Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Mitomania: o que é, como reconhecer e tratamento

Julho 2020

A mitomania, também conhecida como mentira obssessivo-compulsiva, é um transtorno psicológico em que a pessoa possui uma tendência compulsiva por mentir. 

Uma das grandes diferenças do mentiroso esporádico ou tradicional para o mitômano, é que no primeiro caso, a pessoa mente para ter proveito ou vantagem em alguma situação, enquanto o mitômano mente com o objetivo de aliviar alguma dor psicológica. Nessa situação, o ato de mentir é para se sentir confortável com a própria vida, parecer mais interessante ou ter assuntos que se encaixe em um grupo social que o mitômano não se sente capaz de entrar.

Mitomania: o que é, como reconhecer e tratamento

Como reconhecer um mentiroso compulsivo 

Para reconhecer este tipo de comportamento, certas características podem ser observadas, como:

  • O mitômano são sente culpa ou medo do risco de ser descoberto;
  • As histórias tendem a ser muito felizes ou muito tristes;
  • Conta grandes casos sem motivo aparente ou ganho;
  • Respondem de forma elaborada a perguntas rápidas;
  • Fazem descrições extremamente detalhadas dos fatos;
  • As histórias o fazem parecer herói ou a vítima;
  • Versões diferentes das mesmas histórias.

Todos esses relatos tem como objetivo fazer o outro acreditar na imagem social que o mitômano busca atingir. Confira outras dicas de como identifica mentiroso

O que causa a mitomania 

As causas da mitomania não são totalmente esclarecidas, mas sabe-se que há inúmeros fatores psicológicos e ambientais envolvidos na questão. Acredita-se que a baixa auto-estima e a vontade de sentir-se aceito e amado, além da tentativa de se proteger de situações constrangedoras marquem o início da mitomania.

Qual o tratamento para mentira compulsiva 

O tratamento da mitomania pode ser feito através de sessões psiquiátricas e psicológicas, onde o profissional que acompanha o caso ajudará a pessoa a entender quais são os motivos que levam a criação das mentiras. E assim, ao esclarecer e entender o porquê desta vontade surgir, o paciente pode iniciar a mudança de hábitos. 

Mitomania tem cura? 

A mitomania tem cura e pode ser alcançada por meio do tratamento adequado que depende do comprometimento da pessoa com o tratamento e do apoio que recebe. Isso porque como toda doença que envolve fatores psicológicos, o ambiente é essencial para a melhora do paciente, portanto cabe a pessoa identificar quais são as situações em que a vontade de introduzir a mentira é mais forte, e procurar se afastar destes cenários.  

Bibliografia >

  • NETO, Mario. Transtornos da Personalidade. Porto Alegre: Artmed, 2011. 10-353.
  • BERGERET, Jean. Psicopatologia. 7 ed. Porto Alegre: Artmed, 2007. 94-109.
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem