitar sequelas.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...