O que fazer para parar de vomitar (dicas e remédios)

Atualizado em janeiro 2024

Algumas formas para parar de vomitar são repousar, evitar cheiros fortes, beber pequenos goles de água fria, respirar profundamente ou tomar chá de gengibre, por exemplo.

O vômito é a saída do conteúdo do estômago pela boca, podendo ser causado por gastroenterite, intoxicação alimentar, consumo de bebidas alcoólicas, gravidez, enxaqueca ou labirintite, por exemplo. Veja outras causas do vômito.  

Essas dicas podem ajudar a parar de vomitar, no entanto, se não melhorar em 24 horas, é recomendado consultar o clínico geral ou pediatra para verificar sinais de desidratação e a causa do vômito e, assim, iniciar o tratamento mais adequado.

Imagem ilustrativa número 1

14 dicas de como parar de vomitar

Algumas formas para parar de vomitar são:

1. Repousar

O repouso é muito importante pois ajuda o corpo a se recuperar do episódio de vômito.

Além disso, o cansaço devido ao esforço de vomitar, pode piorar as náuseas e resultar em um outro episódio de vômito.

Desta forma, é recomendado deitar em uma posição confortável, de preferência de lado, pois assim evita-se que se aspire o vômito, caso aconteça novamente.

Não ignore os seus sintomas!

Priorize sua saúde. Descubra a causa dos seus sintomas e receba o cuidado que precisa.

Marcar consulta

Disponível em: São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Pernambuco, Bahia, Maranhão, Pará, Paraná, Sergipe e Ceará.

2. Respirar profundamente

Controlar a respiração também é importante para parar de vomitar, devendo-se inspirar lentamente pelo nariz e expirar o ar pela boca, pois ajuda a melhorar a sensação de náusea, que pode levar a um novo episódio de vômito.

Além disso, a respiração profunda, conhecida como respiração diafragmática, ajuda a diminuir a ansiedade que pode surgir quando se tem vômito. Saiba como fazer a respiração diafragmática.  

3. Tomar chá de gengibre

O chá de gengibre possui propriedades antieméticas que podem reduzir os vômitos e náuseas, além de ajudar na digestão e diminuir a irritação da parede do estômago. 

Para fazer o chá de gengibre basta colocar 1 cm de gengibre em 1 xícara de água fervente e deixar por alguns minutos. Depois, tirar o gengibre, deixar amornar e beber em seguida em pequenos goles.

O chá de gengibre deve ser evitado por mulheres próximo ao parto ou com histórico de aborto. Além disso, também deve ser evitado por pessoas com problemas de coagulação ou que tenham risco de hemorragias. Veja outros chás para vômitos e como preparar.  

4. Beber pequenos goles de água

Beber pequenos goles de água fria e bebidas claras, como chás ou caldos, a cada 5 minutos, também ajudam a parar de vomitar.

No entanto, deve-se aguardar cerca de 30 minutos após o último episódio de vômito para beber pequenos goles desses líquidos, de forma a evitar náuseas que podem resultar em vômito novamente.

5. Chupar picolé de limão

Chupar um picolé de limão ou beber pequenos goles de limonada sem polpa e sem açúcar, geralmente, ajuda muito a diminuir náuseas que podem levar a um novo episódio de vômito. 

Caso chupar o picolé de limão ou beber o suco não sejam bem tolerados pela pessoa, outra opção é cheirar o limão ou o óleo essencial de limão para ajudar a reduzir o desconforto.

6. Fazer uma pausa na alimentação

Para parar de vomitar, deve-se dar uma pausa na alimentação, evitando comer por pelo menos 2 horas após o episódio de vômito.

No entanto, se bem tolerado, deve-se beber pequenos goles de água ou chás, por exemplo, ou chupar um cubo de gelo, de forma a manter o corpo hidratado.

7. Tomar soluções de reidratação oral

Tomar pequenos goles de sais de reidratação oral, como Hidraplex, Hidrali Floralyte, Hidrafix, Rehidrat ou Pedialyte, por exemplo, tem como objetivo repor água e sais minerais no corpo perdidos devido ao vômito, evitando a desidratação. Confira todos os sintomas de desidratação

Além disso, o soro caseiro também é uma ótima opção para reidratação oral. Saiba como preparar o soro caseiro.

Nos casos de desidratação grave, pode ser indicado pelo médico internamento hospitalar para receber soro na veia.

8. Fazer acupressão

Outra forma de parar de vomitar é fazer a acupressão, que é um tipo de terapia complementar em que se aplica pressão com os dedos no ponto no ponto P6 Neiguan, localizado no pulso.

Ao aplicar pressão nesse ponto, que é o mesmo utilizado na acupuntura, estimula-se meridianos do corpo, ajudando a aliviar as náuseas e vômitos. Entenda melhor o que é acupressão e como fazer.  

Para localizar o ponto P6 Neiguan, deve-se medir uma distância de 3 dedos do vinco do pulso, e em seguida pressionar o meio do ponto com o dedão, fazendo movimentos circulares, por aproximadamente 1 minuto. Deve repetir este processo 2 a 3 vezes, em ambos os pulsos. 

9. Manter o ambiente arejado

Manter o ambiente arejado, abrindo as janelas, também é importante para evitar ou aliviar o náuseas e os vômitos.

Isto porque em ambientes quentes ou abafados, os odores podem ficar mais fortes, o que pode piorar os sintomas.

10. Evitar cheiros fortes

Evitar cheiros fortes, como de alimentos quentes, perfumes, sabonete do banho, produtos de limpeza ou fumaça de cigarro, por exemplo, ajudam a evitar ou aliviar as náuseas.

11. Comer alimentos leves

No caso dos vômitos terem parado por cerca de 2 horas, pode-se iniciar a alimentação, dando preferência para alimentos leves e de fácil digestão, como biscoito cream cracker, pão, arroz ou macarrão brancos, carnes magras, como frango, e frutas sem casca, por exemplo.

É importante comer esses alimentos em pequenas quantidades e se bem tolerados.

Caso a pessoa volte a vomitar, deve-se evitar alimentar e dar preferência por beber líquidos em pequenos goles novamente.

12. Evitar alimentos gordurosos

Evitar alimentos gordurosos, muito temperados ou apimentados também ajudam a evitar as náuseas que podem resultar nos vômitos.

13. Evitar bebidas com cafeína

As bebidas com cafeína, álcool ou as gaseificadas devem ser evitadas, pois podem causar irritação no estômago e causar novos episódios de vômitos.

14. Fazer aromaterapia

Fazer aromaterapia com óleos essenciais de hortelã-pimenta, limão ou lavanda, por exemplo, ajuda a aliviar as náuseas e a parar os vômitos, devido suas propriedades calmantes, antiespasmódicas e antieméticas.

Para fazer a aromaterapia deve-se inspirar profundamente o aroma do óleo essencial diretamente do frasco, segurando o ar nos pulmões por cerca de 2 a 3 segundos, antes de expirar. Repetir a inalação de 3 a 7 vezes, várias vezes por dia.

Outra forma de fazer a aromaterapia com o óleo essencial é colocar 2 a 3 gotas do óleo essencial em um pouco de água, no interior de um aromatizador elétrico ou num difusor de ambiente. Veja outras formas de fazer a aromaterapia com óleos essenciais

Remédio para vômito

Tomar um remédio para vômito, como a metoclopramida, a ondansetrona ou o dimenidrinato, ajuda a parar de vomitar.

A maioria desses remédios age no centro do vômito no cérebro, controlando o esvaziamento gástrico, reduzindo a sensação de náusea e parando os vômitos. Confira os principais remédios para vômitos.

No entanto, é recomendado que os remédios para vômitos sejam utilizados com indicação médica, de acordo com a causa dos vômitos, de forma individualizada.

Além disso, alguns remédios para vômitos são contraindicados para crianças, mulheres grávidas ou em amamentação, e por isso seu uso só deve ser feito com indicação médica.

Quando ir ao médico

É importante ir ao médico sempre que o vômito durar mais de 24 horas ou for acompanhado de outros sintomas, como:

  • Febre;
  • Vômito com sangue;
  • Diarreia ou dor abdominal intensa;
  • Ausência de urina por mais de 6 horas;
  • Falta de apetite e de sede;
  • Sonolência e cansaço;
  • Dor ou dificuldade para mover o pescoço;
  • Confusão mental.

Além disso, deve-se ir ao hospital imediatamente se apresentar dor no peito, visão embaçada, tontura, dor de cabeça intensa ou sinais de desidratação.